Token de rede social descentralizada dispara após listagem na Coinbase Pro

LinkedIn

O DESO, um token baseado no projeto de uma rede social descentralizada que recebeu o apoio do investidor bilionário Chamath Palihapitiya, está crescendo após uma listagem surpresa na principal bolsa de criptomoedas dos Estados Unidos, a Coinbase (NASDAQ:COIN).

Em uma nova postagem do blog, a Coinbase afirmou que a Decentralized Social (DESO) começará a ser negociada na Coinbase Pro (BOV:C2OI34) assim que as condições de liquidez adequadas forem atendidas.

O projeto de blockchain de camada 1 visa fornecer escalabilidade para aplicativos de mídia social, sendo construído em código aberto e armazenando todos os dados na rede.

Segundo a Coinbase:

“O DESO pode ser usado para comprar ‘tokens sociais’ e NFTs [tokens não fungíveis] e para criar perfis e postagens para aplicativos sociais descentralizados.”

A altcoin disparou com a divulgação da notícia da listagem da Coinbase Pro. A DESO subiu 38% no dia para US$ 138,34. A criptomoeda é agora classificada na 87º posição em capitalização de mercado.

O token atingiu uma alta trimestral acima de US$ 150 em setembro, depois que o projeto mudou seu nome de BitClout e levantou mais de US$ 200 milhões em capital, incluindo da empresa de capital de risco Social Capital.

O CEO da Social Capital, Chamath Palihapitiya, mencionou a DESO em outubro como parte de sua cesta de investimentos para se proteger contra a inflação.

“Estou muito preocupado com a inflação de médio prazo… Quero possuir três coisas: hipercrescimento… ativos geradores de caixa… e então quero possuir ativos não correlacionados: Bitcoin, Solana, DESO, muitos dos Protocolos DeFi porque são uma grande proteção contra-intuitiva… ”

De acordo com o site da DESO, o projeto busca capacitar os criadores para monetizar seus esforços.

“A equipe de desenvolvimento central do DeSo está incansavelmente focada em usar o poder do blockchain para criar o máximo possível de novas formas de monetização para os criadores.

E como o DeSo é uma plataforma aberta, cada novo recurso torna-se instantaneamente disponível para milhares de desenvolvedores que irão inventar novos produtos que nunca vimos antes.

Por João Victor

Deixe um comentário