Petrorio: Justiça aceita de forma parcial recurso para autorizar processo sobre comercialidade de Campo de Wahoo

LinkedIn

A 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro aceitou de forma parcial o recurso para autorizar a PetroRio a dar prosseguimento ao processo administrativo na Agência Nacional do Petróleo, bem como custear e executar as atividades inerentes ao desenvolvimento do projeto Wahoo.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PRIO3) nesta quarta-feira (26).

Ainda de acordo com informações da PetroRio, resta preservado o direito da IBV de se manifestar sobre o interesse em participar ou não do projeto, dentro do prazo de 20 dias originalmente concedido.

“A PetroRio reforça mais uma vez que continuará atuando no melhor interesse de seus acionistas, bem como segue comprometida com o desenvolvimento da descoberta no Campo de Wahoo dentro do cronograma previsto”, explicou a companhia.

Entenda o caso

A decisão ocorre no âmbito do litígio entre a PetroRio e IBV Petróleo, sócias no campo de Wahoo.

Uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro havia paralisado, a pedido da IBV, o processo administrativo em curso na ANP desde o final de 2021 para a declaração de comercialidade do Wahoo.

O que está em discussão é qual será a parcela de recursos que cada um dos sócios terá que desembolsar para a exploração, desenvolvimento e produção do Wahoo, localizado no pré-sal.

Informações FinanceNews

Deixe um comentário