Berkshire Hathaway recompra US$ 6,9 bi em ações no 4º trimestre; lucro operacional aumenta 45%

LinkedIn

A Berkshire Hathaway (NYSE:BRK.B) (NYSE:BRK.A) recomprou US$ 6,9 bilhões de suas ações no quarto trimestre de 2021. Ao todo, a Berkshire (BRK.B) recomprou US$ 27 bilhões de suas próprias ações em 2021, acima do US$ 24,7 bilhões recomprados em 2020.

A Berkshire Hathaway também é negociada na B3 através do ticker (BOV:BERK34).

A diversificada companhia de seguros e investimentos criada por Warren Buffett viu seu caixa e títulos de curto prazo aumentarem no trimestre. Detinha cerca de US$ 146,7 bilhões em dinheiro e títulos de curto prazo em 31 de dezembro de 2021 versus US$ 149,2 bilhões em 30 de setembro.

Lucro operacional do 4º trimestre de US$ 7,29 bilhões contra US$ 6,47 bilhões no terceiro trimestre e US$ 5,02 bilhões no quarto trimestre, um salto de 45% a/a como a subscrição de seguros revertida de uma perda do ano anterior. Os ganhos com ferrovias, energia e serviços públicos também contribuíram para o ganho, bem como para um aumento saudável em “outros negócios”.

A flutuação do seguro era de ~US$ 147 bilhões em 31 de dezembro de 2021 vs. ~ US$ 145 bilhões em 30 de setembro.

Lucro operacional por segmento:

  • Subscrição de seguros – US$ 372 milhões vs. – US$ 299 milhões um ano atrás.
  • Seguro – receita de investimento – US$ 1,22 bilhão vs. US$ 1,27 bilhão
  • Ferrovias, serviços públicos e energia — US$ 2,24 bilhões vs. US$ 2,00 bilhões.
  • Outros negócios — US$ 2,79 bilhões contra US$ 2,47 bilhões
  • Outros – US$ 662 milhões vs. -US$ 412 milhões

O lucro líquido do quarto trimestre, que inclui ganhos ou perdas de investimentos e derivativos (a maioria não realizada), foi de US$ 39,6 bilhões, ou US$ 17,79 por ação classe B. Isso se compara a US$ 10,3 bilhões ou US$ 4,59 por ação classe B, no terceiro trimestre e US$ 35,8 bilhões, ou US$ 15,34 por ação, no quarto trimestre de 2020.

Leia a carta completa aqui.

Deixe um comentário