Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha em leve alta de 0,29% e todos os destaques de hoje (14/02/2022)

LinkedIn

O Ibovespa fechou em leve alta de 0,29%, a 113.899 pontos, em um pregão favorável para o índice, que anda na contramão das principais bolsas internacionais. O dia foi marcado pela tensão entre Rússia e Ucrânia.

“No Brasil, a Bolsa não está sofrendo tanto quanto lá fora, pois já registrou quedas por motivos mais locais antes desse acontecimento. Além disso, o petróleo em alta puxa o índice, além dos resultados corporativos muito positivos”, avalia Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial Investimentos.

A Rússia declarou que está pronta para continuar negociando com o país vizinho, enquanto autoridades ucranianas dizem que Kiev está preparada para fazer concessões.

No cenário corporativo, a Hapvida (HAPV3) e a NotreDame Intermédica consumaram a combinação de negócios, os papéis fecharam com alta de 2,44%. Por conta da fusão, a NotreDame encerrou suas negociações na B3.

O destaque do pregão ficou para os papéis da Petz (PETZ3), que subiram 6,59%. Em segundo lugar entre as maiores altas, a Hypera (HYPE3) registrou avanço de 4,35%.

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/02/2022 1,0% 113.228,31 R$ 27,1 bilhões
02/02/2022  -1,2% 111.894,36 R$ 30,6 bilhões
03/02/2022 -0,2%   111.95,94  R$ 24,3 bilhões
07/02/2022 -0,2% 111.996,40  R$ 26,9 bilhões
08/02/2022 0,2% 112.234,46 R$ 28,3 bilhões
09/02/2022  0,2% 112.461,39 R$ 36,4 bilhões
10/02/2022  0,8%  113.367,77  R$ 32,1 bilhões
11/02/2022 0,2%   113.572,35  R$ 45,3 bilhões
14/02/2022 0,3% 113.899,19 R$ 25,9 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

PETZ3: +6,59% a R$ 17,62
HYPE3: +4,39% a R$ 32,16
TOTS3: +3,76% a R$ 28,67
AMER3: +3,62% a R$ 33,72
RADL3: +3,13% a R$ 23

  • BAIXAS IBOVESPA

PETR3: -2,58% a R$ 36,24
MRFG3: -2,52% a R$ 22,57
VIIA3: -2,25% a R$ 4,02
PETR4: -5,07% a R$ 33
CRFB3: -2,10% a R$ 16,30

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Allied (ALLD3) 

    A Allied Tecnologia espera a ocorrência de efeitos contábeis não recorrentes no balanço do quarto trimestre do ano passado. Saiba mais…

    BR Properties (BRPR3) 

    A BR Properties informou o pagamento de juros de debêntures a detentores de papéis da 3ª, 4ª e 5ª Séries da 12ª emissão de debêntures da empresa.

    CCR (CCRO3)

    O grupo de construção peruano Aenza entregou uma proposta para comprar uma participação de 14,9% da empresa de concessões de infraestrutura CCR, segundo duas fontes com conhecimento do assunto. Saiba mais…

    Cosan (CSAN3)

    A Cosan concluiu a aquisição de 51% do capital social do TUP Porto São Luís, que eram detidas pela São Luís Port Company S.A.R.L., uma companhia do grupo China Communications Construction Company Limited (CCCC). Saiba mais…

    Dommo Energia (DMMO3)

    A Dommo Energia informou que no último dia 11 de fevereiro de 2022 recebeu decisão proferida no procedimento arbitral instaurado perante a Câmara de Comércio Internacional contra a Petronas Brasil E&P Ltda. Saiba mais…

    Energisa (ENGI11)

    A Energisa concluiu a aquisição da Geogroup Paranaíta Transmissora de Energia SPE. A aquisição foi feita por meio da controlada direta Energisa Transmissão de Energia (ETE). Saiba mais…

    Grupo Mateus (GMTA3)

    Um ano e meio depois de protagonizar uma das ofertas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês) mais icônicas da Bolsa brasileira, o Grupo Mateus avança em seu plano de expansão no Nordeste. Saiba mais…

    Hapvida (HAPV3) e NotreDame (GNDI3)

    A Hapvida e a Intermédica concluíram a combinação de negócios que estava em andamento. Saiba mais…

    Infracommerce (IFCM3

    A Infracommerce encerrou no dia 10, o prazo para exercício do direito de retirada pelos acionistas dissidentes do capital social da Synapcom Comércio Eletrônico, adquirida pela IFCM3. Saiba mais…

    Oi (OIBR3/OIBR4)

    O acordo firmado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para aprovar a compra da Oi prevê que Claro, TIM e Vivo vendam 50% das estações rádio base (ERBs) adquiridas no negócio, informou o órgão. As ERBs são compostas por equipamentos como antenas e aparelhos de radiocomunicação. Saiba mais…

    A Oi informou que, a partir de hoje, tornou-se efetivo o cancelamento do registro da companhia perante a U.S Securities and Exchange Commission (SEC), como anunciado em outubro do ano passado. Os ADRs ordinários e preferenciais da empresa estão sendo negociados no mercado de balcão nos Estados Unidos sob o código de negociação OIBZQ e OIBRQ. Saiba mais…

    Raízen (RAIZ4) e Smartfit (SMFT3)

    A Raízen e a rede de academias Smart Fit fecharam um acordo para gerar e comercializar energia renovável para 150 unidades da empresa, por meio da geração distribuída (GD) e da migração para o mercado livre. O valor do contrato não foi revelado. Saiba mais…

    Ultrapar (UGPA3) e Pague Menos (PGMN3)

    O processo de aquisição da Extrafarma pela Pague Menos foi declarado complexo pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Saiba mais…

    (Com informações da Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário