Dólar fecha em queda, impactado pelo discurso de presidente do Fed e alta das commodities

LinkedIn

O dólar fechou em R$ 5,1080, com queda de 0,91%. Após abrir a sessão em alta, a moeda foi impactada pelo discurso duro do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, que manifestou a intenção de aumentar em 0,25 ponto percentual a taxa básica de juros, além da alta global das commodities, mantendo o intenso fluxo estrangeiro na bolsa.

De acordo com a equipe da Ouro Preto investimentos, “o discurso do Powell foi considerado hawkish (duro), o que, aliado à alta das commodities, beneficia os emergentes, em especial o Brasil, neste primeiro momento”.

A Ouro Preto também destaca que a China também deve impactar este cenário: “A China quer voltar a crescer, o que vai demandar uma grande quantidade de minério de ferro, beneficiando a nossa economia”, pontua.

Para o economista-chefe da SulAmérica Investimentos, Newton Rosa, “por mais que o real esteja caindo, ele performa melhor que seus pares emergentes. A alta das commodities ameniza o impacto do dólar sobre o real. Eu não duvido que o dia termine no zero a zero”.

Rosa também acredita que as declarações de Powell foram positivas para o mercado doméstico, que ainda demonstra um forte fluxo estrangeiro: “A pressão inflacionária é global, mas como nossa bolsa e moeda são de commodities, isso alivia”, analisa.

Data Compra Venda Variação Variação
2/03/2022  5,1068 5,1073 -0,939% -0,0484

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,10

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,89

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,74

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário