Halliburton (HALI34) suspende operações na Rússia

LinkedIn

A fornecedora de produtos e serviços de energia Halliburton (NYSE:HAL) suspendeu as operações comerciais na Rússia, com efeito imediato. A decisão está em conformidade com as sanções do governo dos EUA contra a Rússia após a invasão da Ucrânia pelo país transcontinental em 24 de fevereiro.

A empresa com sede no Texas interrompeu todos os embarques de algumas peças e produtos sancionados para a Rússia há algumas semanas. A Halliburton não tem nenhuma joint venture ativa na nação invasora.

O presidente e CEO da Halliburton, Jeff Miller, disse: “Desde o início deste conflito, priorizamos a segurança dos funcionários e a conformidade com todas as sanções relevantes”.

Sobre a Halliburton

A Halliburton fornece serviços e produtos para o setor de energia relacionados à exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural. Tem mais de 40.000 funcionários trabalhando em mais de 70 países.

As ações da HAL estão atualmente em alta de mais de 4% no momento da publicação de segunda-feira (15h14, horário de Brasília).

A Halliburton também é negociada na B3 através do ticker (BOV:HALI34).

As ações HALI34 estão estáveis a R$ 179,86 reais, próximo da máxima de 52 semanas de R$ 180,18 reais. O mínimo de 52 semanas é de R$ 101,14 reais.

Consenso de Wall Street

No geral, a ação HAL tem uma classificação de consenso de compra forte (strong Buy) com base em dez Buy e três Hold. O preço-alvo médio da Halliburton de US$ 34,38 implica um potencial de queda de 8,6%. As ações ganharam cerca de 85% nos últimos seis meses.

Com informações de TipRanks

Deixe um comentário