3,6 milhões de americanos usarão criptomoedas para fazer uma compra em 2022, segundo pesquisa

LinkedIn

O número de adultos nos Estados Unidos que usarão criptomoedas para fazer compras em 2022 aumentará para 3,6 milhões, segundo uma pesquisa.

Um relatório publicado pela Insider Intelligence mostra que o valor da criptomoeda como meio de pagamento aumentará 70% este ano. A empresa prevê que até o final do ano, 3,6 milhões de adultos nos EUA terão usado criptomoedas para fazer compras.

De acordo com o principal analista da empresa, David Morris, a volatilidade da criptomoeda está sendo aliviada pelo crescimento do uso de stablecoin. À medida que os CBDCs estão sendo desenvolvidos, mais foco será trazido para a criptomoeda se tornar um meio de pagamento.

“Também esperamos que mais opções de criptomoedas sejam aplicadas em como as pessoas pagam, como cartões e carteiras digitais. Esses fatores devem estimular altas taxas de crescimento de pagamentos de criptomoedas nos próximos anos”.

A empresa também prevê que até o final de 2022, os adultos dos EUA que são usuários de criptomoedas aumentarão para 33,7 milhões. Em 2023, a empresa espera que esse número cresça ainda mais para 37,2 milhões. Esses números são significativamente menores do que as reivindicações anteriores de propriedade de criptomoedas nos EUA, atingindo 46 milhões em 2021.


Aumento anual na propriedade de criptomoedas entre adultos dos EUA. Fonte: Insider Intelligence

Enquanto isso, uma pesquisa realizada pela exchange Gemini mostrou que os novos investidores em criptomoedas quase dobraram na Índia, Brasil e Hong Kong no ano passado. Mais da metade dos participantes da pesquisa nesses países mencionaram que começaram a investir em criptomoedas em 2021.

Uma pesquisa realizada pela Arcane Research e Ernst & Young descobriu que a propriedade de criptomoedas entre as mulheres norueguesas também dobrou, passando de 3% em 2021 para 6% este ano. Por outro lado, o estudo também observou que a propriedade masculina aumentou de 6% em 2019 para 14% em 2022.

Por Ezra Rewar

Deixe um comentário