Boa Safra Sementes inicia construção de Unidade de Beneficiamento de Sementes em Primavera do Leste

LinkedIn

A Boa Safra Sementes iniciou as obras na cidade de Primavera do Leste (MT), para a construção de uma nova Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS). A iniciativa é parte do seu plano de expansão, informa a companhia de capital aberto.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:SOJA3) nesta quarta-feira (27).

O terreno de Primavera do Leste tem 294 mil m² e está localizado na Rodovia MT-130. Após a conclusão da obra da 1ª linha, poderão ser produzidas e estocadas até 20 mil big bags em posições refrigeradas (cerca de 1.000 kg cada). “Unidades como essa permitirão que as sementes sejam beneficiadas e tratadas em condições ideais e, geograficamente, cada vez mais próximo dos clientes da Boa Safra”, diz a empresa.

A unidade de Primavera do Leste soma-se às expansões recentes de Cabeceiras (GO), Buritis (MG), Jaborandi (BA), Sorriso (MT) e Balsas (MA), fazendo parte de um objetivo de médio e longo prazo de ter unidades nas principais regiões do Brasil.

Com a nova estrutura, a Boa Safra diz que ampliará seu portfólio, produção e armazenagem de sementes no Estado de Mato Grosso, assegurando uma diversificação geográfica com a produção de novos materiais de alta qualidade para os agricultores do maior Estado produtor de soja do Brasil, e possibilitando a manutenção da capacidade de vigor e germinação de seus materiais.

A Boa Safra Sementes pretende divulgar os resultados do 1T22 no dia 16 de maio.

Boa Safra (SOJA3): lucro líquido de R$ 30,8 milhões no 4T21, recuo de 20,2%

A Boa Safra Sementes, uma das principais produtoras de sementes de soja do Brasil, registrou lucro líquido de R$ 30,8 milhões no quarto trimestre de 2021, recuo de 20,2% na comparação com o quarto trimestre do ano anterior.

A receita líquida somou R$ 403,2 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 73,6% na comparação com igual etapa de 2020, justificado principalmente pela ampliação do portfólio tecnológico com utilização da biotecnologia Intacta e maior volume de TSI, além do crescimento do volume negociado e do aumento do preço da soja.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – diminuiu 15,2% na comparação anual, somando R$ 37,8 milhões entre outubro e dezembro de 2021. A margem Ebitda recuou 9,82 pontos porcentuais na mesma base de comparação, de 19,21% para 9,39%.

Informações Broadcast

Deixe um comentário