ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Warner Bros. Discovery (WBD, W1BD34) ainda está recuando por encerramento da CNN+

LinkedIn

O ramo de streaming de vídeo teve seus altos e baixos ultimamente, especialmente depois que a Netflix (NFLX, NFLX34) exibiu seus resultados do último trimestre. Com a Warner Bros. Discovery (NASDAQ:WBD) não é diferente.

A ação negociada na Nasdaq da empresa caiu 2,5% nas negociações de pré-mercado na segunda-feira, mas se recuperou um pouco ao longo das negociações de segunda-feira de manhã. Já na manhã de terça-feira (26), despencou -7,31%, no momento da publicação.

A Warner Bros. Discovery também é negociada na B3 através do ticker (BOV:W1BD34).

Estou otimista com a Warner Bros. Discovery. O mercado de streaming sofreu alguns golpes desde que o mundo reabriu nos dias após a pandemia. No entanto, a Warner tem muito o que gostar em sua programação, e sua disposição de mudar para o bem dos acionistas não deve ser negligenciada.

Os últimos 12 meses não foram gentis com a Warner Bros. Discovery. A empresa perdeu quase metade de seu valor nesse período, passando de US$ 38,85 um ano atrás para cerca de US$ 19,92 hoje.

As últimas notícias são igualmente terríveis e esperançosas. Os investidores estão “digerindo a notícia” de que as operações de streaming CNN+ da Warner serão encerradas em 30 de abril. Isso apesar do fato de que a CNN+ só começou a existir em 29 de março.

Consenso de Wall Street

Voltando a Wall Street, a Warner Bros. Discovery tem uma classificação de consenso de compra moderada. Isso se baseia em quatro classificações Buy, dois Hold e um Sell atribuídas nos últimos três meses. O preço-alvo médio da Warner Bros. Discovery de US$ 36,67 implica um potencial de alta de 74,4%.

O preço-alvo médio dos analistas variam de um mínimo de US$ 20 por ação a um máximo de US$ 48 por ação.

Um desastre esperançoso

Uma empresa que tem basicamente duas semanas não tem muito tempo para gerar notícias, mas a Warner Bros. Discovery fez exatamente isso. O maior problema enfrentado pela empresa no momento foi o cancelamento do CNN+, um serviço de streaming de mídia que se concentrava não tanto em notícias, mas na programação de estilo de vida.

A tendência, no entanto, não augura nada de bom. Embora as primeiras projeções tivessem o serviço funcionando bem com entre 100.000 e 150.000 assinantes em suas primeiras semanas, o número de espectadores ativos diários caiu. Nas primeiras duas semanas após o lançamento do serviço, ele teve menos de 10.000 espectadores ativos diários.

Muitos se perguntaram por que a empresa não aguentaria seis meses, ou mesmo três, para dar ao serviço tempo para se firmar e deixar o marketing afundar. Os relatórios observaram que a questão era de estratégia; O CNN+ simplesmente não se encaixava nos planos estratégicos gerais da empresa e, portanto, foi encerrado imediatamente.

Isso pode ser interpretado como um sinal de fraqueza. Afinal, os relatórios observam que a Warner Bros. Discovery gastou cerca de US$ 100 milhões para comercializar a CNN+, o que é melhor do que os custos gastos anualmente para comercializar toda a CNN em geral. Não dar à plataforma nem um trimestre inteiro para ganhar terreno pode fazer com que a Warner Bros. Discovery gere desperdícios.

Outra interpretação, entretanto, se encaixa com as informações reveladas anteriormente: a empresa é tão decidida que está disposta a seguir em frente com seus planos a qualquer custo. Mesmo quando já investiu nove dígitos na promoção de um projeto que encerrou um mês depois.

Visualizações finais

Há muitos fatores a serem considerados na Warner Bros. Discovery. Embora certamente tenha sofrido alguns golpes após a revelação dos resultados desastrosos da Netflix, as notícias são muito menos terríveis na Warner. Isso se deve em grande parte à sua pura diversificação.

Alguns analistas já estão incentivando os investidores a simplesmente “esquecer as finanças do primeiro trimestre”. A medida maior será para onde a empresa está indo, o que é bastante razoável, já que a empresa incorporada tem apenas cerca de um mês de história.

A Warner tem seu braço de estúdio. Essa é uma boa notícia, graças a um afastamento pós-pandemia de todos os streamings e um retorno aos cinemas.

O braço de streaming ainda está indo bem, pois HBO e HBO Max continuam a adicionar assinantes, apoiados pela linha de propriedade intelectual da Warner.

Warner até parece bom pelos números. Está sendo negociado bem abaixo de seus alvos de preços mais altos e médios, muito mais próximos de seus mínimos, o que significa um excelente ponto de compra em potencial. Há apoio de investidores de varejo e insiders.

É bem diversificado e a maioria de seus negócios está voltando a funcionar em plena medida. É por isso que estou otimista com a Warner Bros. Discovery, uma empresa que tem muito a oferecer e um excelente caminho potencial antes dela.

Por Steve Anderson/TipRanks

Isenção de responsabilidade: A ADVFN não faz recomendações de ativos. A matéria tem cunho jornalístico.

 

Deixe um comentário