Bom dia ADVFN - Risco de recessão nos EUA, dados do IPCA no Brasil e mais

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  24 de junho de 2022, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

📣  Confira as principais manchetes dos jornais de hoje 📰

Bolsas mundiais:  Os futuros americanos e os mercados da Europa operam no terreno positivo, estimulados especialmente pelas ações ligadas ao setor de tecnologia, com os investidores ainda avaliando as ameaças econômicas e reduzindo as expectativas de inflação e aumento das taxas de juros.

Na Ásia, as ações encerraram em alta, puxados pelas ações de tecnologia no mercado de Hong Kong. O índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 2,09%, fechando em 21.719 pontos, com o índice Hang Seng Tech subindo 4,05%. No radar econômico, o núcleo de preços ao consumidor no Japão subiu 2,1% no mês de maio em relação ao ano anterior, em linha com as estimativas, segundo a Reuters. Isso está acima da meta do Banco do Japão de 2% de inflação. No entanto, os preços ao consumidor subiram apenas 0,8% se os alimentos frescos e a energia fossem retirados, disse a Reuters.

Na Europa, as Bolsas operam em alta para encerrar uma semana volátil, com investidores globais avaliando a inflação e os temores de uma recessão econômica. As vendas no varejo do Reino Unido caíram 0,5% mensalmente em maio, um pouco menos do que os -0,7% projetados por economistas em uma pesquisa da Reuters, e o aumento mensal das vendas de abril foi revisado para baixo de 1,4% para 0,4%. A confiança do consumidor do Reino Unido caiu para seu nível mais baixo desde o início dos registros, revelaram novos dados da empresa de pesquisa GfK, enquanto o país enfrenta a inflação em alta de 40 anos, desacelerando o crescimento e uma crise de custo de vida em espiral para as famílias. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, recebeu um novo golpe nesta sexta-feira, mas voltou a insistir que não renunciará após a derrota do Partido Conservador nas eleições parciais de quinta-feira, que provocaram a repentina renúncia do presidente da formação. Os conservadores perderam as duas cadeiras em disputa, em Tiverton-Honiton, circunscrição historicamente de direita no sudoeste da Inglaterra, e Wakefield, tradicional reduto de esquerdas no denominado “muro vermelho” do norte do país, onde os ‘tories’ derrotaram os trabalhistas nas legislativas de 2019.

Nos Estados Unidos,  Os índices operam em alta no momento. Na semana passada, os bancos centrais fizeram movimentos agressivos para conter a inflação, e os investidores agora estão esperançosos de que o aumento dos preços ao consumidor será controlado à medida que os preços das commodities recuaram acentuadamente. Esse caminho agressivo de aperto da política alimentou temores de uma recessão, que o presidente do Federal Reserve (Fed) dos EUA, Jerome Powell, disse ao Congresso na quarta-feira ser uma “possibilidade”, ao reiterar que o banco central está “fortemente comprometido” em reduzir a inflação. Nesse sentido, os dados econômicos serão um foco importante hoje, já que os investidores tentam determinar se a economia dos EUA está entrando em recessão. Os dados de vendas de novas casas devem ser divulgados às 11h e o relatório final de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan para junho também será divulgado hoje. A leitura do sentimento do consumidor pode ser particularmente importante para os investidores, já que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse que uma queda surpreendente na leitura preliminar foi uma das razões pelas quais o banco central elevou sua taxa básica de juros em três quartos de ponto percentual no início deste mês. A retração da economia americana tem deixado o campo da especulação para se tornar realidade. Na quarta-feira (22), o próprio presidente do Federal Reserve (Fed), o Banco Central dos EUA, Jerome Powell, alertou para o aumento dos riscos de uma recessão no país em consequência da elevação da taxa de juros – hoje entre 1,5% e 1,75%, a maior desde 1994 – e da maior inflação em quatro décadas. “Estamos fortemente comprometidos em reduzir a inflação”, afirmou em audiência no Congresso. Questionado se isso poderia levar a uma recessão, ele foi sucinto: “É certamente uma possibilidade”. Com PIB de US$ 23 trilhões (2021), os EUA respondem por cerca de 25% da economia do planeta. A encruzilhada tem de um lado a alta dos juros – remédio mais que amargo em um país movido pelo consumo e desacostumado a reajustes bruscos de preços. Ela é defendida por Powell como a alternativa mais rápida do Fed para domar a disparada do índice. Em maio, a economia americana registrou inflação de 8,6% no acumulado de 12 meses. A meta é de 2%.

Os fundos de ações globais tiveram suas maiores saídas em nove semanas, refletindo o receio de que a economia dos EUA possa estar caminhando para uma recessão. Cerca de US$ 16,8 bilhões saíram de fundos de ações globais na semana encerrada em 22 de junho, com as ações dos EUA registrando seu primeiro saldo negativo em sete semanas em US$ 17,4 bilhões, de acordo com o Bank of America. Já os títulos da dívida dos EUA, tiveram resgates de US$ 23,5 bilhões.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI estão sendo negociados a US$ 106,14 com alta de 1,79%. O Brent opera em alta de 1,74%, negociado a US$ 111,97.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 21.048,00 (+2,31%). O ouro  é negociado a US$ 1.828,40 por onça-troy (-0,08%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro:  O Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 0,96%, a 736 iuanes, o equivalente a US$ 110,41.

Coronavírus

A média móvel de casos de Covid-19, que considera os últimos sete dias, voltou a subir na quinta-feira (23), e apresenta o maior índice desde 13 de março, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O indicador chegou a 45.440. Em 13 de março, o índice foi de 45.680. O indicador móvel de mortes, que também está em alta, ficou em 150 na quinta-feira. Esse número representa um aumento de 54% em um mês. Para fins de comparação, em 23 de maio o indicador flutuante que registra os óbitos estava em 97.

Brasil

O Ministério da Saúde confirmou que foi notificado, na quinta-feira (23), sobre três casos autóctones para varíola dos macacos no estado de São Paulo, ou seja, casos que foram originados internamente e não são importados. Tratam-se de três pacientes homens, moradores da cidade de São Paulo, com idades entre 24 e 37 anos, sem histórico de viagem para países com casos confirmados. “Os casos ainda estão em investigação para a busca de vínculos de transmissão. Os pacientes estão isolados, com quadro clínico estável, sem complicações e sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do Estado e do Município”, afirmou o ministério da Saúde.

Comitê da OMS se reúne para discutir se varíola do macaco é uma emergência de saúde internacional:  integrantes de um Comitê de Emergência criado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para discutir o surto de varíola do macaco estão reunidos em um debate que deve definir se a doença se torna uma ESPII (Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional). Os especialistas vão fornecer à OMS e aos Estados-membros conselhos e recomendações sobre a melhor forma de prevenir e reduzir a propagação da doença, que já avançou para mais de 40 países desde o início de maio. A decisão final caberá ao diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Todavia, nenhum anúncio oficial não será divulgado antes desta sexta-feira (24), segundo a entidade.

Poderes

O presidente Jair Bolsonaro sancionou na quinta-feira o projeto que estabelece um teto para as alíquotas de ICMS sobre os setores de combustíveis, gás, energia, comunicações e transporte coletivo. Edição extra do Diário Oficial da União trouxe a publicação do texto, que agora passa a vigorar como lei, com 9 dispositivos vetados. O texto, votado pela última vez no Congresso em 15 de junho e sancionado na quinta-feira, não fixa uma alíquota para o ICMS cobrado sobre os setores citados, mas limita a incidência do tributo a aproximados 17% ao carimbá-los como “essenciais”.

O valor do Auxílio Brasil deve aumentar de R$ 400 para R$ 600. Além disso, o governo vai lançar o Auxílio-Caminhoneiro de R$ 1.000, batizado de “Pix Caminhoneiro”, para cobrir a alta do preço do diesel, segundo o ministro da Economia Paulo Guedes. Pelas contas do governo, esse valor pode ajudar a diminuir em 20% o custo médio dos caminhoneiros por mês. Guedes também defende dobrar o valor do auxílio-gás, atualmente de R$ 53. As ações devem custar R$ 29 bilhões e já estão sendo discutidas com os líderes dos partidos no Congresso.

Economia

O Ibovespa encerrou em queda de 1,45%, aos 98.080,34 pontos. No radar de investidores, está o risco crescente de uma recessão nas principais economias do mundo, assim como o cenário fiscal brasileiro. Esse foi o menor patamar desde 3 de novembro de 2020 (95.980 pontos), ou em 19 meses.

A projeção oficial do Banco Central para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2022 passou de 1% para 1,7%. A informação foi divulgada pela instituição em coletiva de imprensa na quinta-feira (23). O diretor de Política Econômica do BC, Diogo Guillen, explicou que os fatores que puxaram a melhora na projeção para o desempenho da atividade econômica este ano estão mais ligados ao primeiro semestre de 2022 e não tanto a perspectivas de melhora da economia nos próximos meses.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, esclareceu que o Comitê de Política Monetária (Copom) concentra esforços para que a inflação de 2023 fique abaixo dos 4%. Segundo ele, é isso que o BC quis comunicar quando informou que a última decisão de elevar a Selic a 13,25% é “compatível com a estratégia de convergência da inflação para o redor da meta ao longo do horizonte relevante (2023)”.

O Citigroup prevê uma probabilidade de quase 50% de uma recessão global, uma vez que os bancos centrais correm para aumentar as taxas de juros para acabar com a inflação, que tem sido parcialmente alimentada pelo impacto da guerra da Ucrânia e da pandemia de Covid-19.

Agenda Econômica

🇬🇧 Vendas no varejo mensal e anual (03h00)
🇩🇪 Índice Ifo de clima de negócios (05h00)
🇧🇷 Sondagem do consumidor FGV mensal (08h00)
🇧🇷 Índice IPCA- 15 mensal e anual (09h00)
🇺🇸 Vendas de casas novas mensal (11h00) ⭐️
🇺🇸 Pesquisa de condições de negócios U. de Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Confiança do consumidor Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o principal índice fechou em forte queda, recuando 1,45%, aos 98.080 pontos, no menor nível desde novembro de 2020. O pregão que contou com um volume de R$ 24,7 bilhões negociados.

Maiores altas do Ibovespa

LWSA3: +9,01% a R$ 6,05
BRFS3: +7,80% a R$ 14,09
PETZ3: +6,26% a R$ 11,38
MGLU3: +4,51% a R$ 2,55
AMER3: +4,42% a R$ 13,93

Maiores baixas do Ibovespa

SLCE3: -6,57% a R$ 45,64
QUAL3: -4,32% a R$ 13,51
UGPA3: -4,05% a R$ 12,07
PRIO3: -3,76% a R$ 20,47
USIM5: -3,65% a R$ 8,71

Na Toro, traders podem usar a plataforma Profit Pro grátis

Dólar    

O dólar comercial fechou em alta de 1,02%, a R$ 5,2298, depois de oscilar entre R$ 5,1670 e R$ 5,2355.

Ifix   

O índice fechou em queda de 0,21% aos 2.802 pontos. Ao longo do dia, o índice registrou a pontuação mínima de 2.801 pontos. Na máxima, o IFIX bateu em 2.811 pontos.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, correio braziliense, estadão, isto é dinheiro.

 

Deixe um comentário