Dow Jones fechou praticamente estável na segunda-feira; Nasdaq subiu apesar do aumento dos rendimentos dos títulos

LinkedIn

As ações dos Estados Unidos subiram ligeiramente na segunda-feira (06), com Wall Street tentando se recuperar de uma semana de perdas e navegando por um salto nos rendimentos do Tesouro.

O Dow Jones subiu 16,08 pontos, ou 0,05%, para 32.915,78 pontos. O S&P 500 ganhou 0,31%, para 4.121,43 pontos. O Nasdaq Composite, de alta tecnologia, subiu 0,40%, para 12.061,37 pontos.

O Dow Jones subiu mais de 300 pontos no início do pregão, mas o mercado desistiu de alguns de seus ganhos ao longo do dia e o rendimento do Tesouro de 10 anos subiu acima de 3%.

O sentimento dos investidores aumentou depois que Pequim reverteu algumas restrições relacionadas a Covid. Enquanto isso, o Wall Street Journal informou que os reguladores chineses estão encerrando suas investigações sobre a gigante de carona Didi – potencialmente sinalizando que a repressão do país ao seu setor de tecnologia pode estar chegando ao fim.

No exterior, as ações subiram mais de 1% na China e mais de 2% em Hong Kong. As ações negociadas nos EUA da Didi saltaram mais de 24%, enquanto JD.com e Pinduoduo subiram 6,5% e 5,6%, respectivamente.

Os desenvolvimentos na China podem encorajar os investidores sobre as perspectivas para as economias dos EUA e da Europa também.

“Desde esses mínimos perto de 3.800 no S&P 500, houve um progresso real: a China está reabrindo e esperamos que a economia esteja perto de operar com capacidade quase total dentro de um mês. Isso adicionará um grande vento a favor da economia global e, talvez o mais importante, aliviará o estresse da cadeia de suprimentos”, disse Tom Essaye, do Sevens Report, em nota.

As notícias da China parecem impulsionar as ações dos cassinos, com as ações do Wynn Resorts ganhando quase 2,5%. As ações de energia solar subiram depois que o governo Biden decidiu suspender as tarifas sobre produtos de painéis solares de quatro países, com a Enphase Energy subindo mais de 5%.

Em outros lugares, as ações da Amazon subiram quase 2% após um desdobramento de ações de 20 por 1. No lado negativo, Amgen e Salesforce caíram mais de 1%, pesando no Dow Jones.

Os investidores têm enfrentado temores de que o banco central possa aumentar as taxas de juros rapidamente e demais, causando uma recessão. Declarações recentes dos membros do Federal Reserve indicam que aumentos de 50 pontos base – ou meio ponto percentual – são prováveis  ​nas reuniões de junho e julho.

O rendimento do Tesouro de 10 anos atingiu seu nível mais alto em quase um mês, com os investidores vendendo títulos. Embora o movimento pareça derrubar as ações de suas altas, não causou um grande declínio nas ações, como movimentos semelhantes fizeram no início deste ano.

“Acho que o choque alertou para o rompimento desse nível de 3% para os 10 anos. Já estivemos lá antes e voltamos”, disse Wayne Wicker, diretor de investimentos da MissionSquare Retirement. “Embora certamente as taxas de juros subindo seja algo que os caras de ações não gostam, é uma conclusão precipitada de que veremos taxas mais altas no curto prazo. A questão é se o mercado de títulos já precificou muito disso.”

Os investidores estarão focados na leitura do índice de preços ao consumidor para maio, que deve ser divulgado na manhã de sexta-feira. Espera-se que o principal indicador de inflação seja apenas um pouco mais frio do que abril, o que pode ser interpretado por alguns como uma confirmação de que a inflação atingiu o pico.

A economia dos EUA criou 390.000 empregos em maio, disse o Departamento do Trabalho na sexta-feira, que veio melhor do que o esperado, apesar dos temores de uma desaceleração econômica e em meio ao ritmo acelerado da inflação. Alguns investidores acreditam que os fortes dados de contratação podem estar abrindo caminho para que o Fed permaneça agressivo.

“Por enquanto, o mercado vê um Federal Reserve tentando navegar por uma estrada dolorosa e acidentada, mas tentando encontrar uma saída suave”, disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de ações da LPL Financial. “E o mercado se vê entre querer acreditar nos ralis, mas não acreditar que o Fed possa negociar um pouso suave.”

A ação de segunda-feira seguiu outra semana decepcionante para os investidores, já que os principais índices sofreram perdas modestas. O mercado de ações teve um ano volátil com os índices recuando dois dígitos de seus recordes. O S&P 500 caiu cerca de 14% em relação à máxima histórica alcançada em janeiro. O benchmark de ações mergulhou brevemente no território do mercado de baixa em uma base intradiária no mês passado.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário