ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com alta de 0,73% e todos os destaques de hoje (15/06/2022)

LinkedIn

Após oito sessões em queda, o Ibovespa voltou a fechar em alta, com uma subida de 0,73%, a 102.806 pontos. A Bolsa brasileira acompanhou os mercados americanos, que também deixaram o campo negativo para fechar com ganhos nesta super quarta.

Como previsto pelo mercado, o Federal Reserve (banco central norte-americano) elevou os juros em 0,75 pontos percentuais (p.p.), para um intervalo entre 1,50% e 1,75% ao ano. A autoridade monetária também indicou que a taxa nominal deve terminar o ano em 3,4%, valor muito acima dos 1,9% projetados em março.

Em comunicado, o Fed destacou que “a inflação permanece elevada, refletindo desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia, preços de energia mais altos e pressões de preços mais amplas.” E acrescentou que “o comitê está fortemente comprometido em levar a inflação de volta a seu objetivo de 2%”.

João Beck, economista e sócio da BRA, analisou o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, como mais duro, com um viés realista e pragmático para fazer com que os americanos aceitem a ideia de que o crescimento à frente será menor e o desemprego maior.

“Por um lado foi bom porque teve um tom mais duro, que é o que a economia precisa, mas por outro lado, a revisão de crescimento americano foi para baixo, com o juros mais alto”, diz Beck. Segundo o Fed, a economia dos Estados Unidos deve desacelerar para uma taxa de 1,7% em 2022, enquanto a taxa de desemprego deve terminar o ano em 3,7%.

As bolsas em Wall Street responderam bem a posição dura do banco central. Após o comunicado de Powell, os índices intensificaram os ganhos e atingiram novas máximas intradiárias. Ao fim da sessão, o Dow Jones registrou ganhos de 1,00%, o S&P avançou 1,46% e o Nasdaq cresceu 2,50%.

O Ibovespa diminuiu os ganhos depois da elevação dos juros nos EUA, depois de ter alcançado uma máxima de 103.951 pontos no dia.

Até o fechamento desta matéria, o BC (Banco Central) ainda não tinha divulgado a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) sobre os juros básicos do Brasil. Mas o mercado precificou uma alta de 0,5 p.p. para a Selic, que chegará a 13,25% — valor mais alto desde janeiro de 2017.

A dúvida que paira sobre os investidores é em relação ao fim do ciclo altista. Alguns acreditam que o BC irá parar por aí, outros ainda apostam em mais um aumento de 0,5 p.p., para 13,75%. Os mais pessimistas vão mais longe e já indicam 14,25% ao fim de 2022.

Uma pesquisa da Febraban, em parceria com o Ipespe, divulgada hoje, apontou que 93% dos brasileiros sentiram a alta dos preços desde o começo do ano. O número fica acima de 90% em todas as faixas de renda, sendo 96% entre aqueles que ganham mais de cinco salários mínimos.

“A inflação é o inimigo número um do Brasil. É um fenômeno mais sério aqui porque, há nove meses consecutivos, anualizada, vem ultrapassando a faixa dos dois dígitos”, diz, em nota, a Febraban.

No radar corporativo, Qualicorp (QUAL3), CVC (CVCB3) e Banco Inter (BIDI11) são os destaques de altas do dia, com avanços de 14,64%, 13,19% e 9,33%.

Ontem (14), a Qualicorp informou que iniciou as vendas dos planos de saúde no segmento coletivo por adesão da Seguros Unimed. O portfólio já está valendo na Grande São Paulo (SP), no Distrito Federal, em Salvador (BA) e em São Luís (MA).

Já a CVC lançou nesta terça-feira sua oferta primária de ações para captação de até R$ 477,2 milhões. Segundo a empresa, os recursos são para reforço do capital de giro e estratégias de crescimento.

Na ponta de queda, os destaques do Ibovespa ficaram para as petroleiras, com o recuo na cotação do petróleo no mercado internacional. O barril Brent perdeu 2% de valor, para US$ 118,5, e o barril WTI caiu 3%, a US$ 115,3.

Com isso, as ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) fecharam em queda de 1,32% e 1,76%, respectivamente. Já a 3R Petroleum (RRRP3) e a PetroRio (PRIO3) perderam 0,56% e 1,48%, respectivamente.

O dólar fechou em forte queda frente ao real, com perda de 2,11% no dia, avaliado em R$ 5,0260 ao final da sessão.

➡️ Veja o fechamento desta quarta-feira:

🇧🇷 IBOV: +0,73% a 102.803 pts
🏢 IFIX: +0,12% a 2.804 pts
💵 Dólar: -2,11% a R$ 5,03
💶 Euro: -1,58% a R$ 5,26
💰Bitcoin: -4,03% a R$ 110.221

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +1,00% a 30.668 pts
S&P 500: +1,46% a 3.789 pts
Nasdaq: +2,50%, a 11.099 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/06/2022  0,01% 111.359,94 R$ 25,5 bilhões
 02/06/2022   0,93%  112.392,91  R$ 24,3 bilhões
03/06/2022 -1,15% 111.102,32 R$ 20,9 bilhões
06/06/2022 – 0,82%  110.185,91 R$ 16,9 bilhões
07/06/2022 – 0,11% 110.069,76  R$ 21,2 bilhões
08/06/2022 – 1,55% 108.367,67 R$ 22,4 bilhões
09/06/2022 – 1,18% 107.093,71 R$ 25,8 bilhões
10/06/2022 -1,51% 105.481,23  R$ 30,2 bilhões
13/06/2022 – 2,73% 102.598,18 R$ 31,2 bilhões
14/06/2022 -0,52%  102.063,25 R$ 23,6 bilhões
15/06/2022  0,73% 102.806,82

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

QUAL3: +14,64%, a R$ 13,39
CVCB3: +13,19%, a R$ 8,67
BIDI11: +9,33%, a R$ 10,55
NTCO3: +8,08%, a R$ 15,12
ASAI3: +6,10%, a R$ 15,48

  • BAIXAS IBOVESPA

BRKM5: −2,27%, a R$ 40,45
PETR4: −1,76%, a R$ 29,08
PRIO3: –1,48%, a R$ 25,26
CMIN3: −1,46%, a R$ 4,73
BRFS3: −1,37%, a R$ 12,98

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    B3 (B3SA3)

    A B3 registrou um volume médio de ações de R$ 30,4 bilhões. Esse resultado é 8,5% menor do que o registrado em maio do ano passado, quando chegou a R$ 33,2 bilhões. Saiba mais…

    Banrisul (BRSR3/BRSR5/BRSR6)

    A agência de classificação de riscos Fitch, uma das maiores do mundo, elevou o Rating Nacional de Longo Prazo do Banco do Estado do Rio Grande do Sul – Banrisul para ‘AA-(bra)’, de ‘A+(bra)’ e reafirmou os IDRs em ‘BB-‘. Saiba mais…

    Braskem (BRKM5)

    A Braskem concluiu a 16ª emissão de debêntures, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, no volume total de R$ 1 bilhão.

    Cielo (CIEL3)

    As vendas no varejo em maio de 2022 cresceram 6,9%, descontada a inflação, em comparação com igual mês de 2021. Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) apresentou alta de 23,9%. Saiba mais…

    Compass (PASS3)

    O Cade vai discutir, na quarta-feira da semana que vem (22/6), o ato de concentração sobre a compra de 51% do capital social da Gaspetro, atualmente pertencente à Petrobras, pela Compass, empresa do grupo Cosan. Saiba mais…

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que o aporte de R$ 5 bilhões decorrentes da privatização da Eletrobras pode reduzir as tarifas pagas pelos consumidores em 2,3%, em média. A projeção foi apresentada pela diretora-geral interina do órgão, Camila Bomfim, em audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 15. Saiba mais…

    Enauta (ENAT3)

    A Enauta Participações afirmou que não planeja reabrir o processo para a venda de participação do Campo de Atlanta. Saiba mais…

    Iguatemi (IGTI11)

    A Iguatemi, uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do Brasil, divulgou o resultado dos indicadores para os meses de abril e maio de 2022. Saiba mais…

    Natura (NTCO3)

    A Natura anunciou o início de um processo de reestruturação da companhia “alinhada à sua direção estratégica para aumentar a responsabilidade de suas empresas e marcas únicas – Natura, Avon, The Body Shop e Aesop”. Saiba mais…

    Neoenergia (NEOE3)

    A Neoenergia informou que entraram em operação, com antecipação de um mês em relação ao plano de negócios, os sete primeiros aerogeradores do Complexo Eólico de Oitis (Complexo Oitis) na forma de operação em teste. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A Petrobras assinou com a Raízen um acordo para avaliar, em conjunto, potenciais negócios envolvendo produção, compra e venda de biometano, combustível 100% renovável e produzido pela Raízen a partir de resíduos da cana-de-açúcar (vinhaça e torta de filtro), gerados na operação agroindustrial dos Bioparques de Energia da companhia. Saiba mais…

    Apesar de conviver no momento com defasagem de preços de diesel e gasolina ante o mercado externo, a Petrobras deve evitar elevar as cotações até pelo menos o encerramento das discussões no Congresso Nacional, que podem resultar em uma menor tributação dos combustíveis, disseram duas fontes com conhecimento do assunto. Saiba mais…

    A Petrobras informou que analisa pedido da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para adiar as paradas já programadas para manutenção de refinarias no segundo semestre do ano, como forma de não impactar a produção de diesel. Saiba mais…

    A Petrobras divulgou que o efeito suspensivo do recurso interposto contra liminar proferida pelo Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro que determina a paralisação das negociações contratuais referentes ao processo de venda do Polo Bahia Terra foi indeferido. Saiba mais…

    O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira, 15, que a Petrobras está “dando dica de que quer aumentar os combustíveis de novo”. “Não interessa quanto seja o aumento, já está absurdo o preço dos combustíveis”, declarou em entrevista ao canal no YouTube da jornalista Leda Nagle. Saiba mais…

    Petrorecôncavo (RECV3)

    A Petrorecôncavo aprovou alterações em seu estatuto social para refletir o aumento de capital aprovado pelo Conselho de Administração, dentro do limite do capital autorizado, na reunião de 6 de abril de 2022.

    A oferta de ações PetroRecôncavo movimentou cerca de R$1,034 bilhão, depois de o preço de cada papel ser definido a R$ 23,50. Saiba mais…

    A petrolífera PetroRecôncavo fechou o mês de maio com produção diária de 20.289 barris de óleo equivalente por dia (boe/d), o que significou um aumento de 2% em comparação com o mês anterior. Os números de produção foram divulgados em comunicado aos investidores. Saiba mais…

    Sequoia (SEQL3)

    A Sequoia Logística aprovou o aumento de capital social. Saiba mais…

    Taesa (TAEE11)

    A Taesa pagará juros de debêntures aos detentores das debêntures da 8ª emissão. Saiba mais…

    (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br