Petróleo fecha em queda, com perspectiva de desaceleração na economia global

LinkedIn

As cotações do petróleo fecharam em baixa pela segunda sessão, com investidores avaliando as perspectivas para a demanda diante de uma provável recessão global. PMIs divulgados na Europa e nos EUA hoje reforçaram a percepção de desaceleração econômica.

De acordo com o Citi, os dados dos EUA sugerem um crescimento lento ou uma recessão leve nos próximos meses. A alta do dólar e os dados do API, divulgados ontem, ajudaram a baixar os preços do petróleo.

O American Petroleum Institute informou um forte aumento de 5,6 milhões de barris nos estoques de petróleo na semana passada, além de uma alta de 1,2 milhão de barris nos de gasolina.

O DoE não divulgou dados hoje por problemas técnicos. No fechamento, o contrato do Brent para agosto caiu 1,51%, a US$ 110,05 por barril, na ICE.

O WTI para agosto recuou 1,80%, a US$ 104,27 por barril, na Nymex. Foi o menor fechamento para um contrato referência em NY em seis semanas.

Informações BDM

Deixe um comentário