Amazon terá participação no Grubhub e oferecerá entregas de comida para usuários Prime nos EUA

LinkedIn

As ações da Just Eat Takeaway.com NV (EU:TKWY) tiveram o maior salto em quase quatro anos depois que a Amazon.com Inc. (NASDAQ:AMZN) concordou em adquirir uma participação em seu negócio Grubhub.

A Amazon também é negociada na B3 através do ticker (BOV:AMZO34).

A participação faz parte de uma parceria em que a Amazon oferecerá aos usuários do US Prime uma associação de um ano ao serviço de entrega de alimentos, disse a empresa holandesa em comunicado na quarta-feira (06).

O acordo é um impulso vital para a Just Eat Takeaway, que viu o preço de suas ações cair mais de 65% este ano, atingindo um recorde de baixa na terça-feira. A empresa também enfrenta turbulências internas depois que iniciou uma investigação sobre a conduta pessoal de seu diretor de operações e seu presidente deixou o cargo em maio.

A Amazon receberá opções para uma participação de 2% no Grubhub e terá a oportunidade de aumentar a participação para 15%, disse a Just Eat. A participação da Amazon está na forma de warrants, que serão adquiridos dependendo do desempenho da parceria e de quantos novos clientes ela atrai.

As ações da Just Eat subiram até 20% em Amsterdã na quarta-feira, o maior ganho intradiário desde dezembro de 2018, e subiram 17% às 11h06, horário local. As ações caíram 67% este ano.

“A parceria com a Amazon é material e bem-vinda”, disse Giles Thorne, analista da Jefferies, em nota aos investidores. “O Grubhub garantiu não apenas um parceiro muito poderoso, mas também um canal de aquisição muito eficiente. Para um ativo até agora encalhado e peso morto para o patrimônio JET, esta é uma notícia positiva.”

O contrato de associação será renovado a cada ano, a menos que a Amazon ou o Grubhub o rescindam, e a Just Eat continuará a explorar uma venda total ou parcial dos negócios nos EUA, disse a Just Eat. A empresa anunciou planos de encontrar um investidor ou licitante para os negócios nos EUA em abril, menos de um ano depois de comprar o Grubhub por US$ 7,3 bilhões.

O Grubhub também atraiu interesse preliminar de empresas de private equity, incluindo Apollo Global Management Inc., informou a Bloomberg em junho.

O CEO da Just Eat, Jitse Groen, está sob pressão para encontrar uma maneira de reativar o crescimento depois que uma série de concorrentes conquistou participação de mercado e restaurantes que haviam sido fechados durante os bloqueios da Covid-19 reabrirem para os clientes.

Em uma apresentação para analistas e investidores em outubro, Groen apresentou uma estratégia para crescer nos EUA, visando subúrbios em mercados-chave e testando mini-armazéns em Nova York para atendimento de pedidos mais rápido.

O acordo com a Amazon será neutro para os resultados financeiros do Grubhub este ano e aumentará o fluxo de caixa e os ganhos a partir de 2023, disse a Just Eat no comunicado.

Deixe um comentário