Petróleo fecha com alta, sustentado pela queda do dólar

LinkedIn

As cotações do petróleo fecharam com alta nesta segunda-feira, sustentadas pela queda do dólar ante pares e emergentes. Como outros ativos de risco, o mercado de óleo bruto viveu um dia de altos e baixos, à espera de informações como a decisão de juros do Fed, na quarta-feira.

Ainda que dados recentes mostrando desaceleração na atividade impeçam uma alta mais agressiva, um aumento de 0,75pp, como esperado, ainda é forte e causa preocupação sobre o impacto que possa ter na economia e na demanda por combustíveis.

Analistas apontam que o mercado tem tanto fatores baixistas, temores de recessão e queda na demanda global, quanto altistas, o aperto na oferta.

“Os níveis dos estoques estão baixos e fornecem pouca margem de manobra em caso de qualquer choque de oferta”, disse Robbie Fraser, gerente de análise global da Schneider Electric, ao MarketWatch.

No fechamento, o contrato Brent para outubro subiu 1,84%, a US$ 100,19 por barril, na ICE. OWTI para setembro avançou 2,11%, a US$ 96,7 por barril, na Nymex.

Informações BDM

Deixe um comentário