Banco Itaú foi selecionado pelo Banco Central do Brasil para desenvolver fundo de liquidez DeFi

LinkedIn

O Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) foi escolhido pelo Banco Central daquele país para trabalhar no desenvolvimento de um pool de liquidez de finanças descentralizadas (DeFi).

O Itaú realizará o projeto no âmbito do Laboratório de Inovação e Tecnologia Financeira e Tecnológica (LIFT), programa do governo que busca fortalecer a inclusão financeira.

A plataforma, que usa blockchain e contratos inteligentes, permitirá a custódia e troca de tokens, como stablecoins atreladas ao real, dólar americano ou outras moedas fiduciárias, disse o banco central em comunicado publicado nesta sexta-feira.

Em julho, o Itaú anunciou que planeja lançar uma plataforma de tokenização de ativos que transformará produtos financeiros tradicionais em tokens, além de oferecer serviços de custódia de criptomoedas para seus clientes.

O Banco Central do Brasil anunciou outros sete projetos, incluindo o Easy Hash, que busca tokenizar ativos financeiros no blockchain para descentralizar o risco de crédito entre vários credores.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário