Coluna do TradingView: Dia de quebra na sequencia de alta do Ibovespa

LinkedIn

Após 5 pregões de alta, Ibovespa opera no negativo mesmo com Petrobras e Vale operando em alta. Mercado ainda se descola do estrangeiro. Confira os estudos dos analistas do TradingView.

Shima Trader

PETR4 com belo candle de rompimento e continuidade na semana passada com o preço atingindo o primeiro alvo de fibo. Caso o preço continue subindo teremos então os 36,82 como próxima região de alvo.

Vale ressaltar que com esse movimento, o preço acabou deixando GAP na região dos 29,30, região essa que numa eventual correção dos preços poderá ser fechada. (Ver mais ideias sobre Petrobras).

YyanPC

A tendência é de alta, desde 2015, como pode ser visto pela LTA (Linha de Tendência de Alta. E, conectando as máximas de 2007 e 2020, podemos traçar, também, uma LTB (Linha de Tendência de Baixa). Juntando a LTA e a LTB podemos identificar o padrão gráfico “Triângulo Simétrico”, em que seu ápice está fixado no gráfico.

Devemos aguardar pelo rompimento, ou da linha superior, ou da linha inferior, para declararmos se a tendência predominante trazida por este padrão gráfico é de alta ou de baixa.

No entanto, ao observarmos a movimentação dos preços de BEES3 de 2020 até agora, podemos identificar outro padrão gráfico que é a “Cunha Descendente de Alta”, em continuidade da tendência de alta que acontece desde 2015. A linha superior da cunha já foi rompida no mês de maio de 2022, então podemos fazer a projeção deste padrão ao preço-alvo de R$ 8,82.

Se a cotação for nessa direção é de se acreditar que haverá o rompimento da linha superior do triângulo simétrico (ou seja, do rompimento da LTB), em continuidade à tendência de alta desse ativo.

Observe-se que a tendência de alta é acompanhada pela MMA-9 (Média Móvel Aritmética dos últimos 9 períodos) e a MMA-200 também acompanha o movimento de alta, logo abaixo da LTA. Mas, em contrapartida, o IFR (Índice de Força Relativa) já está em região de pré-sobrecompra, indicando-nos que há pouco espaço para uma expansão altista. (Ver a análise na íntegra).

Welthão

Ações da Magazine Luiza havia desenvolvido possível estrutura de acumulação em fundo, seguindo de spring e voltando para o range confirmando nossa leitura de acumulação.

Desde então esteve em movimento lateral com auxilio de poc’s sustentando o preço até chegar rompendo máximas com suporte perto da casa dos R$3,00, se você ainda não comprou essa é a melhor chance! Ativo pode estar entrando numa fase E. (Ideias sobre Magalu).

Tominaga

O BPAC11 formou o topo histórico em julho de 2021, a 32,73 (linha vertical azul). Deste topo até o fundo a 18,03 (linnha vertical laranja), o movimento foi de correção. A tendência principal do ativo é de alta no gráfico semanal (esq.). A estrutura de alta contida pelo retângulo laranja é a retomada da tendência de alta, e o movimento de baixa no canal azul também é uma correção, só que de escala de tempo menor do que a que descrevi anteriormente. O breakout deste canal de correção é o gatilho de entrada na compra. (Mais ideias sobre BTG Pactual)

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Kleber Shimabuku, YyanPC, Welthão e R Tominaga.

Deixe um comentário