Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com alta de 0,09% e todos os destaques de hoje (18/08/2022)

LinkedIn

O Ibovespa manteve sua sequência de altas e cravou o quinto dia consecutivo de ganhos, com ligeiro avanço de 0,09%, a 113.813 pontos. Em agosto, o índice de ações caiu em apenas duas sessões (dias 1 e 11) e acumula no mês 10% de valorização até ontem (17).

Nesta quinta, o Ibovespa oscilou entre perdas e ganhos ao longo do dia, sem direção definida. Em Wall Street, o cenário foi similar, com as bolsas de Nova York também operando entre altas e baixas após a divulgação de dados mistos da economia, um dia depois de a ata do Fomc (comitê de política monetária dos EUA) indicar que as próximas elevações nos juros dependem do cenário econômico do país.

Duas divulgações aumentaram as incertezas do mercado sobre a situação dos Estados Unidos. A primeira foi dos números de vendas de moradias existentes, que caíram 5,9% em julho – pelo sexto mês consecutivo e para uma nova mínima dos últimos dois anos.

As vendas chegaram a 4,81 milhões de unidades no mês passado, o nível mais baixo desde maio de 2020. A expectativa era de 4,89 milhões de unidades, de modo que o mercado entendeu o resultado como mais uma indicação do rápido declínio do mercado imobiliário nos EUA.

Na sequência foram divulgados os dados de pedidos de auxílio-desemprego semanais. Neste caso, os números também vieram menores do que o esperado, mas a expectativa é de um mercado de trabalho forte, com boa absorção de vagas.

Nos sete dias anteriores a 13 de agosto, os pedidos caíram a 250 mil, dos 265 mil previstos. Além disso, os dados da semana anterior foram revisados para baixo, saindo de 262 mil para 252 mil.

Chris Zaccarelli, chefe de investimentos da Independent Advisor Alliance, ponderou que “infelizmente, o que é bom para o trabalhador norte-americano é ruim para a tentativa do Federal Reserve [banco central dos EUA] de levar a inflação de volta a 2%”.

Com os dados dúbios, as apostas do mercado continuam oscilando entre um aumento de 0,50 ou 0,75 ponto porcentual nos juros em setembro. Nesta quinta, o jornal The Wall Street Journal publicou uma entrevista com James Bullard, presidente do Fed de St. Louis, na qual ele afirma ser favorável ao aumento de 0,75.

“Devemos continuar a avançar rapidamente para um nível da taxa básica de juros que colocará uma pressão significativa sobre a inflação”, disse Bullard ao jornal.

Em Wall Street, as bolsas fecharam mistas. O Dow Jones fechou em ligeira alta de 0,06%, a 34.000,95 pontos, o S&P 500 subiu 0,24%, a 4.284,15 pontos, e o Nasdaq teve alta de 0,21%, a 12.965,34 pontos.

Por aqui, Cristiane Quartaroli, economista do Banco Ourinvest, diz que a impressão é de que o “mercado está operando com o freio de mão puxado”, com bastante cautela na ausência de um noticiário mais forte.

Ainda assim, o Ibovespa registrou ganhos, impulsionado principalmente pelo setor de petróleo. Com a queda nos estoques da commodity nos EUA, a cotação subiu no mercado internacional e empresas brasileiras do setor de óleo e gás se viram favorecidas.

O barril Brent, referência para o petróleo brasileiro, fechou em alta de 3,14%, a US$ 96,59. Na esteira dos ganhos, as ações da 3R Petroleum foram destaque, com alta de 4,43%, a R$ 35,13. Petrobras vem em seguida, com os papéis PETR4 subindo 2,02%, a R$ 33,42.

As ações PETR3 tiveram 1,32% de ganhos, a R$ 36,81, e PetroRio (PRIO3) também registrou alta, de 1,23%, a R$ 24,64.

Na ponta de quedas do Ibovespa, as ações de consumo doméstico foram as mais prejudicadas, com investidores realizando lucros com a valorização dos últimos dias.

MRV (MRVE3), Petz (PETZ3) e Dexco (DXCO3) são exemplos, com recuos de 4,17%, 3,31% e 3,95% hoje, após valorizações de 15%, 11% e 10%, respectivamente, somente em agosto.

O dólar comercial se manteve em campo positivo frente ao real, fechando em leve alta de 0,08%, a R$ 5,1720.

➡️ Veja o fechamento desta quinta-feira:

🇧🇷 IBOV: +0,09% a 113.813 pts
🏢 IFIX: +0,14% a 2.921 pts
💵 Dólar: +0,08% a R$ 5,17
💶 Euro: –0,76% a R$ 5,22
💰 Bitcoin: +0,25% a R$ 120.894

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +0,06% a 34.001 pts
S&P 500: +0,24% a 4.284 pts
Nasdaq: +0,21%, a 12.965 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/08/2022  – 0,91%% 102.225,08 R$ 23,4 bilhões
 02/08/2022  1,11%  103.361,70  R$ 25,2 bilhões
03/08/2022 0,40% 103.774,68 R$ 22,2 bilhões
04/08/2022  2,04%  105.892,22 R$ 34,3 bilhões
05/08/2022 0,55%  106.471,92 R$ 26,1 bilhões
08/08/2022  1,81% 108.402,27 R$ 29,8 bilhões
09/08/2022 0,23%   108.651,05 R$ 26,9 bilhões
10/08/2022  1,46% 110.235,76  R$ 28,6 bilhões
11/08/2022 – 0,47%  109.717,94 R$ 34,8 bilhões
12/08/2022 2,78% 112.764,26  R$ 35,9 bilhões
15/08/2022  0,24% 113.031,98 R$ 33,1 bilhões
16/08/2022  0,43%   113.512,38 R$ 30 bilhões
17/08/2022  0,17% 113.707,76  R$ 59,8 bilhões
18/08/2022  0,09%  113.812,87  R$ 28,8 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

NTCO3: +5,31%, a R$ 15,07
RRRP3: +4,43%, a R$ 35,13
HAPV3: +4,34%, a R$ 7,94
TOTS3: +3,36%, a R$ 31,08
POSI3: +3,17%, a R$ 10,75

  • BAIXAS IBOVESPA

YDUQ3: -5,28%, a R$ 12,55
AMER3: -4,28%, a R$ 13,63
MRVE3: -4,17%, a R$ 10,57
DXCO3: -3,95%, a R$ 10,71
CVCB3: -3,84%, a R$ 7,51

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

Arezzo (ARZZ3)

Alexandre Birman, CEO da Arezzo, diz pensar muito bem antes de ir às compras no mercado. Já é sabido que a companhia busca oportunidades em marcas de vestuário femininas voltadas para o público de alta renda, mas, além disso, a companhia trabalha de forma intensa na busca de licenciamentos de marcas que sejam tão bem sucedidos como o acordo feito com a Vans no Brasil. Ele afirma ter quatro ou cinco negociações sigilosas do tipo, sendo que uma estaria mais avançada. Saiba mais…

B3 (B3SA3)

A operadora da bolsa brasileira B3 colocou em audiência pública um conjunto de regras sobre representatividade em empresas listadas, incluindo a previsão de que as companhias tenham que explicar ao mercado a falta de diversidade nos cargos mais altos. Saiba mais…

Banco de Brasília – BRB (BSLI3) 

O Banco de Brasília – BRB enviou ao Banco do Estado de Sergipe (BANESE) proposta não vinculante com as bases para a negociação de operação envolvendo aumento de capital do BANESE sem alteração de controle acionário. Saiba mais…

CSN (CSNA3) 

A CSN comunica que, sua controlada CSN Cimentos, aprovou, a realização da sua 2ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, com garantia fidejussória adicional, em série única, para distribuição pública, com esforços restritos de colocação. Saiba mais…

Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6) 

A Eletrobras assinou com a Chesf contrato referente à Adiantamento por Conta de Futuro Aumento de Capital (AFAC), no valor total de R$ 11.766.222.190,36.

Enauta (ENAT3)

A Enauta informou que foi retomada na última quarta a produção no Campo de Atlanta, que está em processo de normalização. Saiba mais…

GPA (PCAR3)

O Pão de Açúcar – GPA vai antecipar até R$ 2 bilhões em recebíveis da venda de lojas da bandeira Extra. Saiba mais…

Irani (RANI3)

O conselho de administração da Irani aprovou o cancelamento da totalidade de 10.360.916 ações ordinárias, sem valor nominal, de emissão própria, mantidas em tesouraria na data de realização da referida reunião, sem redução do valor de seu capital social; a extinção do programa de recompra de ações de emissão da Irani, aprovado pelo Conselho de Administração em 27 de setembro de 2021; e um novo programa de recompra de ações de emissão da companhia. Saiba mais…

Itaú Unibanco (ITUB3/ITUB4)

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, ato de concentração entre o Itaú Unibanco e a Avenue Holding Cayman, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 18. Saiba mais…

Lojas Renner (LREN3)

A Lojas Renner pagará, nesta quinta-feira (18), juros aos debenturistas da 12ª emissão de debêntures simples, emitida em 18 de fevereiro de 2021. Saiba mais…

Oncoclínicas (ONCO3)

A Oncoclínicas anunciou sua primeira emissão de debêntures simples, no valor de R$ 500 milhões.

Petrobras (PETR3/PETR4)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) adiou novamente a decisão sobre a venda da Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Amazonas, da Petrobras para a Ream Participações, do Grupo Atem, após pedido de vista do conselheiro Gustavo Augusto Freitas. Saiba mais…

Depois que a BP e a Total desistiram de explorar a Foz do Amazonas, a Petrobras decidiu buscar sozinha o que pode ser um das maiores descobertas no Brasil após o pré-sal. Rebatizada de Amapá Águas Profundas, a expectativa da estatal é perfurar o primeiro poço na região Norte do País ainda este ano, como informa o gerente executivo responsável pela área, Mario Carminatti. Saiba mais…

Totvs (TOTS3)

A Totvs informou que sua controlada, Dimensa, celebrou, na véspera, contrato para aquisição da totalidade das quotas da RBM Web Sistemas Inteligentes, pelo montante de R$ 30 milhões. Saiba mais…

Vale (VALE3)

A Vale deu início a testes com os primeiros caminhões 100% elétricos para transporte interno em minas do Brasil e da Indonésia, dando mais um passo na busca por redução de emissões de gás carbônico conforme suas metas. Saiba mais…

Zamp (BKBR3), dona do BK Brasil

O Conselho de Administração da operadora brasileira de rede de fast food Zamp, antiga BK Brasil, manifestou-se contrário à aceitação, pelos acionistas da companhia, da oferta pública voluntária para aquisição de ações ordinárias para aquisição do controle da empresa. Saiba mais…

(Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário