Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com alta de 0,07% e todos os destaques de hoje (28/09/2022)

LinkedIn

O Ibovespa conseguiu fechar com uma pequena alta, após dois dias de perdas que renderam 5% de desvalorização ao principal índice de ações da B3. Nesta quarta, o IBOV subiu 0,07%, a 108.451 pontos.

Assim como nos dias anteriores, a Bolsa brasileira acompanhou o humor de Wall Street. Os temores com o aperto monetário dos bancos centrais e a possível recessão econômica deram uma trégua nesta quarta para que as ações buscassem alguma recuperação.

Não que algo tenha mudado no panorama geral. O Fed, banco central norte-americano, segue dando sinais de apertos mais agressivos nos juros e determinação em trazer a inflação de 8,3% de volta para a meta de 2%.

Hoje, Raphael Bostic, do Fed de Atlanta, defendeu um quarto aumento de 0,75 ponto percentual nos juros em novembro, seguido por uma alta de 0,50% em dezembro. “A inflação ainda está alta, alta demais… e não está se movendo com velocidade suficiente de volta à nossa meta de 2%”, disse Bostic.

Para ele, as taxas no país devem atingir um nível entre 4,25% e 4,5% até o final do ano.

Na Europa, o Banco de Inglaterra (BoE) anunciou que vai intervir para tentar acalmar os mercados por meio da compra de dívida pública com prazos mais longos. Segundo o comunicado, a compra será feita “na escala que for necessária” para “restaurar a ordem”.

O movimento é contrário ao visto durante a pandemia, quando o BoE anunciou vendas de títulos em grande escala com o objetivo de “reduzir o balanço”. Porém, com a inflação elevada, a subida dos juros e a desvalorização da libra esterlina, as coisas saíram do controle.

“Quando as taxas de juros sobem muito, o mercado começa a ficar apavorado porque os títulos perdem muito valor. As taxas dos prefixados sobem e o valor dos títulos cai”, explica Marília Fontes, sócia-fundadora da Nord Research, em nota aos clientes.

Em meio às notícias da Inglaterra, autoridades do banco central da zona do euro anunciaram nesta quarta-feira que uma alta de 0,75 ponto percentual dos juros do bloco econômico em outubro é uma possibilidade.

Atualmente, a taxa de refinanciamento e de empréstimo da zona do euro valem, respectivamente, 1,25% e 1,50%. Já a taxa de depósito, que é o juro mais importante do bloco, está em 0,75%.

Com todos esses aspectos de lado por um dia, os índices de Wall Street registraram forte recuperação. O Dow Jones subiu 1,88%, a 29.681,76 pontos, o S&P 500 avançou 1,96%, a 3.718,67 pontos, e o Nasdaq ganhou 2,05%, a 11.051,64 pontos.

Por aqui, o Ibovespa teve uma recuperação mais tímida.

A queda de 1,35% nas ações preferenciais (PETR4) da Petrobras seguraram uma alta maior do índice de ações, isso porque a petroleira tem um peso de 6,63% na carteira. As ações ordinárias (PETR3) também recuaram, 0,70%, mas têm uma participação menor no Ibovespa, de 4,32%.

Os destaques do dia foram as ações de construtoras e de educação. No caso das construtoras, Cyrela (CYRE3) puxou as altas com um avanço de 8,15%, depois que os analistas do Itaú BBA elevaram a recomendação do papel a “outperform”, ou seja, “compra”.

O relatório do banco indicou fatores macroeconômicos positivos para o setor que valem para outras ações do segmento. Com isso, MRV (MRVE3) e Eztec (EZTC3) pegaram carona nos ganhos, alta de 7,52% e 2,79%, respectivamente.

As ações de educação tiveram um caminho similar, apoiadas nas projeções de crescimento de alunos no segmento presencial e margens melhores num possível retorno forte do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

Na liderança do setor e do Ibovespa despontou a Yduqs (YDUQ3), que valorizou 11,38%, seguida por Cogna (COGN3), com alta de 3,90%.

No câmbio, o dólar comercial acompanhou o recuo observado lá fora, com o índice DXY caindo 1,21%, a 112,72. A moeda norte-americana perdeu 0,50% frente ao real, a R$ 5,3497.

➡️ Veja o fechamento desta quarta-feira:

🇧🇷 IBOV: +0,07% a 108.451 pts
🏢 IFIX: –0,13% a 2.975 pts
💵 Dólar: –0,50% a R$ 5,35
💶 Euro: +0,95% a R$ 5,20
💰Bitcoin: +1,80% a R$ 104.499

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +1,88%, a 29.681 pontos
S&P 500: +1,96%, a 3.718 pontos
Nasdaq: +2,05%, a 11.051 pontos

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/09/2022  0,81% 110.405,30 R$ 28,4 bilhões
02/09/2022   0,42%  110.864,24  R$ 37,6 bilhões
05/09/2022 1,21%  112.203,35  R$ 19,3 bilhões
06/09/2022 -2,17% 109.763,77 R$ 31,1 bilhões
08/09/2022   0,14%  109.915,64  R$ 24,7 bilhões
09/09/2022 2,17% 112.300,41 R$ 28,5 bilhões
12/09/2022   0,98%   113.406,55  R$ 26,3 bilhões
13/09/2022 -2,30% 110.793,96 R$ 25,2 bilhões
14/09/2022 -0,22% 110.646,67 R$ 39,8 bilhões
15/09/2022  0,54% 109.953,65  R$ 22,3 bilhões
16/06/2022 -0,61%  109.280,37 R$ 39,3 bilhões
19/09/2022  2,33% 111.823,89 R$ 28,7 bilhões
20/09/2022  0,62%  112.516,91 R$ 26,7 bilhões
21/09/2022 -0,52%  111.935,86 R$ 31,9 bilhões
22/09/2022 1,91%  114.070,48 R$ 33,5 bilhões
23/09/2022 – 2,06% 111.716,00 R$ 35,1 bilhões
26/09/2022 -2,33%  109.114,16 R$ 31 bilhões
27/09/2022 – 0,68% 108.376,35  R$ 27 bilhões
28/09/2022  0,07%  108.451,20 R$ 26,2 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

YDUQ3: +11,38%, a R$ 14,19
CYRE3: +8,15%, a R$ 17,38
MRVE3: +7,52%, a R$ 12,44
POSI3: +6,89%, a R$ 12,88
SBSP3: +5,47%, a R$ 46,09

  • BAIXAS IBOVESPA

BBSE3: -4,30%, a R$ 27,39
BEEF3: -3,63%, a R$ 12,75
MRFG3: -3,03%, a R$ 10,25
ENBR3: -2,99%, a R$ 22,04
ENGI11: -2,97%, a R$ 41,78

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

BTG Pactual (BPAC11)

O BTG Pactual vai incorporar parte do patrimônio do Banco Sistema (antigo Bamerindus), que já é uma subsidiária integral do grupo, após a aprovação em assembleia geral de acionistas. Saiba mais…

GPA (PCAR3) 

O GPA pretende resgatar os supermercados Pão de Açúcar e voltar a ser referência no segmento premium, voltado para a população A e B. Saiba mais…

Embraer (EMBR3)

A Embraer entregou ao Exército Brasileiro as duas primeiras unidades dos radares Saber M60, em sua versão 2.0, que serão utilizados nas Unidades de Artilharia Antiaérea. Além desses dois radares, a Embraer anunciou em abril deste ano um novo contrato que contempla quatro radares adicionais do mesmo modelo. Saiba mais…

Engie (EGIE3)

A Engie levou a PPP da iluminação pública de Curitiba (PR). Saiba mais…

Inepar (INEP4) 

A Inepar informou a conversão de debêntures em ações. Saiba mais…

Mater Dei (MATD3)

O Mater Dei comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que a agência de classificação de risco de crédito Fitch Ratings, afirmou à Companhia, no dia 26 de setembro de 2022, o rating corporativo Rating Nacional de Longo Prazo “AA(bra)”, revisando sua perspectiva de “Estável” para “Positiva”. Saiba mais…

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras assinou contrato com a empresa Keppel Shipyard Limited para a construção da plataforma P-83, como resultado do avanço do projeto de desenvolvimento do campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos. Saiba mais…

As decisões sobre o plano estratégico da Petrobras de 2023 a 2027, atualmente em elaboração, não serão afetadas pelas eleições de domingo, disse o diretor de governança e conformidade da estatal, Salvador Dahan. Saiba mais…

A Petrobras pretende investir US$ 600 milhões até 2027 na construção de uma planta dedicada à produção de diesel verde (HVO) e de combustível sustentável de aviação (SAF) dentro de alguma refinaria da empresa, ainda não divulgada, afirmou o gerente de Integração de Negócios e participação da estatal, Daniel Pedroso, durante participação em painel da Rio, Oil & Gas 2022.  Saiba mais…

Suzano (SUZB3)

A Suzano concluiu o programa de recompra de ações da companhia iniciado em 3 de agosto de 2022, aprovado em reunião do Conselho de Administração (Programa Julho/2022). Saiba mais…

TIM (TIMS3)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou a nova oferta da TIM para roaming no atacado, destinado a operadoras virtuais (mobile virtual network operator, ou MVNOs). Essas empresas alugam redes das grandes teles para atender o consumidor final, ampliando a oferta dos serviços de voz e internet. Saiba mais…

Viver Incorporadora (VIVR3) 

A Viver Incorporadora anunciou a emissão de debêntures. Saiba mais…

(Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário