S&P 500 fecha em nova baixa de 2022 na quinta-feira, com a Apple liderando a ampla liquidação do mercado

LinkedIn

As ações dos Estados Unidos retomaram sua liquidação de 2022 na quinta-feira (29), levando o S&P 500 a uma nova baixa do ano e seu nível intradiário mais baixo desde 2020, com os temores de que uma recessão não impedirá o Federal Reserve de aumentar as taxas de juros.

A liquidação foi ampla e foi liderada pela Apple, que caiu quando um grande banco de investimento rebaixou a classificação das ações. A ação AAPL fechou em queda de 4,9%. Na B3, as ações AAPL34 fecharam em baixa de quase 4%.

O S&P 500 caiu 2,1%, para 3.640,47 pontos, em nova baixa de fechamento do ano. Também caiu para uma nova baixa intradiária de 2022 de 3.610,40 durante a sessão.

Enquanto isso, o Dow Jones caiu 458,13 pontos, ou 1,54%, para 29.225,61. O Nasdaq Composite caiu 2,84%, para 10.737,51 pontos.

Os movimentos seguiram um amplo rali para as ações na quarta-feira, quando o Banco da Inglaterra disse que compraria títulos em um esforço para ajudar a estabilizar seus mercados financeiros e a libra esterlina. A libra esterlina caiu para recordes de baixa em relação ao dólar americano nos últimos dias.

O Dow Jones na quarta-feira ganhou mais de 500 pontos, ou 1,9%, enquanto o S&P 500 subiu quase 2%, ambos quebrando séries de seis dias de perdas.

″[Nós] continuamos céticos de que o clima mais calmo nos mercados na quarta-feira marque o fim do período recente de volatilidade elevada ou sentimento de risco”, escreveu Mark Haefele, do UBS, em nota de quinta-feira. “Para um rali mais sustentado, os investidores precisarão ver evidências convincentes de que a inflação está sob controle, permitindo que os bancos centrais se tornem menos agressivos”.

O rendimento do Tesouro dos EUA de 10 anos se recuperou para negociar em cerca de 3,749%. Um dia antes, registrou sua maior queda em um dia desde 2020, depois de atingir brevemente 4%.

Um relatório de pedidos de seguro-desemprego mais forte do que o esperado não ajudou o sentimento. Isso se baseou na noção de que o Fed continuará aumentando as taxas para combater a inflação sem preocupação de que isso possa prejudicar o mercado de trabalho.

A presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester, disse na quinta-feira que as taxas de juros ainda não são restritivas, dizendo que há mais a ser feito para reduzir a inflação.

O rali de quarta-feira colocou os principais índices no ritmo de uma semana perdedora e seu pior mês desde junho. O Nasdaq Composite lidera as perdas mensais, com queda de cerca de 9%, enquanto o Dow Jones e o S&P estão a caminho de fechar em baixa de 7% e 7,7%, respectivamente.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário