Gafisa: Itaú pede prazo adicional sobre direito de preferência no aumento de capital

LinkedIn

A Gafisa (BOV:GFSA3) informou que o Itaú (BOV:ITUB4), escriturador de ações da companhia, pediu prazo adicional para envio à companhia das informações referentes ao exercício do direito de preferência no âmbito do aumento de capital, por conta da redução de expediente da B3 na virada do ano, e pelo volume de subscrição escritural.

Houve, no ambiente de bolsa, 1.479 subscritores entre acionistas e adquirentes de direitos de subscrição, além dos subscritores em ambiente escritural, impactando o prazo de operacionalização do aumento de capital.

Dessa forma, a reunião do Conselho de Administração que se realizaria no dia 30 de dezembro para apreciar as providências relacionadas ao aumento de capital foi adiada, tendo como data prevista o dia 3 de janeiro de 2023.

A construtora comunicou também que o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) indeferiu tutela de urgência para a suspensão do aumento de capital pleiteado por acionista da companhia em sede de Agravo de Instrumento, mantendo a decisão proferida pelo Juízo de Primeira Instância do Plantão Judiciário do TJSP, o qual havia indeferido o pleito em 29 de dezembro de 2022.

Informações EQI

Deixe um comentário