ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for alerts Cadastre-se para alertas em tempo real, use o simulador personalizado e observe os movimentos do mercado.

Even (EVEN3): lucro líquido de R$ 54,7 milhões no 1T23, avanço de 263,4%

LinkedIn

A incorporadora Even registrou um lucro líquido de R$ 54,7 milhões no primeiro trimestre de 2023, avanço de 263,4% frente igual período do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 82,56 milhões, avanço de 88,8% na mesma base de comparação.

A receita líquida teve avanço de 35,7%, indo para R$ 624,6 milhões, o que levou a margem Ebitda a 13,2%, um aumento de 3,7 pontos percentuais no 1T23.

A Even teve R$ 196,3 milhões em lançamentos, contabilizando apenas a sua participação nos projetos, queda de 51,5% ante o início de 2022. Os três lançamentos do período foram feitos no Rio Grande do Sul. As vendas líquidas, por sua vez, subiram 21,3% na mesma base, para R$ 306 milhões.

A companhia destaca ter encerrado o trimestre com uma posição de caixa de R$ 922 milhões e um caixa líquido sobre o patrimônio de 4%. Houve consumo de R$ 57 milhões de caixa operacional3 e distribuição de R$ 31 milhões de dividendos em janeiro de 2023, referentes ao lucro de 2022.

A Even divulgou margem bruta ajustada de 24,2%, o que significa baixa de 3,4 pontos porcentuais na mesma base de comparação anual.

O resultado financeiro (saldo entre receitas e despesas financeiras) ficou positivo em R$ 23,8 milhões, o que representou um ganho 10,8% menor.

As despesas comerciais, gerais e administrativas totalizaram R$ 71,6 milhões, recuo de 15%. Em termos de porcentual da receita líquida, as despesas representaram 11,5% neste trimestre ante 18,3% um ano antes. A companhia mostrou diminuição de despesas administrativas e nos gastos com acordos judiciais.

A incorporadora chegou ao fim do primeiro trimestre de 2023 com um caixa líquido de R$ 109,1 milhões – resultado de uma dívida bruta de R$ 813 milhões e uma caixa de R$ 922 milhões.

Em sua apresentação de resultados, a direção da Even afirmou que continua entusiasmada com a qualidade do banco de terrenos. As áreas serão usadas em projetos de alto padrão nos bairros considerados os melhores das cidades, e estão em estágios adiantados de aprovação.

“Para 2023, seguimos com uma posição financeira sólida, estoque de alta qualidade e excelentes produtos para lançar”, descreveu a direção. “Continuaremos focados nas vendas, acompanhando o mercado e avançando a cada lançamento, com confiança em nossa capacidade operacional e de gerar negócios imobiliários de alto valor agregado”, emendou.

A empresa encerrou o trimestre com R$ 1,8 bilhão de Valor Geral de Vendas (VGV) em estoque (% Even) em São Paulo, o que representa uma média de 22 meses de vendas líquidas. O volume de estoque concluído compõe apenas 13% do total. Das unidades previstas para serem entregues em 2023, 64% já estão vendidas, aponta a Even.

No 1º trimestre de 2023, os distratos totalizaram R$ 91 milhões, sendo R$ 64 milhões % Even.

Os resultados da Even (BOV:EVEN3) referentes suas operações do primeiro trimestre de 2023 foram divulgados no dia 15/05/2023.
* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters e TC

Deixe um comentário