ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for alerts Cadastre-se para alertas em tempo real, use o simulador personalizado e observe os movimentos do mercado.

EUA registra 187 mil novas vagas de emprego em julho, taxa de desemprego fica 3,5% no mês

LinkedIn

Os Estados Unidos criaram 187 mil vagas de emprego em julho, segundo informou o relatório de empregos (payroll) nesta sexta-feira (4), divulgado pelo departamento de estatísticas dos EUA. A taxa de desemprego, por sua vez, ficou em 3,5% no último mês, ante 3,6% em junho.

O número veio abaixo das expectativas de economistas, que previam a criação de 200 mil vagas de emprego no período.

Os salários, contudo, seguiram em alta, com avanço de 0,4% em julho, ante alta esperada de 0,3%.

O payroll faz pouco pelo Fed. O número veio mais fraco que o previsto (187 mil, de 200 mil esperados), mas as revisões tiraram 49 mil empregos de junho e de maio. O ganho de 4,4% no salário médio por hora (base anual), mais quente do que o esperado, também está longe do que deseja o Fed e continua bem acima do que seria consistente com a meta de inflação de 2%.

O desemprego está de volta aos 3,5%. O Fed dependente de dados ainda terá o relatório de empregos de agosto antes da decisão de setembro, mas há pouco o CME apontava alta marginal nas apostas de manutenção de juros (82,5%, de 82% ontem).

Os futuros de NY oscilaram, mas já apontam alta enquanto o dólar cai de forma generalizada em linha com os retornos mais longos dos Treasuries. Com a poeira mais baixa, o da Note de 2 anos já está praticamente estável, em 4,88%.

Deixe um comentário