ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Diageo planeja vender marcas de cerveja, mantendo a Guinness para melhorar margens

LinkedIn

De acordo com informações da Axios, a Diageo (NYSE:DEO), o maior fabricante de destilados do mundo, está considerando a venda de várias marcas de cerveja de seu portfólio, com exceção da marca principal, Guinness. A decisão tem como objetivo melhorar as margens de lucro da empresa.

A Diageo também é negociada na B3 através do ticker (BOV:DEOP34).

A Diageo está buscando vender marcas de cerveja como Smithwick’s, Kilkenny, Harp Lager (todas sediadas na Irlanda) e Tusker (no Quênia), entre outras. Segundo a Axios, as marcas de cerveja representam um desafio para a margem de lucro da empresa como um todo.

No ano encerrado em 30 de junho, as vendas de cerveja totalizaram 3,36 bilhões de libras (cerca de US$ 4,23 bilhões), o que correspondeu a pouco mais de 14% das vendas totais da Diageo. Enquanto isso, as vendas de bebidas espirituosas contribuíram com uma parcela significativa, representando 81% das vendas.

Em novembro, a fabricante de uísque Johnnie Walker já havia alertado para uma desaceleração no crescimento do lucro operacional no primeiro semestre, devido à fraqueza em algumas regiões.

A Diageo está tomando medidas para otimizar seu portfólio e direcionar seu foco para o segmento de bebidas espirituosas, enquanto mantém a icônica marca Guinness como parte de sua estratégia para impulsionar suas margens de lucro.

Deixe um comentário