ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

Ibovespa sobe 0,16%, encontrando suporte nas ações da Vale e seguindo índices de Wall Street

LinkedIn

O Ibovespa subiu no pregão desta quinta-feira (22), seguindo o bom humor de Wall Street com o resultado corporativo da Nvidia. A fabricante de chips de inteligência artificial divulgou um aumento de mais de três vezes na receita do quarto trimestre em relação ao ano anterior, atingindo US$ 22 bilhões.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O índice subiu 0,16%, a 130.240,55 pontos. Na máxima do dia, chegou a 130.829,45 pontos. Na mínima, a 129.970,8 pontos.

No Brasil, as ações da Vale (VALE3) subiram com a expectativa dos investidores para a divulgação do balanço do quarto trimestre, prevista para esta quinta-feira após o fechamento do mercado. Por sua vez, a Petrobras (PETR4) caiu mesmo com a alta do petróleo, devido à decisão do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) de manter a cobrança de R$ 9,18 bilhões.

O dólar à vista subiu 0,30%, a R$ 4,95, em sintonia com o avanço da moeda norte-americana ante outras divisas de exportadores de commodities e emergentes, em um dia marcado por dados que reforçaram a avaliação de que o corte de juros nos EUA pode ficar para junho ou até mais tarde.

O Departamento do Trabalho informou que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 12 mil na semana encerrada em 17 de fevereiro, para 201 mil, em dado com ajuste sazonal. Economistas consultados pela Reuters previam 218 mil pedidos para a última semana.

Já a Associação Nacional de Corretores de Imóveis anunciou que as vendas de moradias usadas subiram 3,1% no mês passado, atingindo uma taxa anual ajustada sazonalmente de 4,00 milhões de unidades, o nível mais alto desde agosto passado. Economistas previam que as revendas aumentariam para uma taxa de 3,97 milhões de unidades.

Esses dados reforçaram a avaliação de que a economia norte-americana segue aquecida, o que deixaria pouco espaço para o Federal Reserve cortar juros antes de junho.

Em Wall Street, os principais índices acionários encerraram em alta expressiva, impulsionados pelas ações da Nvidia, que saltaram após a divulgação de seus resultados. Investidores ainda reagiram a novos dados econômicos que levantaram mais dúvidas sobre o início do ciclo de corte de juros nos Estados Unidos e pressionaram a curva de juros americana.

O Dow Jones, o S&P500 e o Nasdaq 100 subiram 1,18%, 2,11% e 3,01% respectivamente. Os índices encerraram em níveis recordes.

O salto das ações da Nvidia impulsionou o mercado como um todo, após o sólido balanço divulgado pela companhia na noite de ontem, além das crescentes projeções para a evolução da receita da companhia no primeiro trimestre de 2024. A companhia avançou 16,40%, a US$785,38, adicionando um montante recorde de US$277 bilhões à sua capitalização de mercado, atualmente em US$1,94 trilhão.

Mesmo com o forte apetite ao risco no mercado acionário ao fim da tarde, os rendimentos das Treasuries de dois anos operavam em alta de 5,9 pontos-base, a 4,712%, e os de dez anos, 0,4 pb, a 4,323%. Os rendimentos das Treasuries, quando em alta, tendem a pressionar os mercados acionários para baixo.

No dia, os yields dos Treasuries estenderam os ganhos da sessão anterior, após a ata da última reunião do Federal Reserve e novos indicadores econômicos reforçarem a avaliação de que o início do ciclo de corte de juros nos EUA pode ficar apenas para junho ou adiante.

O Departamento do Trabalho informou, pela manhã, que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego para a semana encerrada em 17 de fevereiro atingiram 201 mil, ante as expectativas de 218 mil pedidos. Os dados de pedidos de auxílio-desemprego reforçaram a avaliação de que o mercado de trabalho, e consequentemente a economia norte-americana, seguem aquecidos, o que deixaria pouco espaço para o Fed cortar juros rapidamente.

Por outro lado, a S&P Global informou que o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar de fevereiro, composto, industrial e de serviços, mostraram uma leve desaceleração referente ao mês anterior, porém permanecem acima de 50, o que indica expansão.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/02/2024 -1,01%  127.182,25  R$ 23,7 bilhões
05/02/2024 0,32%  127.593,49 R$ 19,5 bilhões
06/02/2024 2,21% 130.416,31 R$ 27,2 bilhões
07/02/2024 -0,35% 129.949,90  R$ 27,9 bilhões
08/02/2024 – 1,33% 128.216,92 R$ 26,3 bilhões
09/02/2024 – 0,15% 128.025,70 R$ 23,6 bilhões
14/02/2024 -0,79%  127.018,29 R$ 40,8 bilhões
15/02/2024 0,62% 127.804,13 R$ 22,9 bilhões
16/02/2024 0,72% 128.725,88 R$ 23,3 bilhões
19/02/2024 0,24%  129.035,74  R$ 13,3 bilhões
20/02/2024 0,68%  129.916,11 R$ 28,2 bilhões
21/2/2024  0,09% 130.031,58  R$ 23,4 bilhões
22/2/2024   0,16%  130.240,55 R$ 22,4 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

MGLU3: +7,65% a R$ 2,11
BRKM5: +6,35% a R$ 20,60
HAPV3: +5,60% a R$ 3,58
VIVT3: +4,77% a R$ 4,77
DXCO3: +4,35% a R$ 8,16

  • BAIXAS IBOVESPA

PCAR3: -6,79% a R$ 3,98
WEGE3: −3,17% a R$ 35,47
JBSS3: −2,57% a R$ 21,61
COGN3: −2,40% a R$ 2,44
CSAN3: −2,16% a R$ 18,15

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Aeris (AERI3)

    A Aeris registrou prejuízo de R$ 63,8 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), 4,3% menor que o prejuízo de R$ 66,7 milhões no 4T22.

    Assaí (ASAI3)

    O Assaí apresentou lucro líquido de R$ 297 milhões no quarto trimestre de 2023. O resultado foi 26,8% menor na comparação com o mesmo período de 2022. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, porém, houve alta de 60%. Saiba mais…

    B3 (B3SA3)

    O número de pessoas físicas que investem em renda variável na B3 aumentou 150% na região Norte do país entre 2020 e 2023. O Nordeste ocupa a segunda posição em crescimento percentual, com alta de 112% durante o mesmo período. As informações fazem parte de uma análise da B3 divulgada ontem (21) sobre a evolução dos investidores na bolsa do Brasil, referente ao fechamento do quarto trimestre do ano passado. Saiba mais…

    Cielo (CIEL3)

    A Cielo recebeu pedidos formulados por acionistas titulares, em conjunto, de mais de 10% das ações em circulação, para convocação de assembleia especial. Saiba mais…

    O megainvestidor Luiz Barsi aderiu ao grupo de seis gestoras que resolveram questionar o preço oferecido por Bradesco e Banco do Brasil na oferta pública de aquisição de ações (OPA) para tirar a Cielo da bolsa. Saiba mais…

    CSN (CSNA3)

    A CSN e um consórcio liderado pela Votorantim Cimentos fizeram propostas vinculantes para a compra dos ativos no Brasil da InterCement Participações (ICP), informa o Valor. Saiba mais…

    Dasa (DASA3)

    A Dasa informou que a B3 concedeu prazo até fevereiro do próximo ano para que a empresa de diagnósticos médicos recomponha o free float de suas ações. Saiba mais…

    EDP (ENBR3)

    A EDP anunciou cerca de R$ 910 milhões em investimentos para o Espírito Santo em 2024, dos quais R$ 810 milhões serão direcionados para projetos de infraestrutura de distribuição de energia e R$ 100 milhões para quatro usinas solares de geração distribuída (GD), inauguradas durante evento realizado nesta quarta-feira, 21 de fevereiro. Saiba mais…

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    O Ministério de Minas e Energia, Alexandre Silveira, anunciou na última quarta-feira (21) que o governo federal planeja publicar três medidas provisórias (MPs) até o final da próxima semana para abordar questões-chave no setor de serviços públicos de eletricidade. Em uma das MPs, o governo quer criar o ambiente legal para fazer a securitização dos recebíveis da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) relacionados a privatização da Eletrobras, caso não chegue em um acordo com companhia para antecipar esse fluxo de 25 anos. A ideia é utilizar esses recursos para reduzir as tarifas. Saiba mais…

    GPA (PCAR3)

    O GPA registrou prejuízo líquido consolidado atribuído aos controladores de R$ 303 milhões no quarto trimestre de 2023, em queda de 72,5% em relação ao prejuízo líquido de R$ 1,10 bilhão do quarto trimestre de 2022. Saiba mais…

    JBS (JBSS3)

    A JBS está aproveitando a conferência anual da Cagny, um dos principais eventos dos setores de alimentos, bebidas e beleza dos Estados Unidos, que acontece nesta semana em Boca Raton, na Flórida, para fazer apresentações a investidores sobre a empresa e seu plano de listagem de ações no país. Saiba mais…

    Light (LIGT3)

    A Light informou que, ao longo das últimas semanas, a Companhia esteve engajada em extensas interações e negociações mantidas com alguns de seus principais credores financeiros e outros stakeholders, com vistas ao atingimento de um acordo quanto a termos e condições de uma nova proposta para reestruturação de seu endividamento financeiro, a ser apresentada pela Companhia, na forma de uma versão atualizada do seu plano de recuperação, no âmbito do seu processo de recuperação judicial. Saiba mais…

    Oi (OIBR3/OIBR4)

    As ações da Oi fecharam em alta de 11,8% a R$ 1,42 nesta quarta-feira. A B3 questionou a companhia se houve algum fato que motivasse a forte oscilação. Saiba mais…

    Serena Energia (SRNA3)

    A Serena Energia registrou lucro líquido de R$ 145 milhões no quarto trimestre de 2023, em alta de 6% em relação ao lucro líquido de R$ 137 milhões do quarto trimestre de 2022. Saiba mais…

    SLC Agrícola (SLCE3)

    A SLC Agrícola informou que é a empresa da América Latina com a maior área certificada no plantio de soja e algodão pelo programa Regenagri de agricultura regenerativa. Duas fazendas da companhia – Planalto (MS) e Pamplona (GO) – receberam a certificação, totalizando uma área de 35.943 hectares. A SLC Agrícola é a terceira empresa do segmento no país a conquistar esse reconhecimento, com relação às culturas de soja, algodão e milho. Saiba mais…

    Tenda (TEND3)

    A Tenda informou que foi liquidada a operação referente à venda de carteira pró-soluto (cessão), realizada no âmbito de operação de securitização de certificados de recebíveis imobiliários (CRI), emitidos pela True Securitizadora, por meio da 265ª emissão. Saiba mais…

    Unipar (UNIP6)

    O Conselho de Administração elegeu Alexandre de Castro para o cargo de Diretor sem designação específica, desempenhando função de Diretor Comercial da Companhia.

    Vale (VALE3)

    A Vale informou que a Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Pará (SEMAS) suspendeu a Licença de Operação da mina de Sossego, da Vale Metais Básicos. Saiba mais…

    A Vale assinou um acordo com Anglo American para adquirir 15% de participação acionária e estabelecer uma parceria abrangendo a Anglo American Minério de Ferro Brasil, empresa que atualmente detêm o complexo Minas-Rio, e os recursos da Vale da Serra da Serpentina, no Brasil. A Anglo American continuará a controlar, gerenciar e operar Minas-Rio, incluindo qualquer futura expansão. Saiba mais…

    A Vale informou que a Secretaria do Meio Ambiente do Pará suspendeu a licença de operação da mina Onça Puma, da sua unidade Vale Metais Básicos. Saiba mais…

    Em um jogo de alternância de expectativas, o atual CEO da Vale, Eduardo Bartolomeo, voltou a ser cotado para ser reconduzido ao cargo, o que daria fim a um turbulento processo de sucessão no comando da empresa. Saiba mais…

    O quarto trimestre de 2024 deve ser um período positivo para a Vale em termos de desempenho operacional. Volumes positivos e o preço do minério em patamares elevados devem impulsionar o resultado da mineradora no período. Com isso em vista, investidores, no balanço divulgado nesta quinta-feira (21), estarão de sinalizações sobre provisões, dividendos, sucessão do cargo de diretor executivo (CEO) e noticiário sobre licenças de operações. Saiba mais…

    (Com informações da Forbes Money, TC Mover e Momento B3)

Deixe um comentário