ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

Momento Cripto: Bitcoin ultrapassa $47K, COTI dispara com protocolo MPC, e últimas notícias

LinkedIn

Bitcoin alcança novos patamares com entrada maciça em ETFs

O Bitcoin (COIN:BTCUSD) experimentou um forte impulso ao ultrapassar os US$ 47.000, impulsionado por uma das maiores entradas líquidas em ETFs à vista nos EUA desde seu início. Após atingir um pico de US$ 47.699, houve uma breve liquidação, mas os preços se estabilizaram novamente acima de US$ 47.200, com um aumento de 4,4% em 24 horas. Os ETFs de Bitcoin à vista adicionaram mais de 9.260 BTC, o que se traduziu em mais de US$ 400 milhões em entradas, indicando um forte potencial de alta contínua. Os ‘Nove Recém-nascidos’, uma série de ETFs de Bitcoin lançados recentemente, estão redefinindo a posse de Bitcoin ao superarem a MicroStrategy (NASDAQ:MSTR) com a aquisição de 192.000 Bitcoins em apenas um mês. Este marco coloca os ETFs como players dominantes no espaço do Bitcoin, indicando uma tendência de migração da propriedade individual para fundos negociados em bolsa, com o GBTC (AMEX:GBTC) ainda liderando o caminho com 469.000 Bitcoins. Além das entradas massivas em ETFs, Fernando Pereira, analista do mercado, destaca uma fase crucial: a “fase de crença” do mercado, evidenciada pelo lucro não realizado dos investidores de longo prazo. “O lucro não realizado pelos investidores de longo prazo de BTC mostra que acabamos de entrar em uma fase de crença do mercado. Essa fase antecede a bull run, fase de euforia, onde o preço dispara. As bull runs historicamente acontecem alguns meses depois do halving, e dessa vez não deve ser diferente“, disse Pereira.

Impacto da expiração de opções de Bitcoin

Nesta sexta-feira, cerca de 15.100 contratos de opções de Bitcoin (COIN:BTCUSD), avaliados em US$ 700 milhões, foram definidos para expirar, segundo a Deribit. Com uma relação put/call de 0,82, o mercado mostrou um leve predomínio de posições otimistas. Apesar de ser um evento menor comparado à semana anterior, essa expiração influencia a dinâmica do mercado. Traders demonstram otimismo, especialmente com contratos a US$ 60.000, sinalizando expectativas de alta no mercado de Bitcoin.

Foco em opções de Ether a US$ 4.000 para junho

A Deribit aponta uma concentração notável de opções de compra de Ether (COIN:ETHUSD) a US$ 4.000 para junho, refletindo expectativas de mercado antes da potencial aprovação de um ETF de Ethereum. Luuk Strijers, da Deribit, observa uma maior demanda por essas opções, sugerindo especulações dos traders sobre movimentos futuros do preço do Ether, em meio a desenvolvimentos regulatórios e eventos do mercado de criptomoedas.

Atualização Duncan promete revolução no Ethereum

A atualização Duncan, esperada para março no Ethereum, introduzirá o “proto-danksharding” ou EIP-4844, prometendo aprimorar soluções de Camada 2 e reduzir significativamente as taxas de transação. Esta atualização permitirá incorporar “blobs de dados” externos, aumentando a capacidade de dados nas transações sem impactar o tempo de processamento. A expectativa é que as taxas de transação em redes como zkSync caiam para menos de US$ 0,10, otimizando a eficiência e acessibilidade da rede Ethereum.

COTI impulsiona privacidade em Ethereum L2 com Protocolo MPC

A COTI (COIN:COTIUSD), focada na privacidade do Ethereum L2, viu seu token valorizar 32% nas últimas 24 horas após integrar com sucesso o protocolo Multi-Party Computation (MPC), um passo crucial para o desenvolvimento do COTI V2. Este avanço permite cálculos colaborativos sem comprometer dados privados, prometendo maior segurança e adoção de tecnologia blockchain. A COTI registra ganho semanal de 74%.

Optimism pausa retiradas de ETH para teste de segurança

Em 15 de fevereiro, a rede Optimism, uma solução de camada 2 para Ethereum, realizará uma pausa programada de uma hora nas retiradas de Ether (COIN:ETHUSD) para testar seu novo sistema de resposta a incidentes, buscando aprimorar a segurança em todo o ecossistema. A atualização visa coordenar ações de segurança entre as cadeias conectadas, sem impactar depósitos ou transações normais na rede. Este teste enfatiza o compromisso do Optimism (COIN:OPUSD) com a segurança e a estabilidade operacional.

Bernstein recomenda ações de mineração de Bitcoin antes do halving

Bernstein sugeriu investir em ações de mineração de Bitcoin, como Riot Platforms (NASDAQ:RIOT) e CleanSpark (NASDAQ:CLSK), para uma exposição indireta à criptomoeda antes do próximo halving do BTC. O relatório destacou a boa posição das mineradoras nos EUA diante do atual preço do Bitcoin (COIN:BTCUSD), mesmo considerando um possível aumento de custos após o halving. O próximo evento, que reduzirá as recompensas por bloco, é visto como um catalisador para o aumento dos preços e do interesse institucional. No momento da escrita, a CleanSpark estava em alta de 25%, em reação à divulgação de resultados trimestrais superiores aos previstos. Os lucros relatados foram de 14 centavos por ação, surpreendendo os analistas que esperavam uma perda de 26 centavos por ação, conforme indicado pela FactSet. A receita para o trimestre atingiu US$ 73,8 milhões, superando as expectativas de US$ 71 milhões.

Kraken reforça presença na Europa com registro holandês

Kraken conquistou um registro de Provedor de Serviços de Ativos Virtuais (VASP) pelo Banco Central Holandês, marcando um avanço significativo em sua expansão europeia. Este registro não só valida a Kraken na Holanda, um país com forte adoção de criptomoedas e uma economia inovadora, mas também reforça o crescimento do mercado cripto na Europa. A iniciativa vem após a Kraken anunciar planos de aquisição na Holanda, destacando seu compromisso com o desenvolvimento do setor cripto europeu.

Deixe um comentário