ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Momento Cripto: Riscos na estratégia USDe da Ethena, Morgan Stanley e UBS disputam liderança em ETFs Bitcoin, e mais

LinkedIn

Brasil prepara nova abordagem para tributação de criptomoedas

O Brasil está avançando com um projeto de lei que revisará a tributação sobre criptomoedas, alinhando-as com a forma como ações e outros ativos financeiros são tributados. A proposta, que será apresentada ao Congresso Nacional, visa aplicar uma taxa fixa de 15% sobre os lucros de transações cripto, diferentemente do sistema atual baseado em escalas de ganhos de capital. Esse novo modelo é previsto para entrar em vigor em 2025.

Impacto do Fed e perspectivas do ouro e bitcoin no mercado de criptomoedas

Após o Federal Reserve indicar cautela nos cortes de juros, criptomoedas e outros ativos de risco sofreram quedas. Enquanto isso, o ouro, que teve bom desempenho, pode favorecer o bitcoin (COIN:BTCUSD), segundo relatório da Coinbase Global. A análise sugere que a valorização do ouro reflete preocupações com a inflação e taxas do Fed, potencializando o bitcoin como “ouro digital”. Novos investidores podem ser atraídos por essa visão, enquanto ETFs de bitcoin e o próximo halving prometem estabilizar e incentivar o mercado cripto.

Preocupações e defesas em torno da estratégia de Bitcoin da Ethena para o USDe

Apenas sete semanas após seu lançamento, o USDe da Ethena, conhecido como “título da Internet” e “dólar sintético”, ultrapassou uma capitalização de mercado de US$ 2 bilhões, tornando-se a quinta maior stablecoin. Ocupando agora 1,25% do mercado total de stablecoins de US$ 160 bilhões, o USDe se distingue por não depender diretamente de moeda fiduciária ou garantias, mas sim de um mecanismo de cobertura e arbitragem inovador para manter sua paridade com o dólar americano. Ki Young Ju, CEO da CryptoQuant, expressou apreensões sobre a Ethena usar Bitcoin para suportar sua stablecoin USDe, temendo riscos para o mercado de Bitcoin. A Ethena busca reforçar o USDe, cuja popularidade cresceu com um rendimento anual de 37%. Críticos questionam a segurança da estratégia em mercados voláteis, enquanto defensores da Ethena destacam diferenças fundamentais em sua abordagem em comparação com falhas anteriores de stablecoins.

Sony Bank inicia testes com stablecoin própria no blockchain Polygon

O Sony Bank, parte do gigante japonês Sony Group Corporation (NYSE:SONY), começou a testar a emissão de uma stablecoin própria vinculada à moeda fiat, de acordo com o Nikkei. O projeto piloto será realizado na rede blockchain Polygon e visa explorar as aplicações de stablecoins em jogos e esportes, buscando aproveitar os benefícios de taxas de pagamento e remessa mais baixas. Este teste, que examinará as questões legais relacionadas à circulação de stablecoins lastreadas em ienes, está sendo desenvolvido pela SettleMint e faz parte de uma expansão maior da Sony no espaço Web3.

Flare e Hypernative unem forças para segurança Web3

A Flare Network (COIN:FLRUSD) anunciou uma parceria com a Hypernative para reforçar a segurança dentro de seu ecossistema Web3. A Hypernative, especialista em segurança proativa Web3, vai ampliar seus serviços para proteger a Flare contra uma série de ameaças cibernéticas, incluindo vulnerabilidades críticas inexploradas. A Hypernative enfatizou a importância de elevar os padrões de segurança na Web3, enquanto a Flare busca implementar medidas ativas para proteger sua rede e seus usuários, incluindo dApps e entidades financeiras, contra ataques emergentes.

Investidores apostam no Avalanche apesar de queda no preço

O preço do Avalanche (COIN:AVAXUSD) recentemente recuou para menos de US$ 50, mas um crescente otimismo entre um grupo significativo de investidores sugere um potencial de recuperação. Baleias cripto, detentores de grandes quantidades de AVAX, acumularam cerca de 52 milhões de AVAX, avaliados em mais de US$ 2,1 bilhões, reforçando a confiança no ativo. Além disso, a baixa correlação do Avalanche com o Bitcoin indica uma possível independência nos movimentos de preços, abrindo caminho para ganhos futuros.

Solana em esforço contínuo para resolver problemas de rede

Solana (COIN:SOLUSD) está em uma corrida contra o tempo, trabalhando ininterruptamente para solucionar questões como o aumento de transações não concluídas em sua plataforma. Raj Gokal, cofundador, compartilhou que equipes dedicadas estão focadas em aprimorar a eficiência das transações. Anatoly Yakovenko, também cofundador, destaca a complexidade em resolver congestionamentos, diferentemente de falhas totais. Recentemente, a rede observou uma elevação nas falhas de transações, com muitos apontando os bots de negociação como uma causa significativa desse problema.

Vínculo entre valor do Bitcoin e oportunidades de emprego no blockchain cresce

À medida que o valor do Bitcoin (COIN:BTCUSD) sobe, o setor de blockchain vê um aumento paralelo nas ofertas de emprego e na procura por posições, segundo a CryptoJobsList. Março de 2024 destacou-se com um pico significativo tanto em vagas quanto em candidaturas. A pergunta que fica é: esse crescimento de empregos pode continuar alinhado com as projeções otimistas do Bitcoin? A relação entre o desempenho do Bitcoin e o mercado de trabalho no blockchain mostra uma interdependência, com os altos valores do Bitcoin impulsionando a confiança e a expansão das contratações no setor.

Bitcoin mantém estabilidade apesar da volatilidade, segundo Fernando Pereira

O analista Fernando Pereira, da Bitget, observa que o Bitcoin (COIN:BTCUSD) está formando um triângulo no topo, indicando uma fase de consolidação que pode durar vários dias. Segundo ele,  “dificilmente estaremos abaixo de 66K ou acima de 70K nessa semana. Espero ao menos 3 dias de consolidação“. Enquanto isso, os touros estão equilibrando a pressão de venda, mantendo o preço do BTC após uma queda de 10%. Apesar de um recuo para cerca de US$ 66.000, a maioria das vendas está sendo absorvida, com as quedas permanecendo contidas. A moeda digital pode encontrar um suporte temporário em US$ 60.000. Contudo, a diminuição nas entradas de ETFs de Bitcoin e sinais de alerta nos indicadores de rede sugerem cautela, antecipando um possível declínio antes de uma recuperação. No dia 5 de abril, opções equivalentes a 18.000 Bitcoins e 270.000 Ethereums estão programadas para expirar, totalizando um valor nocional de US$ 1,2 bilhão e US$ 890 milhões, respectivamente. Com um ambiente dominado por posições de venda, os pontos de máxima dor financeira são identificados em US$ 68.000 para o Bitcoin e US$ 3.400 para o Ethereum (COIN:ETHUSD), sugerindo possíveis perdas para muitos detentores nesses níveis.

ETFs de Bitcoin atraem investimentos consideráveis

Em 4 de abril, os ETFs de Bitcoin testemunharam entradas acumuladas de US$ 106,8 milhões, marcando a terceira onda consecutiva de investimentos positivos. Enquanto o ETF da Grayscale (AMEX:GBTC) viu retiradas, o da BlackRock (NASDAQ:IBIT) e o da Ark Invest (AMEX:ARKB) registraram robustas entradas líquidas, com o IBIT adicionando US$ 144 milhões ao seu caixa e ARKB adicionando US$ 12,0 milhões.

BlackRock expande acesso ao ETF de Bitcoin com novos participantes autorizados

A BlackRock (NASDAQ:IBIT) adicionou cinco novas entidades como Participantes Autorizados ao seu ETF de Bitcoin à vista, elevando o total para nove. Lançado em 11 de janeiro de 2024, o IBIT facilita o investimento em Bitcoin sem a necessidade de posse direta. As adições incluem nomes notáveis como ABN AMRO Clearing e Goldman Sachs (NYSE:GS), ampliando o acesso e a liquidez do fundo.

Morgan Stanley e UBS na corrida para lançar ETFs Bitcoin

Morgan Stanley (NYSE:MS) e UBS Group AG (NYSE:UBS) estão na disputa para serem os primeiros grandes bancos a oferecer ETFs Bitcoin à vista para seus clientes. Morgan Stanley almeja liderar a corrida, planejando anunciar seu serviço antes do UBS, que tem previsão de lançamento para a semana de 8 de abril. Atualmente, o UBS já disponibiliza ETFs Bitcoin em sua divisão de gestão de patrimônio para investidores de alto valor de forma limitada. A competição mostra sinais de uma crescente integração de criptomoedas no setor financeiro tradicional, prometendo rejuvenescer o interesse e a atividade em ETFs Bitcoin.

Ark Invest realiza vendas significativas de ações da Coinbase

Na quinta-feira, a Ark Invest reajustou suas carteiras ao vender 25.662 ações da Coinbase Global (NASDAQ:COIN), distribuídas entre seus ETFs Ark Innovation (AMEX:ARKK) e Ark Next Generation Internet (AMEX:ARKW), somando um total de US$ 6,4 milhões. Esta ação marca uma das primeiras grandes vendas desde a liquidação de US$ 21 milhões em ações em março. Cathie Wood, CEO da Ark, esclareceu que a venda é parte da gestão ativa para manter a diversificação do portfólio, especialmente após a valorização expressiva da Coinbase. A empresa continua a ser uma posição dominante nos ETFs da Ark, refletindo uma estratégia de balanceamento diante do crescimento do ativo.

Butão amplia mineração de Bitcoin visando o próximo halving

O Butão, um país do Himalaia, planeja quintuplicar sua capacidade de mineração de Bitcoin, aumentando de 100 para 600 megawatts, em antecipação ao próximo evento de halving em abril. Em parceria com a Bitdeer, o fundo soberano do país busca fortalecer sua posição no mercado de criptomoedas, continuando a comprar BTC desde que o preço estava por volta de US$ 5.000. O investimento almeja tanto aproveitar as reservas hidrelétricas do Butão para uma mineração sustentável quanto mitigar o impacto financeiro do halving na mineração.

Hut 8 transformada após fusão com US Bitcoin Corp, segundo Canaccord Genuity

Canaccord Genuity (TSX:CF) destaca que a Hut 8 (NASDAQ:HUT), após sua fusão com a US Bitcoin Corp, diversificou significativamente suas fontes de renda, tornando-se uma empresa com múltiplas vertentes de receita. A mineradora agora possui cerca de 7 exahashes por segundo de capacidade e 68% de suas receitas vêm da mineração direta. O restante é derivado de serviços gerenciados, hospedagem e computação de alto desempenho. Embora a Canaccord tenha reduzido o preço-alvo da Hut 8, manteve a recomendação de compra, observando esforços de reestruturação e eficiência energética na mineração.

CEO da FTX cobra US$ 1.575 por hora na reestruturação da falência

John J. Ray III, CEO da FTX, foi remunerado a US$ 1.575 por hora em março por liderar os esforços de reestruturação da falida exchange de criptomoedas, totalizando US$ 363.825 por 231 horas de trabalho. Suas responsabilidades incluíram gerenciamento de reestruturação, comunicações e controle de ativos. A complexidade da falência da FTX, que deixou um débito superior a US$ 8 bilhões com seus clientes, foi comparada por Ray à da Enron, destacando a gravidade da situação.

Executiva da OneCoin condenada por auxiliar em lavagem de dinheiro

Irina Dilkinska, ex-executiva da OneCoin, foi condenada nos EUA após colaborar na lavagem de ganhos ilícitos do esquema, auxiliando na transferência de US$ 400 milhões para as Ilhas Cayman com o advogado americano Mark Scott. Scott já havia sido condenado a 10 anos de prisão por seu envolvimento. Dilkinska enfrenta acusações por conspiração para cometer fraude e lavagem de dinheiro, com uma ordem de perda de US$ 111,4 milhões. Ela é a mais recente a ser punida no escândalo OneCoin, que enganou milhões com uma criptomoeda inexistente.

Today eleva simulação social com IA e levanta US$ 5 milhões

Today, um inovador jogo social web3, captou US$ 5 milhões para expandir seus NPCs alimentados por IA e ferramentas de criação intuitivas. Liderada por Sfermion e Big Brain, com apoio de entidades como GSR e Goldman Sachs, a rodada visa enriquecer a interação no jogo. Através de NPCs inteligentes, o jogo promete uma experiência mais autêntica, imitando diálogos reais. Esta injeção de capital acelera a ambição da Today de redefinir jogos de simulação com uma narrativa dinâmica e conexões emocionais profundas.

Ellipsis Labs capta US$ 20 milhões para impulsionar tecnologia DeFi

Ellipsis Labs, focada no desenvolvimento de soluções DeFi, arrecadou US$ 20 milhões em sua Série A, liderada pela Paradigm e com participação da Electric Capital. A rodada também viu contribuições de figuras proeminentes da indústria, como membros da Ethereum Foundation e da Solana Labs. Os recursos serão destinados à evolução de sua plataforma DeFi, Phoenix, uma DEX on-chain na rede Solana que visa combinar a eficiência das carteiras de pedidos com a acessibilidade do DeFi.

Deixe um comentário