ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Destaques de Wall Street: Ações da Workday despencam 12%, VF Corp vende ativos para gerar caixa, e mais

LinkedIn

Destaques corporativos de Wall Street para hoje

VF Corp (VFC, VFCO34) – A VF Corp, dona das marcas Vans e North Face, vendeu dois jatos e listou um hangar para venda como parte de suas estratégias de redução de custos e geração de caixa. Essas ações fazem parte do plano da empresa para enfrentar a queda contínua de receitas e preparar-se para futuros vencimentos de dívidas.

Morgan Stanley (MS, MSBR34) – James Gorman, ex-CEO do Morgan Stanley, deixará a presidência do conselho no final do ano, destacando a transição suave para o CEO Ted Pick. Apesar da aprovação dos pacotes salariais propostos, o apoio relativamente baixo reflete uma tendência de menor apoio à remuneração executiva na indústria financeira.

Goldman Sachs (GS, GSGI34) – O Goldman Sachs obteve licença para estabelecer sua sede regional em Riad, Arábia Saudita. A decisão segue novas regras que favorecem empresas com presença regional no país com incentivos fiscais e risco de perda de contratos governamentais lucrativos para quem não se estabelece localmente.

HSBC (HSBC, H1SB34) – Segundo Michael Roberts, CEO do HSBC nos EUA e nas Américas, a frequência dos funcionários no novo escritório do HSBC em Hudson Yards, Nova York, aumentou para 80%, uma duplicação em relação aos 40% registrados na antiga sede em Bryant Park antes da pandemia.

Citigroup (C, CTGP34), HSBC (HSBC, H1SB34), Barclays (BCS, B1CS34) – Citigroup, HSBC e Barclays estão exigindo que mais funcionários compareçam aos escritórios cinco dias por semana devido a mudanças regulatórias. Essas mudanças complicam o trabalho remoto em Wall Street, forçando a adaptação das políticas de trabalho flexível.

Raymond James (RJF, R1JF34) – Butch Oorlog foi escolhido pela Raymond James Financial para suceder Paul Shoukry como diretor financeiro, em meio a uma série de mudanças executivas. As nomeações visam a continuidade de liderança enquanto a empresa se prepara para transição de CEO e promove outros executivos-chave.

KKR & Co (KKR) – A empresa de investimentos americana KKR espera receber aprovação antitruste da UE para a compra da rede fixa da Telecom Italia. Esse aval é provável após a KKR concordar em manter os acordos comerciais com rivais da Telecom Italia, facilitando preocupações regulatórias sobre competição. Este acordo de 23,9 bilhões de dólares é notável por ser o primeiro desse tipo em um grande país europeu.

Nvidia (NVDA, NVDC34) – O valor de marcado da Nvidia aumentou em cerca de US$ 218 bilhões na quinta-feira, impulsionado por uma previsão de receita otimista e a crescente demanda por chips de IA. A Nvidia também anunciou um desdobramento de 10 para 1 em suas ações após um aumento notável no preço, visando atrair mais investidores de varejo. Este movimento poderia facilitar sua inclusão no Dow Jones Industrial Average. No mercado chinês, o mais recente chip de IA da Nvidia enfrentou um início lento, sendo vendido a um preço menor do que o chip rival da Huawei devido à abundante oferta e baixa demanda. Esse desconto ressalta os desafios de preço e competição que a Nvidia enfrenta na China, particularmente com o aumento das sanções dos EUA e a forte competição local.

Alphabet (GOOGL, GOGL34) – A Alphabet, controladora do Google, ao comprar a HubSpot, fabricante de software de marketing, fortaleceria sua posição no mercado de softwares baseados em nuvem para negócios, tornando-se um rival mais robusto contra a Microsoft. A aquisição visa integrar serviços de gestão de relação com cliente, potencialmente elevando as capacidades do Google em competir no mercado corporativo. Em outras notícias, o Google está construindo o cabo submarino Umoja, que ligará a África à Austrália diretamente, melhorando a conectividade na região. O projeto segue o Equiano, que já conecta a África à Europa, e ampliará o acesso à internet em partes pouco conectadas. Adicionalmente, o Google investirá bilhões em Tamil Nadu, Índia, para montar smartphones Pixel e drones, diversificando a fabricação fora da China e impulsionando a industrialização local.

Meta Platforms (META, M1TA34), Alphabet (GOOGL, GOGL34) – Alphabet e Meta Platforms estão negociando com estúdios de Hollywood para licenciar conteúdo para suas tecnologias de IA que criam vídeos realistas a partir de textos. Eles buscam parcerias financeiras robustas, enquanto os estúdios avaliam o uso de IA para reduzir custos, mas preocupam-se com o controle sobre seu conteúdo.

Micron Technology (MU, MUTC34) – Um júri dos EUA determinou que a Micron Technology deve pagar US$ 445 milhões à Netlist por violação de patentes em tecnologia de módulos de memória. Os jurados concluíram que a Micorn infringiu intencionalmente duas patentes da Netlist, possibilitando que o juiz aumente os danos financeiros. As ações da Micron estão em alta de 1,2% no pré-mercado.

Adobe (ADBE, ADBE34) – Canva lançou um conjunto de ferramentas de design para usuários corporativos, buscando competir diretamente com a Adobe ao atrair grandes clientes e acelerar o crescimento da receita. As novas ferramentas do Canva, voltadas para equipes de recursos humanos, vendas e design, simplificam a edição e garantem a consistência visual de documentos empresariais.

Paramount Global (PARA, C1BS34), Charter Communications (CHTR, CHCM34) – A Paramount Global fechou um acordo plurianual com a Charter Communications para distribuir seu portfólio completo de redes de cabo e versões apoiadas por anúncios de seus serviços de streaming, como Paramount+ Essential e BET+ Essential, aos clientes da Charter’s Spectrum TV sem custo adicional. Os termos financeiros do acordo não foram divulgados.

Tesla (TSLA, TSLA34) – Tesla retirou a meta de 20 milhões de veículos anuais até 2030 de seu relatório, sinalizando uma mudança de foco para robotáxis, e indicando um recuo no desenvolvimento de veículos elétricos acessíveis. A Tesla também reduziu a produção do Model Y em dois dígitos em sua fábrica de Xangai, em resposta à diminuição da demanda na China, seu segundo maior mercado. Essa decisão ocorre em meio a intensa concorrência de preços entre fabricantes de veículos elétricos e uma desaceleração econômica no país. Além disso, o CEO Elon Musk mudou sua posição e expressou oposição às tarifas dos EUA sobre veículos elétricos chineses. Em evento em Paris, Musk destacou que não solicitou as recentes tarifas implementadas por Biden e enfatizou que práticas que distorcem o mercado são prejudiciais. Adicionalmente, a Bloomberg noticiou na quinta-feira que a SpaceX, empresa também liderada por Elon Musk, está discutindo a venda de ações existentes que poderiam avaliar a empresa em aproximadamente US$ 200 bilhões, um aumento em relação à avaliação anterior de US$ 180 bilhões. Na sexta-feira, Elon Musk negou planos de vender ações da SpaceX.

General Motors (GM, GMCO34) – No Detroit Economic Club, Mary Barra, CEO da General Motors, enfatizou a importância do desenvolvimento de veículos autônomos pela GM, destacando que a tecnologia promete ser mais segura do que a condução humana, reduzindo o risco de acidentes causados por erro humano.

Boeing (BA, BOEI34) – O CFO da Boeing, Brian West, declarou na conferência da Wolfe Research que a empresa enfrentará fluxo de caixa livre negativo em 2024 e não prevê um aumento nas entregas de aeronaves no segundo trimestre. A Boeing está lidando com crises de produção que afetam a fabricação de seus modelos mais vendidos, além de resolver preocupações de segurança, conforme explicado pelo chefe da Administração Federal de Aviação (FAA). A Boeing foi instruída a desenvolver um plano em 90 dias para corrigir questões sistêmicas de qualidade após incidentes e uma proibição de expandir a produção do 737 MAX. A Boeing anunciou que ampliou o treinamento de novas contratações em habilidades de fabricação e qualidade, aumentando para 10 a 14 semanas. Isso inclui prática em uma seção de fuselagem do 737 em seu centro de treinamento em Renton, como parte de um aprimoramento após um incidente com um 737 MAX 9.

BHP Group (BHP, BHPG34), Anglo American (NGLOY, AAGO34) – A BHP busca expandir seu portfólio de cobre ao adquirir a Anglo American, enfrentando o desafio de superar a rejeição de três propostas de aquisição. Após negociações contínuas e a necessidade de ajustes na oferta, a Anglo American permite mais tempo para uma oferta vinculativa, destacando a complexidade e as resistências encontradas, incluindo as exigências de uma estrutura de negócio mais atraente para os investidores.

Hess Corp (HES, H1ES34), Chevron (CVX, CHVX34) – John Hess, CEO da Hess Corp, tem até terça-feira para conter uma rebelião de acionistas insatisfeitos com a gestão de uma proposta de fusão de US$ 53 bilhões com a Chevron. O apoio diminuiu nas últimas semanas, complicando a obtenção da aprovação necessária, apesar de Hess ter buscado pessoalmente o suporte dos investidores. A decisão é crítica em meio à incerteza regulatória e disputas de arbitragem que impactam o acordo.

Earnings

Workday (WDAY, W1DA34) – A Workday relatou lucro ajustado por ação de US$ 1,74, acima das estimativas da FactSet de lucro de US$ 1,58 por ação. A receita subiu para US$ 1,9 bilhão, mas abaixo das expectativas de US$ 1,97 bilhão. Para o segundo trimestre, a Workday previu receita de assinaturas de US$ 1,895 bilhão, enquanto as previsões de consenso da StreetAccount apontam para US$ 1,9 bilhão. As ações caíram 12,3% no pré-mercado.

Intuit (INTU, INTU34) – A Intuit reportou no terceiro trimestre lucro ajustado por ação de US$ 9,88. A receita aumentou 12%, para US$ 6,74 bilhões. Analistas esperavam lucro ajustado por ação de US$ 9,38, sobre receita de US$ 6,65 bilhões, de acordo com a FactSet. Para o quarto trimestre fiscal, a Intuit estima lucro ajustado de US$ 1,80 a US$ 1,85 por ação, enquanto analistas consultados pela FactSet esperam US$ 1,92 por ação. As ações caíram 6,2% no pré-mercado.

Ross Stores (ROST, ROST34) – As ações Ross Stores valorizaram 7,9% no pré-mercado após reportar lucro no primeiro trimestre de US$ 1,46 por ação e receita de US$ 4,86 ​​bilhões. Analistas previam lucro de US$ 1,35 por ação e receita de US$ 4,83 bilhões, de acordo com a LSEG.

Deckers Outdoor (DECK) – As ações da Deckers subiram 8,1% no pré-mercado após registrar no quarto trimestre um lucro líquido de US$ 127,5 milhões ou US$ 4,95 por ação, em receita de US$ 960 milhões. Analistas consultados pela LSEG previam lucro de US$ 2,89 por ação e receita de US$ 888 milhões. Para o ano, a empresa espera lucro por ação de US$ 29,50 a US$ 30, em comparação com os US$ 30,74 por ação esperados por analistas consultados pela FactSet.

Stepstone Group (STEP) – O StepStone Group anunciou os resultados do quarto trimestre de 2024, com um lucro por ação de 33 centavos, superando a estimativa de 28 centavos. A receita reportada foi de US$ 177,36 milhões, 9,16% acima da previsão de US$ 162,47 milhões dos analistas. As ações subiram 3,0% no pré-mercado.

Lionsgate (LGF.B) – No quarto trimestre, a Lionsgate registrou receitas de US$ 1,11 bilhão, representando um aumento de 3% em comparação ao mesmo período do ano anterior. A empresa conseguiu reduzir seu prejuízo líquido em 59% em relação ao ano anterior, passando de US$ 96,8 milhões para US$ 39,5 milhões no quarto trimestre fiscal de 2024, o que corresponde a uma perda de 22 centavos por ação. As ações subiram 3,9% no pré-mercado.

Principais assuntos do dia

Os futuros dos índices dos EUA estão em alta no pré-mercado desta sexta-feira, após uma queda nos três principais índices na sessão anterior, durante a qual o Dow Jones registrou sua pior sessão em mais de um ano.

Às 07h46 (horário de Brasília), os futuros do Dow Jones (DOWI:DJI) subiram 69 pontos, ou 0,18%. Os futuros do S&P 500 avançaram 0,29%, e os futuros do Nasdaq-100 ganharam 0,29%. A taxa de retorno dos títulos do Tesouro de 10 anos situava-se em 4,475%.

No mercado de commodities, o petróleo bruto West Texas Intermediate para julho caiu 0,73%, a US$ 80,77 por barril. O petróleo tipo Brent para julho caiu 0,71%, perto de US$ 80,79 por barril. O minério de ferro negociado na bolsa de Dalian caiu 0,44%, a US$ 125,38 por tonelada métrica.

Na agenda econômica de sexta-feira, os pedidos de bens duráveis de abril serão publicados às 9h30 pelo Departamento do Comércio. Às 11h, a leitura revisada do índice de sentimento do consumidor de maio será divulgada pela Universidade de Michigan e pela Thomson Reuters.

Os mercados europeus operam em baixa nesta sexta-feira, seguindo uma tendência global devido a preocupações com os juros nos EUA. O Destatis confirmou que o PIB da Alemanha cresceu 0,2% no primeiro trimestre, enquanto as vendas no varejo do Reino Unido caíram 2,3% em abril, superando a expectativa de queda de 0,4% dos economistas consultados pela Reuters.

Os mercados asiáticos encerraram a sexta-feira em queda generalizada. Shanghai SE caiu 0,88%, Nikkei do Japão recuou 1,17%, Hang Seng de Hong Kong desceu 1,38%, Kospi da Coreia do Sul perdeu 1,26% e ASX 200 da Austrália caiu 1,08%.

As ações nos Estados Unidos tiveram um início promissor na quinta-feira, com alta inicial liderada pelo setor de tecnologia após bons resultados da Nvidia (NVDA, NVDC34). No entanto, o otimismo foi breve. Uma surpresa com a leitura de maio do índice de gerentes de compras acima do esperado gerou incertezas sobre o ciclo de corte de juros nos americanos. O Dow Jones caiu 1,53%, o S&P 500 recuou 0,74% e o Nasdaq desvalorizou 0,39%. Preocupações com a manutenção das taxas elevadas influenciaram o comportamento negativo dos índices, enquanto as chances de que as taxas sejam reduzidas até setembro caíram para 55,4%, segundo a Ferramenta FedWatch do CME Group.

Estão agendados para apresentar relatórios trimestrais Booz Allen Hamilton Holding Corp (BAH, B2AH34), Mesa Labs (MLAB), Sunlands Technology Group (STG), Buckle Inc (BKE), Hibbett Sports (HIBB), Broadway Financial Corporation (BYFC), MicroCloud Hologram (HOLO), entre outros.

Fechamento EUA de quinta-feira

Moeda

Hoje, 1 dólar vale R$ 5,14– Faça a conversão para qualquer moeda!

Deixe um comentário