ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Futuros dos EUA avançam com resultados otimistas da Nvidia ofuscando a ata da última reunião do Fed

LinkedIn

Bem-vindo à sua leitura matinal de três minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: Os mercados da Ásia fecharam majoritariamente em baixa nesta quinta-feira, depois que a ata do Federal Reserve provocou temores de que as taxas de juros possam permanecer mais altas por mais tempo na maior economia do mundo.

Os investidores avaliaram dados das atividades empresariais “flash” da Austrália e do Japão. A leitura do PMI de manufatura do setor privado do Japão do Jibun Bank subiu para 50,5 em maio, ante 49,6 em abril. O PMI flash de serviços cresceu 53,6 em maio, abaixo da leitura final de 54,3 em abril. A atividade empresarial expandiu no ritmo mais rápido em nove meses, com leitura de 52,4 em maio, em comparação com 52,3 em abril. Uma leitura do PMI acima de 50 indica expansão na atividade, enquanto uma leitura abaixo desse nível aponta para uma contração. “A expansão da atividade empresarial continuou a ser liderada pelos serviços, mas a quase estabilização da produção industrial oferece esperança de um crescimento maior no final do ano”, segundo a pesquisa.

Enquanto isso, a atividade empresarial da Austrália em maio apresentou a taxa de crescimento mais lenta em três meses, com o PMI caindo de 53,0 para 52,6, de acordo com estimativas flash do Judo Bank. O PMI industrial da Austrália manteve-se estável em 49,6, registrando uma alta nos últimos nove meses, enquanto o PMI de serviços caiu de 53,6 para 53,1. Warren Hogan, conselheiro econômico-chefe do Judo Bank, disse que os números do PMI eram “indicativos da atividade empresarial contínua e do crescimento da produção em toda a economia australiana”, em contraste com o fraco sentimento do consumidor e os indicadores de gastos.

O PIB do primeiro trimestre de Singapura permaneceu inalterado em relação à sua estimativa inicial de 2,7%.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 1,70%, em 18.868,71 pontos, liderando as perdas na região, enquanto na China continental, o índice CSI 300, que inclui ações das maiores blue chips de Xangai e Shenzhen, caiu 1,16%, terminando em 3.641,79 pontos.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,06% para fechar em 2.721,81 pontos, após o banco central da Coreia do Sul manter a sua taxa de referência em 3,5%, conforme estimado numa pesquisa da Reuters. Foi a 11ª reunião consecutiva em que o Banco da Coreia manteve as taxas de juro estáveis. O BOK disse que espera que a economia cresça 2,5% este ano, acima da previsão anterior de 2,1%. O BOK espera que a inflação ao consumidor deste ano seja de 2,6%, o mesmo nível estimado em fevereiro e que o banco central reduza as taxas em 50 pontos base no quarto trimestre, de acordo com uma pesquisa da Reuters.

O S&P/ASX 200 australiano caiu 0,46% para fechar em 7.811,80 pontos. O setor mineração foi o setor mais fraco do índice, com os pesos pesados BHP, Fortescue e Rio Tinto caindo 2,9%, 1,1% e 2%, respectivamente, com os preços de metais como cobre, ouro e minério de ferro afastando de suas máximas recentes. As ações da BHP caíram depois que a Anglo American rejeitou sua última oferta de aquisição e deu à mineradora uma semana para apresentar uma quarta oferta melhor. Enquanto isso, um grupo de 3.000 moradores de Papua Nova Guiné entrou com uma ação coletiva contra a Rio Tinto por causa de sua mina Bougainville, que foi fechada em 1989. Os moradores alegam que as práticas de mineração resultaram em danos ambientais e sociais aos moradores. As mineradoras de metais preciosos, Paladin Energy, Evolution Mining, Newmonte Northern Star Resources registraram as maiores perdas entre as ações de megacapitalização, despencando 5%, 4,3%, 3,8% e 3,3%, respectivamente. As petrolíferas Santos e Woodside Energy seguiram em queda, de 0,4% e 0,3% respectivamente.

Por outro lado, o Nikkei do Japão subiu 1,26%, para terminar em 39.103,22 pontos. O rendimento dos títulos do governo japonês de 10 anos subiu para 1,012%, o nível mais alto desde 2012. O Banco do Japão manteve a sua taxa inalterada no mês passado, mantendo a sua taxa de referência entre 0% e 0,1%. O BOJ disse que continuaria a realizar compras de títulos em linha com a sua decisão de março.

EUROPA: Os mercados europeus sobem ligeiramente na Quinta-feira, com os investidores digerindo a ata da última reunião da Reserva Federal dos EUA que revelou preocupações das autoridades em relação à inflação persistente, com os membros aparentemente indiferentes quanto à possíveis cortes nas taxas de juros.

O pan-europeu Stoxx 600 sobe 0,3% na sessão matinal, com os setores operando sem direção. As ações de tecnologia saltam, ajudadas pel Nvidia, referência de mercado.

O alemão DAX 30 e o francês CAC 40 sobem 0,2% cada.

Em Londres, o FTSE 100 opera próximo da estabilidade. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 0,4% e Rio Tinto avança 0,1%, enquanto Antofagasta e BHP caem 0,2% e 0,8%, respectivamente. A petrolífera BP sobe 0,6%. A produção econômica do Reino Unido continuou a aumentar em maio, de acordo com o PMI da S&P Global. A leitura do PMI composto foi de 52,8, abaixo dos 54,1 de abril e contra uma estimativa de 53,9, de acordo com uma pesquisa da Reuters. A marca dos 50 separa o crescimento da contração. A atividade empresarial na indústria de serviços dominante no país atingiu o nível mais baixo dos últimos seis meses, uma vez que os fornecedores registaram pressões de custos mais fracas durante mais de três anos. Este último ponto pode proporcionar “algum conforto” ao Banco de Inglaterra, depois que as estatísticas oficiais sobre a inflação dos serviços terem sido mais altas do que o esperado na quarta-feira, segundo economista sénior do Reino Unido da Capital Economics.

Os investidores também estão avaliando o anúncio surpresa do primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, de que as eleições gerais serão realizadas em 4 de julho, encerrando meses de especulação sobre a data da votação nacional. No estado atual das pesquisas, espera-se que o Partido Conservador, no poder, perca para o Partido Trabalhista, de centro-esquerda, da oposição.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA sobem na manhã de quinta-feira, enquanto Wall Street avalia os resultados trimestrais da Nvidia, que se tornou referência do mercado recentemente.

As ações da fabricante de chips e a queridinha da inteligência artificial Nvidia aumentaram 6% nas negociações estendidas, enviando as ações acima de US$ 1.000, depois de publicar resultados fiscais mais fortes do que o esperado no primeiro trimestre e anunciar um desdobramento de ações de 10 por 1. A previsão de receita da Nvidia para o segundo trimestre fiscal de cerca de US$ 28 bilhões também superou a previsão da StreetAccount de US$ 26,2 bilhões, um sinal de que a empresa não vê seu ímpeto desacelerando.

Os resultados da Nvidia era aguardado pelos mercados, já que os “traders” esperavam sinais de que o entusiasmo em torno da IA ​​não estavam diminuindo. Com seu valor de mercado de US$ 2,3 trilhões, a Nvidia também tem uma influência considerável no S&P 500 e no Nasdaq. Suas ações, juntamente com seus pares de tecnologia de IA e megacap, impulsionaram os ganhos do mercado em 2024.

As bolsas caíram durante a sessão de quarta-feira, após a ata da reunião de maio do Federal Reserve alimentar preocupações com a inflação persistente e o medo de que o banco central pudesse adiar os cortes. A ata da reunião de política monetária do FOMC de 30 de abril a 1º de maio, mostrou que os responsáveis ​​do Federal Reserve continuam preocupados com a inflação, com os membros indicando que não tinham confiança para avançar nas reduções das taxas de juro, apontando a incerteza dos legisladores sobre quando seria o momento de flexibilização. O Dow de 30 ações caiu 0,51%, para 39.671,04 pontos, a sua pior sessão em maio. O S&P 500 caiu 0,27%, em 5.307,01 pontos e o Nasdaq Composite caiu 0,18%, em 16.801,54 pontos.

Os rendimentos dos Títulos do Tesouro dos EUA caem devido à incerteza da taxa de juros do Fed, à medida que os investidores continuavam a contemplar o momento de um futuro corte nas taxas do Federal Reserve. Os rendimentos e os preços movem-se em direções opostas.

A fase final da temporada de relatórios do primeiro trimestre continua na quinta-feira com resultados de Ralph Lauren, BJ’s Wholesale, Workday e muito mais.

Na frente econômica, os investidores aguardam os pedidos semanais de subsídio de desemprego às 9h30, o PMI flash de fabricação e serviços sairâ às 10h45, enquanto os dados de vendas de casas novas para abril está prevista para ser divulgado às 11h00.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: -0,63% US $ 69.742,10
Etereum: +2,73% US $ 3.842,94

ÍNDICES FUTUROS – 7h40:
Dow: +0,12%
S&P 500: +0,60%
NASDAQ: +0,99%

COMMODITIES:
MinFe: -1,09%
Bent: +0,77%
WTI: +0,77%
Soja: +0,23%
Ouro: -1,00%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Deixe um comentário