ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Ibovespa cai 0,27%, pressionado pelas ações da Suzano, que reagiram à notícia de oferta nova e maior pela International Paper

LinkedIn

O Ibovespa fechou em leve queda nesta terça-feira, pressionado principalmente pelas ações da Suzano, que reagiram à notícia de que a empresa fará uma oferta nova e maior pela International Paper. O mercado local foi influenciado por notícias corporativas e encerrou em descompasso com os principais índices acionários de Wall Street.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O Ibovespa fechou em baixa de 0,27%, aos 127.411 pontos. O volume de negócios ficou em R$ 19,7 bilhões, abaixo da média de 50 pregões. Em uma sessão sem grandes catalisadores econômicos, operadores concentraram atenções na Suzano, com a potencial nova proposta pela IP gerando preocupações com a alavancagem.

Investidores também reagiram à divulgação dos dados da arrecadação federal, que atingiu R$ 228,8 bilhões em abril deste ano, segundo a Receita Federal, aumento real de 8,26% ante mesmo período de 2023. Nos primeiros quatro meses do ano, a arrecadação somou R$ 886,6 bilhões. Foi o melhor desempenho da série histórica iniciada em 1995, tanto para o mês de abril, quanto para o quadrimestre.

As ações da Lojas Renner, segunda maior queda percentual do Ibovespa, refletiram relatório da XP que rebaixou recomendação para o papel para “neutra”, além de cortar o preço-alvo das ações ordinárias para R$ 18. Os analistas disseram que o cenário macroeconômico, com juros globais e temperatura mais altos no Brasil devem afetar o lucro da companhia, pressionando margens brutas.

Além disso a XP, em outro relatório, recomendou uma operação “long e short” entre Arezzo e Renner, com posição comprada em Arezzo e vendida em Renner.

Os papéis da Yduqs foram impulsionados pela divulgação de guidances da educacional, bem recebidos pelos operadores, com estimativa de lucro líquido ajustado por ação entre R$ 1,6 e R$ 1,9 neste ano. Já para 2025, a Yduqs estima lucro líquido por ação entre R$ 2,0 e R$ 3,0.

Analistas do Citi afirmaram que o ponto médio da previsão de 2024 está alinhado com o estimado, mas a partir de 2025 o guidance supera projeções do banco.

Outro destaque, na ponta positiva, foram as ações da Cemig, que subiram após declarações do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, que manteve a defesa de transformar a elétrica em uma companhia sem controladores, em paralelo às negociações sobre federalização da fatia do Estado mineiro na empresa.

Os principais índices acionários de Nova York encerram em leve alta, à espera da divulgação dos resultados trimestrais da Nvidia, amanhã, além da ata da mais recente decisão de juros do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC).

Os índices Dow Jones, S&P500 e Nasdaq 100 avançaram 0,17%, 0,25% e 0,22%, respectivamente. Ao fim da sessão, os rendimentos das Treasuries de dois anos recuavam 0,8 pontos-base, a 4,829%, e as de dez anos, 2,5 pbs, a 4,412%.

Ao longo do dia, operadores voltaram as atenções para declarações de diversos membros do Federal Reserve, que não trouxeram grandes novidades. Os membros seguem reiterando a cautela em se iniciar o ciclo de afrouxamento monetário sem a confiança necessária de trajetória de convergência da inflação para a meta de 2%.

No âmbito corporativo, as ações da Nvidia seguem sob os holofotes, com investidores calibrando expectativas para a divulgação do balanço da terceira maior companhia em termos de capitalização de mercado nos EUA. Números positivos da companhia podem sustentar um rali de Inteligência Artificial observado desde 2023.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/05/2024 0,95%  127.122,25 R$ 24 bilhões
 03/05/2024  1,09%  128.508,67 R$ 27,7 bilhões
06/05/2024 -0,03% 128.465,69 R$ 18,3 bilhões
07/05/2024 0,58% 129.210,48 R$ 23,2 bilhões
08/05/2024 0,21% 129.480,89 R$ 21 bilhões
09/05/2024 -1,0% 128.188,34  R$ 25,6 bilhões
10/05/2024 -0,46%  127.599,57 R$ 22,8 bilhões
13/05/2024 0,44%  128.154,79  R$ 18,3 bilhões
14/05/2024 0,28% 128.515,49 R$ 23,6 bilhões
15/05/2024 -0,38% 128.027,59  R$ 27,2 bilhões
16/05/2024 0,20% 128.283,62 R$ 23,4 bilhões
17/05/2024 -0,10%  128.150,71  R$ 23,9 bilhões
20/05/2024 -0,31% 127.751  R$ 20,2 bilhões
21/05/2024 0,27%  127.411,55 R$ 19,7 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

YDUQ3: +8,65% a R$ 13,69
CMIN3: +4,17% a R$ 5,50
CMIG4: +2,78% a R$ 10,73
CPFE3: +2,38% a R$ 34,84
RAIL3: +2,27% a R$ 20,73

  • BAIXAS IBOVESPA

SUZB3: -5,93% a R$ 49,02
VAMO3: −3,78% a R$ 8,41
LREN3: −3,61% a R$ 14,14
PRIO3: −3,51% a R$ 45,89
LWSA3: −3,07% a R$ 4,42

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Americanas (AMER3)

    Todas as pautas propostas pela administração da Americanas foram aprovadas na assembleia geral extraordinária (AGE) realizada nesta manhã, informa o Broadcast. Saiba mais…

    BRF (BRFS3)

    A BRF informou que realizará sua 5ª emissão de debêntures simples no valor de R$ 2 bilhões. Saiba mais…

    Braskem (BRKM5)

    A Braskem iniciou o processo de retomada gradual das operações das suas plantas situadas no Polo Petroquímico de Triunfo, no Rio Grande do Sul. Saiba mais…

    O relatório final que responsabiliza a Braskem e 8 pessoas que trabalhavam para e petroquímica pelo afundamento de 5 bairros em Maceió (AL) foi aprovado nesta 3ª feira (20.mai.2024), durante a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito). O texto, que também responsabiliza outras 2 empresas e mais 3 pessoas, segue para a Procuradoria Geral da República. Saiba mais…

    Camil (CAML3)

    O conselho de administração da Camil aprovou a 14ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em três séries, no valor de R$ 650 milhões. Saiba mais…

    Embraer (EMBR3)

    A Embraer anunciou memorando de entendimento com os grupos sauditas para o desenvolvimento de um “ecossistema aeroespacial local”, algo que inclui a adoção de aeronaves da fabricante brasileira pelo país do Oriente Médio. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    O comitê de pessoas do conselho de administração da Petrobras (Cope) vai analisar nesta terça-feira, 21, a indicação de Magda Chambriard à presidência da Petrobras, disseram pessoas próximas ao processo. Saiba mais…

    O conselho de administração da Petrobras se reúne na próxima sexta-feira e deverá aprovar Magda Chambriard como a nova presidente-executiva da companhia, segundo três fontes com conhecimento do assunto.Saiba mais…

    A Federação Única dos Petroleiros (FUP) comemorou a decisão da Superintendência-Geral (SG) do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que deu aval ao pedido da Petrobras de renegociação do Termo de Compromisso de Cessão de Conduta (TCC) na área do refino e de manutenção das cinco refinarias da estatal (Repac, Refar, Rnest, Regap e Lubnor). Saiba mais…

    Petrorecôncavo (RECV3)

    A PetroReconcavo aprovou sua primeira emissão de debêntures, em conformidade com as resoluções da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Saiba mais…

    Sabesp (SBSP3)

    No “último passo” para a privatização da Sabesp – como classificou o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) – municípios paulistas que compõem a Unidade Regional de Serviços de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário Sudeste (Urae) 1 aprovaram, nesta segunda-feira (20), a celebração do contrato unificado de concessão com a Sabesp. Dessa forma, os 375 contratos individuais em vigor serão substituídos por um mesmo modelo, adaptado às necessidades municipais. Saiba mais…

    Yduqs (YDUQ3)

    O grupo educacional Yduqs divulgou projeções financeiras para os próximos anos. A companhia estima obter um lucro líquido ajustado por ação de entre R$ 1,6 e R$ 1,9 em 2024. Saiba mais…

    (Com informações da TC Mover e Momento B3)

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário