ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Lowe’s supera expectativas de lucros no primeiro trimestre, mas enfrenta desafios com clientes DIY

LinkedIn

A Lowe’s, varejista americana de materiais de construção, divulgou resultados trimestrais que superaram as expectativas de lucros e receitas de Wall Street, mesmo diante de uma diminuição nas compras de itens caros pelos clientes do tipo “faça você mesmo” (DIY).

A Lowe’s também é negociada na B3 através da BDR (BOV:LOWC34).

Os resultados da Lowe’s refletiram uma tendência semelhante à observada na Home Depot (HD, HOME34), na semana anterior. A Home Depot não atingiu as expectativas de receita, atribuindo isso a um mercado imobiliário mais difícil e ao atraso no início da primavera.

Resultados do primeiro trimestre

Para o primeiro trimestre fiscal, a Lowe’s reportou lucro por ação de US$ 3,06, superando a expectativa de US$ 2,94. A receita foi de US$ 21,36 bilhões, superando a expectativa de US$ 21,12 bilhões.

Apesar desses números positivos, o lucro líquido da Lowe’s caiu para US$ 1,76 bilhão, ou US$ 3,06 por ação, comparado a US$ 2,26 bilhões, ou US$ 3,77 por ação, no mesmo período do ano anterior.

As vendas também diminuíram de US$ 22,35 bilhões, marcando o quinto trimestre consecutivo de declínio ano após ano.

Perspectivas e expectativas

Para o ano fiscal completo, a Lowe’s manteve suas previsões, esperando vendas totais entre US$ 84 bilhões e US$ 85 bilhões, uma queda em relação aos US$ 86,38 bilhões do ano fiscal de 2023. A empresa prevê que as vendas comparáveis diminuam entre 2% e 3% em comparação com o ano anterior, com um lucro por ação projetado entre US$ 12 e US$ 12,30.

Teleconferência de resultados

O CEO Marvin Ellison apontou que a inflação contínua e a incerteza sobre possíveis cortes nas taxas de juros pelo Federal Reserve estão limitando os gastos dos consumidores.

“O cliente de reforma residencial ainda está à margem, expressando preocupações sobre o aumento do custo de vida e o estado da economia em geral”, destacou Ellison.

Ellison também afirmou que os lucros provenientes dos clientes profissionais e o aumento das vendas online contribuíram para mitigar parcialmente a queda nos gastos dos consumidores DIY.

Comparação com a Home Depot

A Lowe’s continua a atrair menos negócios de pintores, empreiteiros e outros profissionais em comparação com a Home Depot, que obtém aproximadamente metade de suas vendas desses profissionais, em contraste com os cerca de 20% a 25% da Lowe’s.

Mesmo assim, a Lowe’s tem feito esforços para aumentar sua participação nesse mercado. Ellison destacou que os ganhos com os profissionais e o crescimento das vendas online ajudaram a compensar parcialmente a queda nos gastos dos consumidores DIY.

Deixe um comentário