ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Momento Cripto: Coincheck prepara listagem na Nasdaq, FTX realizará reembolsos de 118% aos credores, e mais

LinkedIn

Coincheck prepara listagem na Nasdaq via SPAC, seguindo os passos da Coinbase

A Coincheck está a caminho de se tornar a segunda exchange de criptomoedas a ser publicamente listada nos EUA, juntando-se à Coinbase Global (NASDAQ:COIN). A empresa planeja finalizar sua listagem na Nasdaq no segundo ou terceiro trimestre deste ano, através de uma fusão com a SPAC Thunder Bridge Capital Partners IV. Após a fusão, será renomeada para Coincheck Group NV e listada sob o símbolo CNCK. Este movimento, utilizando uma SPAC para a listagem, evita o processo tradicional de oferta pública inicial, embora esse método tenha enfrentado desempenho fraco no mercado recentemente.

Reivindicações da FTX superam expectativas com taxa de recuperação de 118%

A FTX, exchange de criptomoedas que colapsou em novembro de 2022, possui fundos excedentes bilionários graças a uma valorização significativa das criptomoedas, incluindo a venda de ativos diversificados. Isso possibilita reembolsos completos com juros aos credores — um feito raro em falências nos EUA. Com US$ 14,5 a US$ 16,3 bilhões disponíveis para liquidação de US$ 11 bilhões em dívidas, os credores podem esperar uma recuperação notável, ao contrário dos acionistas, que provavelmente serão excluídos devido às dívidas prioritárias com reguladores e o IRS. A FTX anunciou que planeja reembolsar 98% dos seus credores com pelo menos 118% do valor de seus créditos, conforme seu plano de reorganização. Os credores com reivindicações até US$ 50.000 poderiam receber 118% de compensação, sujeito à aprovação judicial.

O plano de recuperação divulgado pela FTX levou a um aumento impressionante nas reivindicações dos credores. As expectativas agora variam entre 101% e 112%, superando as previsões iniciais. Investidores como Thomas Braziel notaram um significativo aumento de reclamantes de alto valor. O plano parece ter ampla aceitação entre os credores, apesar da oposição.

Sunil Kavuri, representante dos principais credores, criticou o plano de reorganização e a manutenção do pagamento em criptomoedas, alegando que a FTX deve muito mais aos seus clientes do que está sendo proposto, além de apontar para gestões inadequadas passadas.

HTX e Astar Network impulsionam inovação blockchain com o TGE Catalyst Grant

A HTX, proeminente exchange de ativos digitais, une forças com a Astar Network (COIN:ASTRUSD) para lançar o TGE Catalyst Grant, apoiando projetos no ecossistema zkEVM da Astar. O programa TGE Catalyst Grant oferece um pacote de suporte abrangente, incluindo assistência financeira, colaboração estratégica com líderes de opinião e campanhas de marketing, visando garantir o sucesso dos lançamentos de tokens e promover a inovação no ecossistema blockchain.

BitMEX introduz negociação de opções para ampliar alcance em criptoativos

A BitMEX, conhecida por swaps perpétuos de alavancagem de 100x (recentemente ampliados para 250x), agora oferece negociação de opções em parceria com a PowerTrade. O CEO Stephan Lutz visa capturar US$ 500 milhões em volume de negociação dentro de três meses, visando concorrentes como a Deribit.

Chainalysis estabelece sede regional em Dubai para impulsionar inovação em criptografia

A Chainalysis, uma empresa especializada em análise de blockchain, transferiu sua sede regional para Dubai, fortalecendo a colaboração com o governo local. Em 8 de maio, a empresa inaugurou sua nova sede, que atenderá o Sul da Europa, Oriente Médio, Ásia Central e África. Esta mudança inclui parcerias com o governo dos Emirados para desenvolver regulamentações inovadoras em criptografia e um centro de excelência para capacitar funcionários governamentais em tecnologia blockchain.

Bitpanda expande parceria com banco austríaco e inaugura escritório em Dubai

A exchange de criptomoedas Bitpanda ampliou sua colaboração com a unidade de Viena do banco austríaco Raiffeisen, oferecendo serviços de criptografia em 55 agências em toda a Áustria. Além disso, a empresa anunciou a abertura de um novo escritório em Dubai, marcando sua primeira expansão para fora da Europa.

Analista prevê recuo no preço do BTC para US$ 60 mil com base em padrões de volume de negociação

No momento da redação deste artigo, o Bitcoin (COIN:BTCUSD) está sendo negociado a aproximadamente US$ 62.575, representando um aumento de 0,38% nas últimas 24 horas. Fernando Pereira, analista da Bitget, observou mudanças notáveis no volume de negociação do Bitcoin nos últimos dias, sugerindo uma tendência negativa para o ativo digital. “Importante observar o movimento no volume de negociação do Bitcoin nos últimos dias. Tivemos um volume decrescente na alta e crescente na baixa, o que mostra que investidores realizaram lucro nessa alta de quase 10% do final de semana. Provavelmente o preço recuará para US$ 60 mil novamente“, destacou Pereira.

Argentina transforma gás encalhado em Bitcoin para impulsionar energia sustentável

Na Argentina, a YPF Luz, subsidiária estatal de energia, em parceria com a Genesis Digital Assets (GDA), lançou uma instalação de mineração de Bitcoin movida a gás, utilizando 1.200 máquinas para monetizar gás natural desperdiçado. Isso ocorre enquanto o país abraça o Bitcoin (COIN:BTCUSD), com o presidente Javier Milei eleito em 2023. A iniciativa não só compensa custos para YPF Luz, mas também reduz as emissões de carbono e sinaliza uma liderança argentina na adoção sustentável da mineração de Bitcoin.

Fluxos recentes de ETFs de Bitcoin à vista

Em 7 de maio, os ETFs de Bitcoin nos Estados Unidos registraram saídas de US$ 15,7 milhões, com o ETF da Grayscale (AMEX:GBTC) liderando essa tendência negativa ao contabilizar saídas de US$ 28,6 milhões. Esse movimento aumentou as saídas totais do GBTC para além de US$ 17,48 bilhões desde o início dos ETFs Bitcoin à vista em janeiro. Enquanto isso, outros ETFs como o Invesco Galaxy Bitcoin (AMEX:BTCO) e Fidelity Wise Origin (AMEX:FBTC) viram entradas modestas. A entrada total em ETFs de Bitcoin nos EUA ainda representa uma cifra impressionante de US$ 11,76 bilhões.

Susquehanna expande investimentos em Bitcoin

De acordo com um arquivamento da SEC, Susquehanna (USOTC:SQCF) intensificou seus investimentos em Bitcoin (COIN:BTCUSD), aplicando US$ 1,3 bilhão em diversos ETFs, com destaque para o Grayscale Bitcoin Trust (AMEX:GBTC), que compõe US$ 1,1 bilhão do total. A empresa também investiu em outros ETFs de Bitcoin nos EUA, como evidenciado no relatório 13F. Além do GBTC, a Susquehanna diversificou suas apostas com investimentos em estratégias de futuros e opções de Bitcoin, visando otimizar seus retornos através de um portfólio diversificado e estratégico.

Grayscale retira proposta de ETF de Ethereum em meio a complexidades regulatórias

A Grayscale Investments cancelou sua proposta de um ETF de Ethereum baseado em ativos físicos junto à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). Especificamente, a NYSE Arca cancelou em 7 de maio um pedido, feito em 3 de maio, que buscava a aprovação para listar e negociar ações do ETF Ethereum Futures Trust da Grayscale. A decisão ocorre em um momento de indefinição regulatória nos EUA quanto aos ETFs focados em criptoativos. Paralelamente, a Grayscale desistiu de seu ETF de Ethereum Futures Trust (ETH), originalmente submetido em setembro passado, buscando maior integração e aceitação do Ethereum no quadro regulatório dos EUA.

Tether lidera crescimento das stablecoins com lucro recorde, expansão na Europa Oriental e 5,6 milhões de endereços ativos

A capitalização das stablecoins cresceu consideravelmente, com a Tether (COIN:USDTUSD) dominando 70% o mercado. O relatório trimestral da Tether revela um lucro recorde de US$ 4,52 bilhões, impulsionado principalmente por participações no Tesouro dos EUA, resultando em US$ 1 bilhão em lucros operacionais líquidos. Além disso, houve um aumento para 5,6 milhões de endereços ativos de Tether. Além disso, a Tether está aumentando seus investimentos na plataforma de pagamento criptográfico CityPay.io, com sede na Geórgia, para impulsionar a adoção de criptomoedas na Europa Oriental. Com mais de 600 locais na Geórgia e planos de lançar soluções de carteira eletrônica e cartão, a CityPay.io visa estabelecer mais de 500.000 pontos de pagamento criptográfico na região.

SEC mira na stablecoin proposta pela Ripple em ação judicial recente

A SEC dos EUA intensificou sua ofensiva contra a Ripple (COIN:XRPUSD), mirando na stablecoin proposta pela empresa em seu mais recente processo judicial. O regulador descreveu a stablecoin como um “ativo criptográfico não registrado” e argumentou que isso é uma prova de que a Ripple persistirá em atividades não reguladas sem uma liminar permanente. Em abril, a Ripple anunciou planos para lançar a moeda, mas manteve detalhes em sigilo desde então. A SEC também pede uma penalidade substancial de quase US$ 2 bilhões para desencorajar práticas semelhantes, contrastando drasticamente com a proposta de penalidade de US$ 10 milhões da Ripple.

Desafios dos blockchains públicos para transações maciças

Durante a Cúpula de Inovação do BIS, Umar Farooq, CEO da plataforma Onyx do JPMorgan (NYSE:JPM), expressou preocupações sobre a adequação dos blockchains públicos para grandes transações. Ele enfatizou a falta de responsabilidade dos validadores em caso de falha de uma transação significativa. Farooq defendeu a necessidade de um sistema unificado e responsável, contrastando com o modelo atual das blockchains públicas. Apesar disso, a preferência das instituições financeiras tradicionais por blockchains públicos está crescendo, impulsionada por iniciativas como o fundo BUIDL da BlackRock.

O futuro dos contratos inteligentes com IA, segundo Emin Gün Sirer

Emin Gün Sirer, fundador da Ava Labs e criador do blockchain Avalanche, destacou as complexidades da programação de contratos inteligentes durante a Cornell Blockchain Conference em Nova York. Sirer discutiu como a intenção é difícil de capturar na codificação e como a inteligência artificial poderia revolucionar esse processo. Ele propôs um futuro onde contratos inteligentes poderiam ser redigidos em linguagem natural, permitindo até que advogados, em vez de codificadores, dominem essa tarefa. Sirer também visualizou um cenário onde qualquer pessoa poderia criar contratos inteligentes em seu idioma nativo, simplificando transações complexas tão facilmente quanto se escreve um cheque.

Trader perde mais de um milhão de dólares em criptomoedas após hard fork controverso

Um investidor, sob o pseudônimo NN, relatou uma perda de mais de um milhão de dólares em criptomoedas devido a um hard fork não aprovado pela comunidade na rede 0L. A bifurcação, desencadeada para corrigir um bug explorado por um membro “desonesto” do núcleo, resultou na queima de 4% do fornecimento total e afetou as carteiras de vários detentores, incluindo NN, que havia adquirido 147 milhões de tokens Libra em fevereiro de 2023. A equipe de 0L já sabia do bug há anos, mas só agiu recentemente, prejudicando muitos detentores legítimos de tokens.

Solana pode superar Ethereum em taxas de transação, segundo analista da Blockworks

A rede Solana (COIN:SOLUSD) está prestes a superar Ethereum (COIN:ETHUSD) em taxas de transação, segundo Dan Smith, analista da Blockworks. Em um post recente, Smith prevê que Solana poderia ultrapassar Ethereum em taxas e Valor Extraível Máximo (MEV) ainda esta semana, refletindo um aumento significativo na competitividade da rede. Este desenvolvimento poderia reforçar o status de Solana como uma possível alternativa ao Ethereum. Ainda assim, em termos de valor total bloqueado (TVL), Solana mantém apenas uma fração comparada ao Ethereum.

Injective anuncia expansão com nova rede de camada 3 no ecossistema Ethereum

O blockchain Injective planeja uma expansão significativa ao lançar uma rede de camada 3 dentro do ecossistema Ethereum. Utilizando a tecnologia da Arbitrum, o “inEVM” de Injective será compatível com a Ethereum Virtual Machine e interligará as redes Ethereum, Cosmos e Solana. Esta integração oferece aos desenvolvedores a capacidade de criar cadeias personalizadas enquanto facilita a interoperabilidade entre múltiplos ecossistemas, e potencialmente revitalizando o valor do token INJ (COIN:INJUSD), que desvalorizou quase 30% em 2024.

Arbelos Markets levanta US$ 28 milhões em rodada de financiamento inicial e de dívida

Arbelos Markets, provedor de liquidez em cripto, garantiu US$28 milhões em rodada de financiamento inicial e de dívida, liderada pela Dragonfly Capital. A empresa planeja aprimorar infraestrutura de trading e contratar mais pessoal, além de diversificar produtos. Fundada em 2023 por Joshua Lim e Shiliang Tang, a Arbelos visa liderar o mercado com sua Transparency Engine. O aumento do interesse institucional impulsiona sua relevância, especialmente em derivativos cripto.

Sophon levanta US$60 milhões com venda de nós em ETH

Sophon, uma rede de camada 2 construída com ZK Stack da Matter Labs, obteve US$60 milhões vendendo 121.000 nós, com preços entre 0,0813 e 2,0556 ETH. Investidores incluem Maven 11, Paper Ventures e SevenX Ventures. Sophon recebeu um total de 20.800 wETH como pagamento pelos nós vendidos. A Sophon reserva 20% do fornecimento de seu token para detentores de nós. A venda de nós, com 45 milhões de investidores privados e 15 milhões de varejo, é uma forma emergente de financiamento.

Founders Fund lidera financiamento de US$ 13,2 milhões para Lagrange Labs

O Founders Fund de Peter Thiel liderou uma rodada de financiamento de US$ 13,2 milhões para a Lagrange Labs, uma startup de criptografia baseada na plataforma EigenLayer da Ethereum. Especializada em provas de conhecimento zero (ZK), a Lagrange desenvolveu um “coprovador” ZK para permitir cálculos intensivos fora da cadeia, fornecendo uma solução escalável e segura. Além do Founders Fund, investidores como Archetype Ventures e Kraken também participaram da rodada inicial.

Deixe um comentário