ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Momento Cripto: Telegram lança novo token para pagamentos, Semler Scientific amplia investimento em BTC

LinkedIn

Telegram lança “Telegram Stars” para facilitar pagamentos in-app

O Telegram anunciou o lançamento de “Telegram Stars”, um novo token in-app destinado a compras de bens e serviços digitais. Pavel Durov, CEO da empresa, destacou que o token permite transações simplificadas nos miniaplicativos, com possibilidade de conversão para Toncoin (COIN:TONCOINUSD). Além disso, os desenvolvedores podem usar Stars para promover seus aplicativos dentro do Telegram. Durov também revelou que o Telegram subsidiará anúncios pagos com Stars, incentivando economicamente os desenvolvedores a reinvestir na plataforma.

Semler Scientific amplia investimento em Bitcoin e planeja captação de US$ 150 milhões

Semler Scientific (NASDAQ:SMLR), fabricante de dispositivos médicos, anunciou a compra de 247 bitcoins adicionais por US$ 17 milhões, totalizando 828 BTC em reservas. A empresa também revelou planos para levantar US$ 150 milhões visando a expansão de seus ativos em Bitcoin (COIN:BTCUSD). Essa estratégia segue o exemplo da MicroStrategy (NASDAQ:MSTR), pioneira na adoção do Bitcoin como ativo de reserva corporativa. O CEO Doug Murphy-Chutorian reafirmou o compromisso da Semler em diversificar suas estratégias de expansão e investimento, enfatizando a proteção contra a inflação e a instabilidade global como motivações chave.

Mercado cripto em queda após surpresa em relatório de emprego dos EUA

O Bitcoin (COIN:BTCUSD) caiu abaixo de US$ 70 mil, ou cerca de 2,5%, após a divulgação das folhas de pagamento não agrícolas dos EUA, que mostraram um aumento inesperado de 272.000 empregos em maio, superando a previsão de 180.000. A surpresa levou a uma queda generalizada no mercado cripto, com Ethereum (COIN:ETHUSD) em queda de -3,6% e outros tokens também perdendo valor.

ETF Bitcoin da BlackRock atinge marco com acúmulo de 302.534 BTC

Em 6 de junho, os ETFs de Bitcoin à vista nos EUA continuaram sua escalada impressionante com 18 dias consecutivos de entradas líquidas, somando entradas de US$ 217,7 milhões. No acumulado da semana, os fundos já somam quase US$ 1,7 bilhão em entradas. O ETF da BlackRock (NASDAQ:IBIT) liderou o dia com entradas de US$ 349,9 milhões, enquanto o da Grayscale (AMEX:GBTC) registrou saídas de US$ 37,6 milhões. Com cerca de 4.920 BTC em entradas líquidas ontem, o ETF Bitcoin da BlackRock já acumulou 302.534 BTC, de acordo com sua página de fundos.

Aprovação de ETFs Ether à vista nos EUA depende da resposta dos emissores

Gary Gensler, presidente da SEC, declarou que a aprovação dos ETFs Ether à vista nos EUA depende da agilidade dos emissores em responder aos comentários da comissão. Embora a SEC tenha aprovado registros para listagem desses ETFs, as negociações só iniciarão após aprovações adicionais. Gensler enfatizou que a responsividade dos emissores é crucial, dissipando preocupações sobre possíveis atrasos deliberados por parte da SEC.

Kraken visa IPO em 2025 após rodada final de financiamento de US$ 100 milhões

Segundo relatos da Bloomberg, a exchange de criptomoedas Kraken está buscando arrecadar US$ 100 milhões até o final deste ano em uma rodada de financiamento decisiva, visando uma oferta pública inicial (IPO) em 2025. A empresa está atualmente em negociações para incorporar um membro de destaque ao seu conselho, que contribuiria para organizar e conduzir o IPO. A exchange deverá registrar seu IPO na SEC, que atualmente litiga contra a empresa por suposta operação ilegal como bolsa e corretora não registradas. As discussões estão ainda em estágio inicial e sem formalização.

Coinbase lança índice h para melhorar análise de adoção on-chain

A Coinbase Global (NASDAQ:COIN) introduziu o índice h, uma nova métrica destinada a aprimorar o acompanhamento da adoção on-chain de criptomoedas. Essa métrica busca superar as distorções causadas por atividades como lançamentos aéreos e ataques Sybil. O índice h destaca a relação entre endereços de envio e recebimento, promovendo uma análise mais precisa do crescimento e atividade nas redes blockchain.

Base ascende ao topo das cadeias de camada 2 por depósitos

A rede Ethereum de Camada 2, Base, incubada pela Coinbase, alcançou um marco ao atingir US$ 1,7 bilhão em valor total bloqueado, colocando-se entre as três principais cadeias por depósitos. Esse crescimento de 20% desde maio impulsionou a Base a ultrapassar a OP Mainnet e se estabelecer atrás apenas de Arbitrum e Blast. Contribuíram para esse sucesso as exchanges descentralizada Aerodrome e a Uniswap.

Cake Wallet integra Lightning e eleva usabilidade do Bitcoin

Em uma atualização significativa, a Cake Wallet incorporou a tecnologia Lightning Network, ampliando o potencial do Bitcoin para transações cotidianas. Essa inovação garante operações mais rápidas e econômicas, mantendo a alta segurança e privacidade. Roy Sheinfeld, CEO da Breez, ressaltou que essa integração pode catalisar uma adoção mais ampla do Bitcoin, tornando-o mais acessível. A colaboração também envolve a incorporação do SDK de Breez na Cake Wallet, o que enriquece suas funcionalidades e fortalece um ecossistema criptográfico aberto. A expectativa é que essa funcionalidade esteja disponível ao público em julho de 2024, facilitando transações Bitcoin eficientes e práticas para os usuários.

Zilliqa anuncia atualização 2.0 visando melhorias e integração cross-chain

A Zilliqa (COIN:ZILUSD) revelou detalhes de sua aguardada atualização 2.0, prevista para lançamento no final de 2024. A nova versão promete avanços significativos em velocidade e eficiência, destacando-se pelo recurso x-shards, que permite a personalização de experiências blockchain. Além disso, a transição para um sistema de consenso de prova de participação e a compatibilidade com Ethereum Virtual Machine (EVM) visam tornar a rede mais sustentável e integrada. A atualização também introduz melhorias de tokenomics, fomentando uma economia mais robusta e diminuindo a inflação.

Sky Mavis recupera US$ 5,7 milhões com auxílio do governo norueguês após exploração

A Sky Mavis, criadora do jogo Axie Infinity, anunciou a recuperação bem-sucedida de aproximadamente US$ 5,7 milhões que foram roubados na exploração da Ponte Ronin. Essa conquista contou com o apoio crucial do governo norueguês, com a Autoridade Nacional Norueguesa para Investigação e Processamento de Crimes Econômicos e Ambientais (Økokrim) empenhando um papel decisivo no congelamento e retorno dos ativos.

CoinGecko sofre violação de dados através de ferramenta de e-mail de terceiros

A plataforma CoinGecko enfrentou uma violação de dados significativa via GetResponse, sua ferramenta de e-mail marketing de terceiros, em 5 de junho. Um ataque cibernético comprometeu 2 milhões de contatos e permitiu o envio de 23.723 e-mails de phishing. A CoinGecko assegura que as senhas e contas de usuários não foram afetadas. Apesar disso, ocorreu a exposição de e-mails, IPs e dados de localização. A empresa está atualizando suas medidas de segurança e aconselha usuários a desconfiarem de e-mails suspeitos relacionados a airdrops.

Plataforma Twetch encerra operações e complica acesso a NFTs

A Twetch, plataforma de mídia social baseada em blockchain Bitcoin SV e rival do X, encerrou suas operações de forma abrupta em 6 de junho, deixando usuários sem acesso a retiradas de NFTs e coleções virtuais. A empresa respondeu a preocupações de investidores afirmando que está trabalhando na questão. Apesar do encerramento, o aplicativo móvel Twetch ainda está disponível para download. A plataforma também considera liberar seu código-fonte, possibilitando que outros desenvolvam versões alternativas do Twetch.

Procuradora de NY processa por fraude cripto de US$ 1 bilhão

Letitia James, Procuradora-Geral de Nova York, abriu um processo contra a AWS Mining e NovaTech por operarem supostos esquemas de pirâmide que defraudaram mais de US$ 1 bilhão de investidores de ascendência haitiana, e pelo menos 11.000 nova-iorquinos. Segundo a acusação, os réus, incluindo Cynthia e Eddy Petion, atraíram os investidores com promessas de altos retornos, usando estratégias de marketing focadas em comunidades vulneráveis. Os acusados fugiram para o Panamá em 2022 após a fraude começar a colapsar.

Deixe um comentário