A Oi (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4) anunciou nesta terça-feira, três iniciativas que fazem parte de um novo conjunto de esforços para aprofundar a participação da operadora no segmento de produtos, serviços e conteúdos, expandindo sua atuação além da oferta de telefonia e internet.

A principal novidade é o lançamento do Oi Place, um site que irá agregar 3 mil produtos e serviços de parceiros, ou seja, funcionará como um marketplace. A plataforma estará aberta a todos os consumidores, não só aos clientes da tele.

“Queremos transformar a companhia em uma grande marca de consumo de produtos, serviços e conteúdo”, afirmou o vice-presidente de Clientes da Oi, Bernard Winik, durante entrevista coletiva online à imprensa.

O marketplace vai vender itens relacionados à conectividade e experiências digitais, que vão desde celulares, televisões, notebooks, games até fechaduras digitais, câmeras residenciais e lâmpadas que respondem a comandos de voz, entre outros itens.

“O objetivo é trazer mais soluções para vida digital dos consumidores. O marketplace vai funcionar como o supermercado onde o cliente pode encontrar produtos para potencializar as suas conexões”, explicou o Diretor de Marketing Empresarial, Renato Guenzburger.

Para compor sua própria plataforma de vendas, a Oi fechou parceiras com marcas como Nokia, Intelbras, D-Link, Motorola, entre outros. Na próxima fase de desenvolvimento do marketplace serão incorporados serviços do ramo, como instalação e consultoria de equipamentos digitais para melhorar a experiência dos consumidores com esses itens, acrescentou Guenzburger.

A Oi também anunciou hoje a repaginação do Oi Play e do Clube de Vantagens.

O Oi Play – serviço de streaming que agrega conteúdos de vídeo em um só lugar, como a Netflix ou Amazon Prime Vídeo – passou por melhorias no portfólio, apresentação e funcionalidades da plataforma nos últimos meses. Também estão sendo agregados entre 10 e 15 canais de TV ao vivo, como a CNN Brasil, por exemplo.

O diretor de Marketing disse que essas medidas contribuíram para uma alta de 58% no número de usuários ativos e crescimento de 87% nas receitas nos últimos cinco meses.

Por sua vez, o Clube de Vantagens, chamado Oi Mais Alegria, está passando por um avanço no seu portfólio de serviços e descontos oferecidos aos clientes da tele.

Oi/Winik: plataformas de produtos e serviços farão parte da ClientCo

O marketplace da Oi, assim como sua plataforma de streaming de vídeo e o clube de vantagens, farão parte da unidade de negócios chamada ClientCo e ficarão fora do processo de vendas de ativos em leilões.

“Tudo isso faz parte da ClientCo, que é a Nova Oi, que não será vendida”, explicou o vice-presidente de Clientes da Oi, Bernardo Winik, durante entrevista coletiva online à imprensa.

O executivo lembrou que a Oi está passando por um processo de segregação dos seus ativos em unidades produtivas isoladas (UPIs). As redes móveis, torres e data centers constituirão diferentes UPIs e serão colocados à venda, assim como parte do negócio de fibra ótica.

Por sua vez, os serviços de conectividade ao cliente permanecerão na ClientCo, unidade de negócios que fará parte da futura “Nova Oi”, disse Winik. “Será uma unidade focada em clientes e consumo, focada em produtos e serviços, e não será vendida”.

OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2020 até Dez 2020 Click aqui para mais gráficos OI PN.
OI PN (BOV:OIBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2019 até Dez 2020 Click aqui para mais gráficos OI PN.