A Engie Brasil registrou lucro de R$ 529 milhões no primeiro trimestre, alta de 3,3% em comparação com igual período em 2020. De acordo com o grupo, os resultados foram impactados pela variação do Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) na correção das concessões a pagar.

A receita operacional líquida ficou em R$ 3,25 bilhões, aumento de 25,3% na comparação anual.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – cresceu 30,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado e alcançou R$ 1,73 bilhão.

Durante o trimestre, contribuíram para o aumento da geração de energia a melhoria das condições hidrológicas na Região Sul, onde a companhia opera usinas hidrelétricas, assim como a entrada em operação do Conjunto Eólico Campo Largo II, localizado em Umburanas (BA). Ao todo, a produção de energia nas usinas operadas pela EBE foi de 9.938 gigawatts hora (GWh) nos três primeiros meses do ano, volume 26% maior do que o registrado no primeiro trimestre de 2020.

Os investimentos da EBE no primeiro trimestre somaram R$ 982 milhões, com a maior parte aplicada na construção dos novos projetos. Ao todo, o grupo planeja investir R$ 3,6 bilhões para o ano de 2021, com foco em ativos de geração renovável e transmissão.

A Engie aprovou em AGO a proposta de distribuição de dividendos complementares relativos ao exercício de 2020, no valor de R$ 610 milhões (R$ 0,7471 por ação).

Os resultados da Engie (BOV:EGIE3) referentes às suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 05/05/2021. Confira o Press release na íntegra!

 

ENGIE BRASIL ON (BOV:EGIE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2021 até Jul 2021 Click aqui para mais gráficos ENGIE BRASIL ON.
ENGIE BRASIL ON (BOV:EGIE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2020 até Jul 2021 Click aqui para mais gráficos ENGIE BRASIL ON.