A Moura Dubeux registrou volume de vendas e adesões líquidas de R$ 383,309 milhões no segundo trimestre deste ano, alta de 400,7% ante o mesmo período do ano passado. Ao mesmo tempo, o indicador avançou 57% na comparação com o primeiro trimestre deste ano.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:MDNE3) nesta segunda-feira (12).

Entre abril e junho, a empresa lançou sete projetos com total de R$ 579 milhões em valor geral de vendas (VGV) bruto e R$ 501 milhões em VGV líquido, em comparação com o ano anterior. Nos últimos 12 meses, o VGV líquido lançado foi de R$ 1,3 bilhão.

A venda sobre oferta (VSO) de lançamentos chegou a 41,9%. As vendas contratadas atingiram R$ 416,191 milhões, crescimento anual de 307,6%.

No trimestre, os distratos correntes totalizaram R$ 22,859 milhões, representando 5,6% das vendas e adesões brutas, com aumento de 51,1% na comparação anual.

A Moura Dubeux alcançou R$ 4,1 bilhões em landbank (banco de terrenos), com a aquisição de oito terrenos no período. Somados, os ativos possuem VGV bruto potencial de R$ 721 milhões.

A companhia também destaca que teve geração de caixa de R$ 24 milhões no trimestre.

VISÃO DO MERCADO

Eleven Financial 

Em nossa visão, a companhia está apresentando bons resultados e um forte potencial de crescimentos no médio prazo, negociando a um múltiplo de P/BV 2022 de 0,75x e desconto de 15% frente a MELK e 35% frente a média dos pares que atuam em São Paulo na média e alta renda, o que nos parece exagerado.

Eleven mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 14,00…

Itaú BBA

O Itaú BBA viu o dado da Moura Dubeux como positivo, devido a bons resultados operacionais, com fortes vendas e mais um trimestre de geração de fluxo de caixa, apesar das compras de terrenos.

Credit Suisse

O Credit avaliou os resultados da Moura Dubeux como positivos. Para atingir a estimativa de lançamentos do Credit para 2021, de R$ 1,3 bilhão, a empresa ainda precisa lançar R$ 708 milhões em empreendimentos, algo que o banco avalia como possível devido à perspectiva melhor para a pandemia no Brasil. O banco mantém recomendação de compra.

A Moura Dubeux pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 11 de agosto.

Lucro líquido de R$ 17 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A construtora Moura Dubeux teve lucro líquido de R$ 17,8 milhões no período de janeiro a março de 2021, revertendo prejuízo líquido de R$ 32,3 milhões do primeiro trimestre do ano passado.

receita líquida nos três primeiros meses do ano teve alta de 143%, para R$ 161,2 milhões.

A receita líquida de incorporação subiu 188,3% na comparação ano a ano, para R$ 108,010 milhões, enquanto a receita de condomínio subiu 84,4%, na mesma base comparativa, para R$ 53,196 milhões.

“O aumento na Receita Líquida em relação ao mesmo período do ano anterior decorre do mix entre a boa performance de vendas dos estoques prontos e lançamentos assertivos no segmento de Condomínios. Isso é comprovado pelo sucesso do projeto Beach Class Verano na Praia de Porto de Galinhas/PE, que apresentou demanda três vezes maior do que sua oferta; além de Fee de comercialização do terreno de dois projetos, Olhar Caminho das Árvores no estado da Bahia e Verdano no estado de Pernambuco”, explica a incorporadora.

MOURA DUBEAUX ON (BOV:MDNE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos MOURA DUBEAUX ON.
MOURA DUBEAUX ON (BOV:MDNE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos MOURA DUBEAUX ON.