O Conselho de Administração da Porto Seguro aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) relativos ao primeiro semestre de 2021, no valor de R$ 221.231.000,00 brutos.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:PSSA3) na segunda-feira (26). Confira o documento na íntegra.

O valor bruto dos JCP corresponde a R$ 0,69151091 por ação, desconsideradas as ações em tesouraria. Sobre este montante incidirá retenção de imposto de renda na fonte à alíquota de 15%.

O crédito correspondente a esses juros será efetuado contabilmente, em valores líquidos, em 29 de julho de 2021, de forma individualizada a cada acionista com base na posição acionária final dessa data (inclusive), sendo que a partir de 30 de julho de 2021 as ações da companhia serão negociadas ex-direito aos referidos JCP.

O pagamento será realizado até 30 de maio de 2022, podendo ser feito anteriormente, a critério da administração.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 02 de agosto.

⇒ Confira a agenda completa de resultados do segundo trimestre de 2021 (2T21)

Porto Seguro (PSSA3): lucro líquido recorrente de R$ 296,6 milhões, alta de 49%

lucro líquido recorrente da Porto Seguro teve alta de 49% na comparação anual, para R$ 296,6 milhões no primeiro trimestre de 2021.

resultado financeiro atingiu 193,7 milhões no trimestre, através de um retorno sobre as aplicações financeiras (ex-previdência) de 2,36% no período (equivalente a 488% do CDI no período). Com isso, reverteu o prejuízo de R$ 1,5 milhão visto no primeiro trimestre de 2020.

retorno sobre patrimônio médio no primeiro trimestre de 2021 ficou em 14,7%, com elevação de 4 pontos percentuais frente ao mesmo período de 2020.

As receitas totais do grupo atingiram R$ 4,847 bilhões, com crescimento anual de 6,8%. Em termos de faturamento, todas as áreas de atuação do grupo apresentaram crescimento na comparação com o mesmo período de 2020.

A vertical seguros teve crescimento anual de receitas de 6,6% para R$ 3,392 bilhões. A área de negócios financeiros, que inclui cartões de crédito e financiamentos, subiu 7,8% para R$ 774 milhões na mesma base. O braço de saúde apresentou faturamento de R$ 524 milhões, com avanço de 5,1%. E o braço de serviços suiu 11% para uma arrecadação de R$ 156 milhões.

No consolidado de todos os negócios de seguros, o índice combinado recorrente atingiu 92,3% no trimestre, com queda de 1,8 ponto percentual ante o primeiro trimestre de 2020. O recuo, segundo a Porto, foi decorrente principalmente da redução da sinistralidade do seguro auto, com queda de 6,1 pontos na mesma base de comparação, “beneficiado pela melhoria nos modelos de subscrição e precificação de risco, e pela redução nas frequências de sinistros em função da pandemia”.
O índice de despesas administrativas e operacionais melhorou 0,3 ponto no trimestre, no melhor nível para um primeiro trimestre dos últimos dez anos, diz a companhia

PORTO SEGURO ON (BOV:PSSA3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2021 até Nov 2021 Click aqui para mais gráficos PORTO SEGURO ON.
PORTO SEGURO ON (BOV:PSSA3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2020 até Nov 2021 Click aqui para mais gráficos PORTO SEGURO ON.