A Energisa registrou alta de 1,4% no consumo de energia em suas distribuidoras em julho na comparação com o mesmo mês de 2020, totalizando 2.895 GWh. No acumulado do ano até julho, o consumo apresentou acréscimo de 3,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, para 21.124 GWh.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:ENGI11) nesta quinta-feira (26).

Considerando o mercado não faturado, o crescimento total foi de 2,8% no acumulado de sete meses, para 20.929 GWh.

Segundo a empresa, o desempenho do mês foi impulsionado, principalmente, pelo aumento do consumo de energia das classes comercial (alta de 7%) e industrial (4,2%), direcionado pelas flexibilizações de restrições ao comércio e serviços e pelo bom desempenho de alguns ramos industriais. Seis das 11 distribuidoras apresentaram aumento no consumo de energia em suas áreas de concessão.

Por outro lado, a classe residencial apresentou queda de 1% (10,3 GWh), caindo em cinco distribuidoras, desempenho devido a uma combinação de temperaturas mais baixas e base alta em julho de 2020 (de alta de 4,2%).

A classe rural registrou queda de 3,1% (10,1 GWh) na comparação anual, influenciada por efeito calendário e base alta de comparação.

Energisa (ENGI11): lucro líquido de R$ 749 milhões no 2T21

Influenciada por uma forte recuperação nas vendas, a Energisa reportou lucro líquido consolidado de R$ 749 milhões no segundo trimestre do ano, revertendo prejuízo de R$ 88 milhões reportado no mesmo período do ano passado, refletindo o efeito positivo de R$ 142 milhões referente à Marcação a Mercado de Derivativos, sem efeito caixa, sendo R$ 72,8 milhões de impacto negativo referente ao bônus de subscrição atrelado à 7ª emissão.

receita líquida da Energisa totalizou R$ 8,622 bilhões no trimestre, alta de 31,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida, sem recebimento de construção, teve alta de 36,7% no período na mesma base de comparação, para R$ 5,294 bilhões.

Também se deve considerar o impacto de R$ 214,8 milhões positivo referente à opção de compra pela companhia da participação de minoritários da Energisa Participações Minoritárias. No acumulado do semestre foi apurado salto de 228,6% no lucro, para R$ 1,622 bilhão.

O ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – subiu 90,5% base anual, para R$ 1,385 bilhão. O Ebtida ajustado atingiu R$ 1,497 bilhão, valor 86,8% maior na mesma base de comparação. No acumulado do semestre, o Ebitda atingiu R$ 2,922 bilhões, aumento de 68,8%.

Informações Broadcast

ENERGISA (BOV:ENGI11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2022 até Mai 2022 Click aqui para mais gráficos ENERGISA.
ENERGISA (BOV:ENGI11)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mai 2021 até Mai 2022 Click aqui para mais gráficos ENERGISA.