O Bradesco fechou uma parceria com as operadoras Claro e Embratel para explorar o uso da tecnologia 5G no atendimento bancário. De acordo com o banco, o foco é na melhoria da jornada do cliente. A intenção é avaliar como as aplicações 5G auxiliarão em serviços em que alta velocidade, baixa latência e grande capacidade de processamento de dados são diferenciais.

A parceria envolve ainda a NTT DATA e a IBM. A primeira prova de conceito que as empresas desenvolveram para o banco é na busca de imóveis para financiamento. O produto busca tornar mais rápida a procura e a aquisição de imóveis, com pesquisa por filtros de interesse dos clientes, navegação por um modelo 3D da propriedade e interação com os ambientes em realidade aumentada.

Um projeto-piloto já está em andamento junto com uma incorporadora. “Trabalhamos com as tecnologias para o Metaverso há mais de dois anos no nosso laboratório de inovação”, afirma Silvana Pioli Vallim, sócia da NTT DATA na área de banking.”

Em breve, outro modelo deve ser testado para avaliar como a tecnologia pode aumentar a eficiência e a segurança das agências do banco. Uma das unidades, na capital paulista, recebeu a instalação de uma rede 5G da Claro, com a conexão de câmeras digitais à rede, que por sua vez, é integrada ao IBM Máximo Visual Inspection.

Através dessa ferramenta, o banco afirma que será possível analisar e detectar possíveis situação de risco de segurança em tempo real.

“O avanço do 5G representa uma série de oportunidades habilitando um maior volume de dados conectados à dispositivos de IoT que possibilitarão uma maior compreensão das necessidades das pessoas”, afirma Edilson Dias dos Reis, diretor executivo do Bradesco. “Com tudo conectado, sai na frente quem interpreta melhor os dados em prol de melhores experiências e ofertas 100% centradas no perfil e momento de vida do cliente.”

Segundo ele, o uso da ferramenta é uma colaboração entre as áreas de negócios, clientes, parceiros de tecnologia, investidores e mentores. “Assim está acontecendo nas experimentações com 5G, conectamos as áreas de negócio do Bradesco com parceiros de tecnologia para testar processos operacionais mais eficientes e otimizados, além de melhores experiências para clientes e usuários, estreitando nosso relacionamento e gerando confiança”, pontua.

A Embratel afirma que o projeto deve ajudar a construir mais oportunidades de utilização do 5G no mundo empresarial. “O 5G irá revolucionar o mercado corporativo, em diversos segmentos, e os testes realizados no Bradesco já demonstram o potencial da tecnologia”, diz Antonio João Filho, diretor-executivo da Embratel para mercado financeiro.

“O leque de possibilidades que o 5G oferece é extremamente vasto e as principais aplicações que devem revolucionar diversos setores provavelmente ainda não foram criadas”, afirma Rodrigo Duclos, diretor de Inovação Digital da Claro e fundador do beOn Claro.

O beOn é o hub de inovação da Claro, e também participa do projeto, vem como o ecossistema de fomento à inovação do Bradesco (BOV:BBDC3) (BOV:BBDC4), o inovabra.

Informações Broadcast

BRADESCO ON (BOV:BBDC3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Out 2022 até Nov 2022 Click aqui para mais gráficos BRADESCO ON.
BRADESCO ON (BOV:BBDC3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Nov 2022 Click aqui para mais gráficos BRADESCO ON.