A Braskem reportou prejuízo líquido de R$ 1,103 bilhão no terceiro trimestre de 2022, ante lucro líquido de R$ 3,537 bilhões no mesmo período de 2021, informou a petroquímica.

Conforme a empresa, o resultado se deve, principalmente, ao impacto do menor resultado operacional e da variação cambial no resultado financeiro dada a depreciação do real e do peso mexicano final do período frente ao dólar.

A receita líquida ficou em R$ 25,387 bilhões no 3º trimestre do ano, representando estabilidade diante do trimestre anterior e recuo de 10% na comparação ao mesmo período de 2021.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – recorrente foi de R$ 1,967 bilhão no 3T21, um recuo de 74% frente ao 3T21 e abaixo da projeção Refintiv, que era de R$ 3,237 bilhões.

A empresa atribui o desempenho a “normalização dos spreads internacionais de PE, PP e PVC no Brasil, PP nos Estados Unidos e Europa, e PE no México; e do menor volume de vendas de principais químicos e resinas no segmento Brasil e PP nos Estados Unidos e na Europa”.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 1,696 bilhão no terceiro trimestre de 2022, uma diminuição de 45% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2021.

O custo dos produtos vendidos foi impactado no montante líquido de US$ 54 milhões (R$ 281 milhões) referente ao efeito contábil de realização dos estoques devido aos maiores custos de produção, principalmente, de nafta adquirida em períodos anteriores.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 2,229 bilhões no terceiro trimestre de 2022, um recuo de 73% na comparação com igual etapa de 2021.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 685 milhões no 3T22, um crescimento de 7% em relação ao mesmo período de 2021.

A geração recorrente de caixa da companhia foi de R$ 1,6 bilhão, e o retorno do fluxo de caixa foi de 45% no 3T22. Adicionando os pagamentos referentes ao evento geológico de Alagoas realizados no 3T22, a companhia apresentou uma geração de caixa de R$ 900 milhões, e o retorno de fluxo de caixa foi de 31%.

Em 30 de setembro de 2022, a dívida líquida da companhia era de R$ 4,441 bilhões, um crescimento de 11% na comparação com a mesma etapa de 2021.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda recorrente, ficou em 1,55 vez em setembro/22, alta de 0,72 vez em relação ao mesmo período de 2021.

A posição de caixa ficou em US$ 2,2 bilhões, patamar que garante a cobertura dos vencimentos de dívida nos próximos 63 meses, não considerando a linha de crédito rotativo internacional (stand by) disponível no valor de US$ 1,0 bilhão, com vencimento em 2026.

Os resultados da Braskem (BOV:BRKM3) (BOV:BRKM5) e (BOV:BRKM6) referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2022 foram divulgados no dia 08/11/2022. Confira o Press release na íntegra!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

BRASKEM PNB (BOV:BRKM6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNB.
BRASKEM PNB (BOV:BRKM6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2022 até Jan 2023 Click aqui para mais gráficos BRASKEM PNB.