PIB Brasil 2019

O PIB no primeiro semestre de 2019 apresentou variação de 0,7% em relação a igual período de 2018, que representa uma desaceleração em relação à expansão de 1,2% no semestre encerrado em dezembro de 2018. Nesta base de comparação, houve desempenho positivo nos Serviços (1,2%) e na Agropecuária (0,1%). Na Indústria (-0,4%) o desempenho foi negativo.

Dentre as atividades industriais, as Indústrias Extrativas (-6,3%) e a Construção (-0,1%) apresentaram desempenho negativo no primeiro semestre do ano. As Indústrias de Transformação (0,0%) ficaram estáveis, enquanto houve crescimento das atividades de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos (3,6%). Nos Serviços, houve avanços em Informação e comunicação (3,4%), Atividades imobiliárias (2,8%), Outras atividades de serviços (1,5%), Comércio (1,3%), Transporte, armazenagem e correio (0,2%) e Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (0,2%). Já as Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (0,0%) permaneceram estáveis.

Na análise da demanda interna, considerando a comparação semestral, destaca-se aumento de 3,1% da Formação Bruta de Capital Fixo. A Despesa de Consumo das Famílias cresceram 1,5%, enquanto que a Despesa de Consumo do Governo recuou em 0,3%. No que se refere ao setor externo, as Exportações de Bens e Serviços e as Importações de Bens e Serviços apresentaram expansão de 1,4% e 1,0%, respectivamente.

 

PIB Brasil – 2° Trimestre de 2019

No segundo trimestre de 2019, o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 0,4% em relação ao primeiro trimestre de 2019, na série com ajuste sazonal. Na comparação com igual período de 2018, o PIB apresentou crescimento de 1,0%. No acumulado dos quatro trimestres terminados no segundo trimestre de 2019, o PIB teve avanço de 1,1% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. O PIB no 1o semestre de 2019 apresentou variação de 0,7% em relação a igual período de 2018.

PIB VALOR CORRENTE (R$) VARIAÇÃO TRIMESTRAL
VARIAÇÃO ANUAL
VARIACÃO ACUMULADA
Brasil    1.780,272 Bilhões 0,4% 1,0% 1,1%
Agropecuária   86,917 Bilhões -0,4% -0,4% 1,1%
Indústria 324,422 Bilhões 0,7% 0,3% -0,1%
Serviços 1.112,029 Bilhões 0,3% 1,2% 1,2%
Famílias 1.113,226 Bilhões 0,3% 1,6% 1,5%
Governo 349,478 Bilhões -1,0% -0,7% -0,2%
Investimento 282,666 Bilhões 3,2% 5,2% 4,3%

Em valores correntes, o PIB no segundo trimestre (período entre abril e junho) de 2018 totalizou R$ 1,780 trilhão. 

Taxa de Investimento 15,9%
Taxa de Poupança 15,2%

A taxa de investimento no segundo trimestre de 2019 foi de 15,9% do PIB, acima do observado no mesmo período do ano anterior (15,3%). A taxa de poupança foi de 15,2% no segundo trimestre de 2019 (ante 15,8% no mesmo período de 2018).

 

PIB Brasil – 1° Trimestre de 2019

No primeiro trimestre de 2019, o Produto Interno Bruto (PIB) retraiu 0,1% em relação ao quarto trimestre de 2018, na série com ajuste sazonal. Esta foi a primeira queda após oito variações positivas consecutivas neste tipo de comparação. Na comparação com igual período de 2018, o PIB apresentou crescimento de 0,5%. No acumulado dos quatro trimestres terminados no primeiro trimestre de 2019, o PIB teve avanço de 0,9% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

PIB VALOR CORRENTE (R$) VARIAÇÃO TRIMESTRAL
VARIAÇÃO ANUAL
VARIACÃO ACUMULADA
Brasil    1.713,616 Bilhões -0,1% 0,5% 0,9%
Agropecuária   90,254 Bilhões 1,6% -0,1% 1,1%
Indústria 296,996 Bilhões -0,5% -1,1% 0,0%
Serviços 1.074,821 Bilhões 0,2% 1,2% 1,2%
Famílias 1.111,387 Bilhões 0,3% 1,3% 1,5%
Governo 329,824 Bilhões 0,5% 0,1% -0,1%
Investimento 265,612 Bilhões -1,2% 0,9% 3,7%

Em valores correntes, o PIB no primeiro trimestre (período entre janeiro e março) de 2018 totalizou R$ 1,714 trilhão. 

Taxa de Investimento 15,5%
Taxa de Poupança 13,9%

A taxa de investimento no primeiro trimestre de 2019 foi de 15,5% do PIB, acima do observado no mesmo período do ano anterior (15,2%). A taxa de poupança foi de 13,9% no primeiro trimestre de 2019 (ante 15,4% no mesmo período de 2018).

 

Últimas Notícias

Inflação medida pelo IGP-M não varia no 2º decêndio de fevereiro

©
O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), medido pela Fundação...
 

Estimativa do mercado financeiro para inflação cai para 3,22%

As instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa para...
 

INDICADORES: Resumo Econômico para quinta-feira

No Brasil, o volume de serviços aumentou 1% em 2019 Leia mais clicando neste link:...
 

Caixa reduz juros e cria indexadores para crédito imobiliário a PJ

Linhas de crédito imobiliário para pessoas jurídicas têm até 36...
 

Páginas Relacionadas

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20200218 18:35:15