Importação: medicamentos humanos e veterinários foram os itens que mais pesaram sobre a forte queda das compras brasileiras no exterior em Julho de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 26 de Agosto de 2015 – Medicamentos humanos e veterinários foram um dos principais produtos importados pelo Brasil em julho de 2015, respondendo por 3,46% do valor total de importações do país. Na comparação com julho de 2014, houve aumento de 5,01% na compra deste produto pelo Brasil.

No sétimo mês de 2015, o Brasil comprou US$ 559 milhões em medicamentos. Os principais vendedores de medicamentos humanos e veterinários para o Brasil foram os Estados Unidos (0,42%), a Suiça (0,43%). Dos dez fornecedores do produto industrializado para o Brasil no mês, somente três registraram diminuição no valor total da venda na comparação com o ano anterior. As quedas foram registradas pelos Estados Unidos (-0,65%), Alemanha (-45,71%), e Bélgica (-39,62%). No entanto, ocorreram duas altas intensas na comparação com julho de 2014: Reino Unido +187,82% e Irlanda +145,42%.

Confira todos os detalhes sobre as importações brasileiras em Julho de 2015

O segundo principal produto importado pelo Brasil no mês foram os óleos brutos de petróleo, que no mês passado ocupou o primeiro lugar em compras no exterior feito pelo país, e respondeu por 3,38% do valor total importado em julho. Foram US$ 545 milhões em valores absolutos. Porém, ocorreu uma forte retração na comparação com o ano anterior: -71,15%.

Os principais fornecedores foram: a Nigéria que respondeu por 1,47% do valor total comprado, Arábia Saudita (0,81%) e Iraque (0,36%). Dos dez principais fornecedores de óleos brutos, quatro venderam consideravelmente menos em julho deste ano do que no mesmo mês do ano anterior. A Nigéria, com queda de -71,60%, A Guine Equatorial (-82,78%), a Argélia (-36,34%), e Iraque (-62,82%).

Confira a lista completa dos principais produtos importados pelo Brasil em Julho de 2015

Em terceiro lugar, destaque para as compras de automóveis de passageiros no exterior, cuja participação de 3,26% no valor total comprado pelo país diminuiu US$ 527 milhões da balança comercial nacional em julho de 2015. Os principais países fornecedores do bem industrializado foram: Argentina (1,10%), México (0,90%) e Japão (0,22%).

Na comparação com julho de 2014, no entanto, houve diminuição de -22,41% no valor total de pedidos de compra internacionais relacionados aos automóveis. Seis dos dez principais países vendedores do bem registraram retração na comparação entre os dois meses. As maiores diferenças negativas foram registradas pela Alemanha (-67,23%) e Estados Unidos (-63,69%). Houve, no entanto, uma grande elevação na importação de automóveis de passageiros: Espanha (+448,37%) a mais importados.

Notícias Relacionadas

Balança Comercial: Todas as regiões do país voltaram a comprar menos do exterior em Julho de 2015

Importação: medicamentos humanos e veterinários foram os itens que mais pesaram sobre a forte queda das compras brasileiras no exterior em Julho de 2015

Produtos manufaturados responderam por 84,67% das importações brasileiras em Julho de 2015

Importação: China voltou a ser o principal parceiro comercial do Brasil em Julho de 2015

Compras da Petrobras no exterior caíram 64,28% em Julho de 2015, mas empresa ainda é a maior importadora de produtos do Brasil

Importações oriundas da China aumentaram 2,80% em Julho de 2015

Importações brasileiras diminuem 24,76% em Julho de 2015

Deixe um comentário