Ultrapar: Performance satisfatória no trimestre para Concórdia

LinkedIn

A equipe de analistas da corretora Concórdia, formada por Karina Freitas, Daniela Martins e Danilo de Julio, fez uma análise do resultado do segundo trimestre de 2015 (2T15).

A Ultrapar mostrou performance satisfatória e em linha com as expectativas do mercado. Na Ipiranga, crescimento de 6% nos combustíveis para veículos leves e melhor composição de vendas, contribuíram para o avanço de 10,0% da receita, fatores que, aliados a custos e despesas em patamar estável em relação a primeira linha, permitiram estabilidade da margem operacional. Na Oxiteno, volume levemente superior e, sobretudo, desvalorização do real ante o dólar, contribuíram para consistente avanço do resultado operacional. A Ultragaz mostrou volume estável e melhor composição de vendas, porém, o aumento das despesas pressionou o resutlado. As operações da Ultracargo mostraram queda na armazenagem, além de contarem com uma despesa adicional de R$ 75 milhões, por conta do incêndio em parte do terminal operado em Santos, em abr/15. Já a Extrafarma, adicionou 31 lojas em doze meses e apresentou same store sales de 12%, contribuindo para o aumento de 17% em sua receita bruta. Contudo, o Ebitda continua refletindo os efeitos de maiores despesas para sustentar a expansão do segmento. Olhando para o consolidado da Ultrapar, o avanço mais contido em custos, permitindo ganho de margem bruta, foi ofuscado pela expansão mais representativa das despesas, o que levou ao crescimento de 12,6% do Ebitda, mas com margem praticamente estável na comparação com o 2T14. Já o lucro líquido contou, ainda, com a influência de uma despesa financeira pior neste 2T15, por conta de maior endividamento e aumento dos juros no período. Ademais, a companhia anunciou a distribuição de dividendos no montante de R$ 436,8 milhões, perfazendo R$ 0,80 por ação, a serem pagos em 21/ago/15. A partir de 13/ago/15, as ações passam a negociar ex-dividendos. Acreditamos que os ativos UGPA3 seguem como uma boa alternativa para carteiras conservadoras e de longo prazo.

Deixe um comentário