Rombo de R$ 150 bi: Gasolina pode aumentar em 50%

LinkedIn

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta manhã afirma que o Governo estuda aumentar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina o diesel para tentar compensar um rombo estimado em R$ 150 bilhões nas contas públicas deixado pelo governo Dilma Rousseff até o final deste ano. O aumento da Cide poderia substituir a recriação da CPMF segundo o jornal, mas para equivalência de receitas, a Cide precisaria ser reajustada em até 1.600%, elevando o preço da gasolina e do diesel em cerca de 50% e 30% ao consumidor.

Outras notícias importantes do dia

• A Petrobras (BOV:PETR4) conseguiu a prorrogação dos contratos de concessão dos campos de Marlim e Voador até 2052, junto à ANP. Originalmente esses contratos terminariam em 2025. O objetivo é garantir o máximo aproveitamento econômico das reservas existentes, através de projetos de revitalização desses campos. Em março, os campos de Marlim e Voador produziram cerca de 150 mil barris de petróleo e dois milhões de metros cúbicos de gás por dia.

• Termina hoje o prazo para a Eletrobras (BOV:ELET6) apresentar documentos contábeis relativos as suas operações de 2014 para a SEC nos EUA, órgão similar à CVM no Brasil, com o risco de ter suas ADRs suspensas para negociação na bolsa de valores de Nova Iorque.

• No mesmo dia que a moradora japonesa Suzuki (TSE:7269) confirma que também adulterou testes de consumo em seus veículos, a Mitsubishi (TSE:7211) anunciou a demissão do seu presidente por prática similar na companhia.

• O Ministério das Cidades revogou uma portaria publicada pelo governo Dilma Rousseff que autorizava a construção de 11.250 unidades dentro programa Minha Casa, Minha Vida.

• A agência de notícias Reuters afirma que Gustavo do Vale (BOV:VALE5) deverá assumir a presidência do Banco do Brasil (BOV:BBAS3) e Gilberto Occhi o comando da CEF (Caixa Econômica Federal).

• Romero Jucá, novo ministro do Planejamento, afirmou que não existe nenhuma posição do Governo no momento em relação à troca no comando da Vale (BOV:VALE5).

• A Cemig (BOV:CMIG4) estuda vender ativos dos quais não possui controle para reduzir seus índices de alavancagem.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 18-05-2016. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Comentários

  1. cleber diz:

    se aumentar tudo isso a gasolina o pais quebra de vez e a multidão vai a rua e vai acabar quebrando tudo que ver na frente como já vimos anteriormente.
    tudo graças ao belíssimo trabalho de incompetentes do PT

Deixe um comentário