Analistas do Citi elevam preço-alvo para ação da Braskem

LinkedIn

A equipe de análise do Citi refez as contas e interpreta que o ciclo de baixa para os spreads da Braskem – diferença entre o preço dos produtos petroquímicos e o da nafta, derivado do petróleo que é a matéria-prima da empresa – não será tão nocivo quanto se esperava. Consequentemente, os analistas elevaram o preço-alvo para a ação BRKM5 a R$ 48,00.

“O impacto da nova capacidade de PE [polietileno] para os spreads será mais suave do que nossas projeções anteriores indicavam”, diz relatório assinado por Cauê Pinheiro, Larissa Nampo e Rafael Santos nesta segunda-feira (28). A recomendação aos papéis é de “compra / risco alto”.

Atrasos reportados de nova capacidade, o recentemente banimento da importação de plástico reciclado chinês e preços menores de petróleo são citados dentre as premissas dos analistas.

A respeito do desempenho em Bolsa no curto prazo, o time do Citi destaca a expectativa pelo decisão do Conselho, em setembro, sobre o pagamento de dividendo extraordinário referente ao primeiro semestre de 2017. “Projetamos dividendos de R$ 1 bilhão para o ano de 2017, equivalente a 2016.”

Fonte: Money Times. 

Deixe um comentário