Semanário Bovespa: índice fecha com alta de 3,43% na quarta semana de agosto

LinkedIn

Na quarta semana de agosto, após seis anos sem ultrapassar o patamar dos 70.000 pontos, o Ibovespa fechou a semana com uma alta de 3,43%. As privatizações anunciadas pelo governo e a aprovação da Taxa de Longo Prazo (TLP) contribuição para que essa fosse a 20ª semana com variação positiva do ano, contra as 14 semanas de ganhos.

Durante esta semana, o índice passou dos 71.000 pontos, algo que não acontecia desde o primeiro mandato da ex-presidente Dilma Rousseff. Ontem, o Ibovespa fechou em queda de 0,08%, com 71.073,65 pontos.

Comparando com o pregão anterior, o indicador fechou o 19º dia do mês com um aumento de 7,82%. Até agora já foram 13 pregões positivos contra seis negativos. Em julho, o indicador fechou com 65.820,36 pontos.

Já em 2017, após 163 pregões, o índice acumula um aumento de 18,01%. Já foram 82 pregões negativos contra 81 positivos. O Ibovespa fechou com 60.227,29 ponto em 2016.

Resumo da semana

A semana começou (21/08) com uma queda de 0,12%, com 68.634,65 pontos. Já na terça-feira, com o anúncio da privatização da Eletrobras, o Ibovespa subiu 2,01%, fechando com 70.011,25 pontos. Ainda refletindo as notícias do dia anterior, na quarta-feira a bolsa subiu 0,67%, com 70.477,63 pontos.

No dia 24, o Ibovespa teve sua terceira alta seguida, chegando aos 71.132,80 pontos com uma alta de 0,93%. Para finalizar a semana, o indicador caiu 0,08%, mantendo a pontuação estável em 71.073,65.

Deixe um comentário