AES Tietê fecha o terceiro trimestre de 2017 com um lucro de R$ 37,9 milhões

LinkedIn

A AES Tietê (BOV:TIET11), (BOV:TIET3), (BOV:TIET4), geradora de energia do grupo AES, divulgou nesta terça-feira os seus resultados do terceiro trimestre de 2017.

De acordo com a empresa, o seu lucro líquido totalizou R$ 37,9 milhões no 3T17, resultado 61,2% inferior ao obtido no 3T16 (R$ 97,8 milhões). Com base neste lucro auferido, foi aprovada a distribuição de R$ 41,7 milhões: R$ 37,2 milhões de juros sobre capital próprio e R$ 4,4 milhões sobre a forma de dividendos intermediários.

De acordo com a empresa, essa piora se deve ao impacto negativo de R$ 97,2 milhões referentes às transações no mercado livre e regulado.

Segundo os dados arquivados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a receita líquida da AES Tietê avançou 14,2% em relação ao 3T16, fechando o terceiro trimestre de 2017 em R$ 459,4 milhões.

As despesas financeiras e operacionais da empresa totalizaram R$ 298,9 milhões no 3T17, 59,1% ante R$ 187,9 milhões registrados no 3T16;

O EBITDA caiu 25,2% no terceiro trimestre, fechando em R$ 160,5 milhões. No mesmo período do ano anterior, o EBITA da AES Tietê estava em R$ 214 milhões.

CapturadeTela2017-11-03às10.42.59

No dia 25 de outubro, a empresa inaugurou o seu novo Centro de Operação (COGE), localizado em Bauru. Com uma estrutura moderna e totalmente informatizada, o COGE é considerado o centro de operações mais moderno do Brasil.

Com o novo sistema utilizado no centro de operações, a empresa integra todas as usinas e eclusas da Companhia, aproveitando os ganhos de sinergia entre elas e assim, garantindo alta disponibilidade dos sistemas e obtendo um ganho de eficiência operacional para a companhia.

A empresa concluiu o 3T17 com duas aquisições importantes, o Complexo Solar Boa Hora e Complexo Eólico Alto Sertão II, passos essenciais na estratégia de écrescimento

A AES Tietê traçou como meta obter 50% do EBITDA com fontes não hidráulicas com contratos regulados de longo prazo até 2020.

Comentários

  1. Valdeke Silva diz:

    Parabéns à ADVFN pelo trabalho. Agora temos esta ferramenta fantástica para ficarmos por dentro
    do que rola no mercado de ações e nas empresas onde pretendemos investir.

Deixe um comentário