Semanário Bovespa: índice valorizou 0,98% com expectativas sobre a Previdência

LinkedIn

O Ibovespa valorizou 0,98% nesta semana. Com a semana mais curta por causa do feriado do Dia da Consciência Negra em São Paulo e com o mercado americano fechado na quinta-feira (23) para o Dia de Ação de Graças, o que mais movimentou a Bolsa de Valores foi a expectativa em torno da Reforma da Previdência. No começo da semana, o presidente Michel Temer trabalhou em uma mini reforma ministerial para agradar o centrão do Congresso Nacional.

Com a saída do deputado Bruno Araújo do Ministério das Cidades, a pasta foi entregue ao deputado Alexandre Baldy, indicado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Temer também organizou um jantar no Palácio da Alvorada para avaliar o seu apoio, porém apenas 176 parlamentares e ministros compareceram ao evento, o que não atinge o quórum necessário de 300 votos favoráveis à Reforma da Previdência na Câmara.

Já no cenário exterior, a ata mais recente do Federal Reserve, o banco central americano, indicou que a taxa de juros do país deve ser elevada em breve, corroborando a expectativa do mercado de que isso aconteça em dezembro.

Ontem, o indicador terminou o dia com 74.157,38 pontos, reduzindo 0,44%.

Após 15 pregões em novembro, o índice desvalorizou 0,20%. Já se foram sete fechamentos negativos contra oito positivos. O mês de outubro encerrou com 74.308,49 pontos.

Já no comparativo de 2017, após 219 pregões, o Ibovespa subiu 23,13%. Já foram 110 fechamentos positivos contra 109 negativos. Em 2016, o índice fechou com 60.227,29 pontos.

Resumo da Semana

Com o fim de semana prolongado, o mercado iniciou suas atividades na terça-feira (21), quando houve uma valorização de 1,58%, fechando com 74.594,62 pontos. No dia seguinte, o Ibovespa fechou com queda de 0,1%, com 74.518,79 pontos.

Na quinta-feira (23), o indicador encerrou com 74.486,58 pontos. Enquanto isso, ontem, o Ibovespa terminou o dia com 74.157,38 pontos, reduzindo 0,44%.

Deixe um comentário