Dólar fecha o dia em queda, com mercado apostando em eleições sem Lula

LinkedIn

O dólar fechou o pregão em queda, com os investidores apostando forte na não participação do ex-presidente Lula nas eleições deste ano, após ser condenado em segunda instância no caso do triplex do Guarujá.

Histórico

A moeda teve queda de 0,31%, cotada a R$ 3,1394  para compra e R$ 3,1402 para venda.

Após 18 pregões no mês, a moeda desvalorizou 5,26%. Já se foram 12 pregões negativos, contra 6 positivos. No último pregão de dezembro, o dólar fechou cotado a R$3,3133  para compra e R$ 3,3144 para venda.

Em 2018, após 18 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 5,26%. Já se foram 6 pregões em alta, contra 12 em baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,3133 para compra e a R$ 3,3144 para venda.

Influências

O mercado continua repercutindo a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que enfraqueceu a candidatura de Lula à presidência. O quadro abre as portas para que um novo candidato que apoie as reformas de ajuste fiscal e da Previdência ganhe força durante a corrida eleitoral.

Lula foi condenado na última quarta-feira (24) no caso do tríplex do Guarujá a 12 anos e 1 mês de reclusão mais 280 dias de multas. Nesta sexta-feira (26), o petista teve o seu passaporte recolhido pela Policia Federal de São Paulo à pedido do ministro da Justiça. O ex-presidente estava com passagem marcada para a Etiópia.

Deixe um comentário