Braskem avança mais de 6% com avanço nas negociações com a LyondellBasell

LinkedIn

Investing.com – No início da sessão desta terça-feira, as ações da Braskem (BOV:BRKM5apresentam forte valorização de 6,76% a R$ 52,72, liderando assim os ganhos do Ibovespa. Reportagem do Valor Econômico de hoje indica que o acordo para a venda da participação da Odebrecht na petroquímica para a LyondellBasell deve ser assinado até meados de outubro.

A reportagem cita fontes com conhecimento da operação, afirmando que a etapa de due diligence está prestes a começar e será fundamental para definir as sinergias que serão geradas com a combinação de ativos e o preço final de aquisição.

Na avaliação de analistas que acompanham a indústria petroquímica, a Braskem sozinha tem valor justo na casa de R$ 60 por ação. A esse preço devem ser acrescidos o prêmio de controle e as sinergias.

Acrescentando um prêmio de 20% a 25% a sesse valor, chega-se a um preço potencial de mais de R$ 70 por ação. Com isso, a empresa seria avaliada em R$ 55 bilhões, sendo mais de R$ 21 bilhões pela parte da Odebrecht.

Em meados do mês passado, a Odebrecht entrou em negociações exclusivas para a venda da toda sua participação na Braskem para a holandesa LyondellBasell, uma operação em dinheiro e ações que, na época, estimava que poderia superar 9 bilhões de dólares, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

A Odebrecht tem 38,3% da Braskem, sendo 50,1% do capital com direito a voto. A Petrobras (BOV:PETR4tem 36,1% do capital, ou 47% das preferenciais.

Se a transação for concluída, serão garantidas aos demais acionistas da Braskem as mesmas condições negociadas para a Odebrecht, disse a Braskem. A Petrobras já disse anteriormente que tinha intenção de vender sua participação na petroquímica.

Deixe um comentário